EXCLUSIVO: Agência de propaganda do Governo RC recruta profissionais da imprensa pra inflar nome de Maranhão para 2018

O desespero bateu à porta do PSB após pesquisa eleitoral interna mostrando o pré-candidato João Azevedo apanhando até para a margem de erro. Fato que reacendeu a estratégia-mor de Ricardo Coutinho; trincar a unidade da oposição, já que o governador está convencido que só elege sucessor se dividir os adversários.

O Polítika recebeu uma informação de bastidores que coaduna com o momento de desespero do PSB; uma grande agência do governo foi incumbida de “recrutar” (não se sabe a que preço) profissionais da imprensa de Campina e João Pessoa para inflar a candidatura (e o ego) do senador José Maranhão.

A estratégia do “laboratório socialista” de propaganda é levantar a bola de Maranhão, fazer ele subir nas pesquisas, massagear o ego do senador e finalmente trincar a unidade da oposição. Ricardo Coutinho quer usar o senador José Maranhão, fazendo ele acreditar no sucesso eleitoral e depois jogando-o aos leões para que o senador não consiga chegar ao segundo turno e apoie novamente o projeto do PSB, como em 2014.

Na tarde desta quarta-feira (02), o “laboratório” pago com dinheiro público começou a operar e radialistas que antes demonizavam Maranhão começaram a rasgar seda para o bom velhinho, levantando suas qualidades e ressaltando suas obras e imagem pública de político honesto.

Mas Maranhão vive um novo momento político e não se deixa levar pelo ego nem toma mais decisões pelo emocional. Apesar de ter uma imagem limpa, muita obra e serviço prestado, alcançou aquele estágio natural onde um político que está há muito tempo na vida pública não consegue mais sucesso em eleições para o governo. O mesmo já acontece com o senador Cássio.

É uma lei da política que ninguém jamais conseguirá barrar, pois o “novo” fascina, faz o eleitorado sonhar com mudanças. A eleição para a prefeitura de João Pessoa, em 2012, foi um exemplo. Mesmo sendo o melhor nome e com mais serviço prestado que todos os demais candidatos juntos, Maranhão não chegou ao segundo turno e ficou atrás até de Estela Bezerra.

Esse é o desejo de Ricardo, usar Maranhão para chegar ao segundo turno, pois sabe que a preço de hoje seu projeto será derrotado em primeiro turno.

O jogo pesado de RC está só começando…

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR