Galinho de briga, deputado que agrediu vereador de Bayeux propõe inclusão de apelido em documento de identidade

Parece que o deputado federal André Amaral é melhor de briga do que de parlamento. Com um mandato inexpressivo e sem projetos relevantes, André achou interessante propor uma lei permitindo o uso de apelidos em documento de identidade.

Com tanta coisa para consertar no Brasil, principalmente em tempos de crise, causa indignação saber que pagamos um salário de quase R$ 40 mil para que um deputado se preocupe com apelidos num documento de identidade.

“O objetivo desta proposta é fazer com que o cidadão possa ter em seu documento de identidade o nome como é conhecido socialmente, como corriqueiramente é chamado e conhecido no meio em que vive ou que atua profissionalmente”, explica Amaral. “Muitas pessoas são chamadas pelo apelido mais o nome, pelo nome abreviado, pelo nome mais a atividade a qual está vinculado”, cita.

Como parlamentar, André Amaral é um bom galo de briga.

Devia tentar os ringues.

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR