GOLPISTA: PT descarta votar em Veneziano para o Senado

Esperto demais – e pensando no tempo de TV do PT-  Veneziano resolveu prestar uma “homenagem” ao presidente Lula no seu Facebook e bancou uma de bom moço ao dizer que Lula foi preso num julgamento sem base e sem provas. Assim como Dilma Rousseff, vítima da ficção da “pedalada fiscal”, mas à época Veneziano foi impiedoso e votou pelo impeachment.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, multidão e textoVeneziano e seu irmão sempre contaram com o apoio irrestrito de Lula, Dilma e do PT em todas eleições para a prefeitura de Campina Grande e o Senado. Mas na hora de retribuir o gesto, veio a punhalada. Nos bastidores dizem que foi um dos votos pelo impeachment que mais entristeceu o presidente Lula.

A prisão de Lula é o último ato do golpe que começou com o impeachment da Dilma. Fazendo uma analogia com o direito penal, é um golpe continuado. E Veneziano sempre soube disso, mas agora se mostra solidário para tentar atrair os eleitores de Lula na Paraíba, que hoje ultrapassa 65%.

É um oportunista de marca maior.

Aliado do governador Ricardo Coutinho, o presidente do PT, Jackson Macedo, de pronto rebateu Veneziano, a quem acusou de cínico:

Veneziano é responsável direito pela ascensão de Temer e não terá vida fácil num estado onde Lula é majoritário e a prisão aumentou a revolta dos eleitores de Centro e de Esquerda. Basta um vídeo de Lula pedindo para o povo paraibano não votar em Veneziano que sua candidatura vai pelo ralo em uma semana.

 

 

Comentar com Facebook

Comentários