EXCLUSIVO: Empresa suspende coleta de lixo em Bayeux por causa de dívida de R$ 1,4 milhões deixada por Berg e Expedito

Um auxiliar da prefeitura de Bayeux informou que a empresa MB, que realiza a coleta do lixo na cidade, suspendeu os serviços alegando falta de pagamento. A dívida é de R$ 1,4 milhões, herdada das administrações dos ex-prefeitos Berg Lima e Expedito Pereira.

O novo prefeito, Luiz Antonio, vai ser reunir com os donos da empresa em busca de uma solução que não prejudique ainda mais a população de Bayeux.

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR