R$ 30 MILHÕES EM 2014: Perícia do TRE confirma que Ricardo Coutinho usou o programa Empreender-PB para vencer a eleição

Definitivamente, 2017 não está terminando bem para o governador Ricardo Coutinho. Primeiro ele arma um circo sobre o episódio do Home Center Ferreira Costa e desperta críticas acerca das empresas que a Paraíba já perdeu pela alta carga tributária. Depois vê Ciro Gomes lançar a candidatura da vice-governadora Lígia Feliciano. Por último, mas não menos importante, perícia do TRE na caixa-preta do Empreender confirma que Ricardo usou o programa para fins eleitorais.

De acordo com a perícia, no ano da reeleição de Ricardo Coutinho, o montante despendido através de “empréstimos” saltou de R$ 15,7 milhões, em 2013, para R$ 29,4 milhões, em 2014. Um aumento injustificável de quase 100%. Aliás, justificativa tem sim, o programa foi usado, assim como demais ações do governo, para, de forma desesperada, reeleger RC a todo e qualquer custo.

A perícia será utilizada no âmbito da AIJE do Empreender, que pede a cassação do governador por abuso de poder político e econômico em sua reeleição. O trabalho, com 116 folhas e nove anexos, foi realizado pelo perito judicial Antônio de Sousa Castro.

Caso Empreender parecer do perito 04Agora cabe ao TRE fazer justiça e cassar um mandato obtido de forma ilícita e antidemocrática, mesmo com um atraso suspeito de quase 4 anos; colocando o TRE-PB na lanterninha no quesito julgamento de Aijes da eleição de 2014, no País.

É preciso lembrar aos juízes que a justiça tardia é uma injustiça.

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR