Luiz Antonio começa a arrumar a casa e Bayeux volta a pagar funcionalismo dentro do mês trabalhado

É obrigação, não é favor. Mas a verdade é que nos últimos meses o ex-prefeito Berg Lima já não vinha pagando o funcionalismo no mês trabalhado, reflexo do descontrole administrativo e financeiro da gestão mais atrapalhada da história de Bayeux.

Ao trazer novamente o pagamento para dentro do mês trabalhado, em menos de 30 dias, Luiz Antônio dá sinais de que sua gestão vai ser diferente.

Até porque Bayeux não aguenta outro Berg Lima…

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR