Pelo bem de Bayeux, um voto de confiança a Luiz Antonio

Qualquer novo prefeito na situação de Luiz Antonio merece um voto de confiança da população nos primeiros meses. Se a situação de Bayeux já era delicada, a prisão de Berg Lima agravou ainda mais a desconfiança da sociedade com a classe política local.

Nenhum prefeito poderá se dar ao luxo de errar com Bayeux, pois a cidade não aguenta mais tanta decepção. Em seis meses de governo a gestão Berg Lima só produziu fatos negativos, ganhando a rejeição de quase 80% da população, como constatou pesquisa de opinião realizada antes do vergonhoso flagrante.

Berg Lima prometeu moralizar a gestão, mas desmoralizou mais ainda. E creio que a moralidade da gestão seja a maior reivindicação da população, pois nem Berg nem ninguém daria solução aos problemas da cidade num passe de mágica.

Entretanto, a construção de uma gestão decente, sem supersalários, inchaço na folha de pessoal, nepotismo e gastos excessivos, só depende da vontade política do prefeito.

Se Luiz fará uma boa gestão só o tempo irá dizer.

Mas em seu primeiro dia como prefeito tomou atitudes no sentido de finalmente moralizar a gestão, suspendendo regalias desnecessárias em tempos de crise, como carros oficias para secretários. Além de cumprir uma promessa de Berg Lima; reduzir o próprio salário e dos secretários, resultando em uma economia anual de R$ 1 milhão.

E o mais importante, em seu discurso de posse, Luiz garantiu livre acesso do Ministério Público e Polícia Civil à Prefeitura de Bayeux, para investigar uma possível formação de quadrilha. E a suspensão de todos os contratos da prefeitura.

Já é um grande avanço para um povo que não acreditava mais na política!

Que venham dias melhores.

Bayeux não aguenta mais sofrer.

Comentar com Facebook

Comentários