Ricardo Impostinho ataca novamente e cria taxa de R$ 150 para comunicar venda de carro no Detran

Temos que admitir, Ricardo Coutinho é muito bom em duas coisas; mentir e criar impostos. Ele inventa até taxa para se pagar imposto, a exemplo dos 3 centavos que pagamos a cada nota fiscal emitida.

Achando pouco a nossa carga tributária (a maior do País) Ricardo Impostinho ataca novamente e cria uma taxa de R$ 150 para esfolar um pouquinho mais o bolso do trabalhador paraibano. A cada carro vendido, o comprador ou vendedor terá que pagar a taxa de R$ 150 para simplesmente comunicar a venda do veículo.

Um serviço simples, praticamente sem custo, que poderia muito bem ser feito pelo exército de cargos comissionados que “trabalham” no Detran e custeado pelo IPVA; imposto que também sofreu aumento e passou de 2% para 2.5% do valor do carro.

Segundo os argumentos expostos na portaria, a providência deve-se ao fato de raramente o vendedor se preocupar em cumprir determinação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que obriga a comunicação, ao Detran, da transferência na propriedade de veículos automotores.

Mais uma desculpa que o governo encontrou para encarecer o custo de vida na Paraíba.

As “sortudas” empresas operadoras do serviço vão receber R$ 10 por cada comunicação. Uma verdadeira fábrica de fazer dinheiro a custo zero. E tudo isso em ano pré-eleitoral. Sugestivo, né?

E assim Ricardo Coutinho mais uma vez mete a mão no bolso do paraibano para fazer caixa para 2018.

Polítika com informações de Rubens Nóbrega

Comentar com Facebook

Comentários

COMPARTILHAR