EXPOSIÇÃO DESNECESSÁRIA: Pâmela Bório diz em programa político que filho arranca os cabelos e bate a cabeça na parede

Sem limites na busca por mídia, a ex-primeira-dama da Paraíba, Pâmela Bório, chegou ao cúmulo de expor a saúde mental do próprio filho para atacar o governador Ricardo Coutinho. Em entrevista ao programa Intrometido, Pâmela disse que o filho tem distúrbios mentais e já foi flagrado arrancando os cabelos e batendo a cabeça na parede:

“Nem meu filho recuperou a saúde mental, porque até hoje ele tem sequelas do ocorrido, ele lembra muito bem do que aconteceu… eu recebo muitas mensagens da escola preocupados com determinados comportamentos anormais que até então ele não tinha. A questão dele ficar arrancado os próprios cabelos… outras pessoas já testemunharam dele ficar batendo a própria cabeça contra a parede…”

A briga de Pâmela Bório com Ricardo Coutinho saiu da esfera pessoal e já virou um fato político há muito tempo, pois ele é um governador e principal liderança política da Paraíba.

O que é natural.

Entretanto, é preciso limites para não expor os problemas da criança; o menos culpado em tudo isso, mas que vem a ser o mais prejudicado com tamanha exposição.

Se for verdade mesmo o que Pâmela afirma, acho que ela deveria tratar disso na Justiça, municiada de provas e avaliações psicológicas, mas jamais expor a saúde mental de uma criança num programa político.

Pâmela falou demais. E as consequências serão jurídicas…

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR