Possível mudança de partido não afeta favoritismo de Cartaxo

As pesquisas de opinião demonstram que em média 3 a 5% do eleitor brasileiro tem um partido de estimação. O que não é novidade, pois o brasileiro, em sua grande maioria, não vota no partido, vota na figura política.

A suposta mudança de partido do pré-candidato a governador, Luciano Cartaxo, não deve alterar em nada o seu favoritismo. Principalmente na Paraíba, onde o eleitor já foi do 15 para o 40, passando pelo 45 sem nenhum constrangimento.

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR