MITO OU MEDROSO? Bolsonaro já fugiu de 4 debates em 2018

A campanha nem começou, mas o que era previsto já se antecipa; Bolsonaro vai correr de todos os debates. Metido a valentão, Bolsonaro prefere as bravatas e seu típico moralismo de goela nas redes sociais, do que o debate propriamente dito sobre os problemas do Brasil com os demais pré-candidatos à Presidência.

Jair Bolsonaro foi o único ausente na última terça-feira, 8, no “Diálogo com Presidenciáveis”, que faz parte da programação da 73ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em Niterói (RJ).

Quem não tem coragem de enfrentar o debate político e econômico com 7 pessoas, tem capacidade para governar um País de 200 milhões de habitantes?

O tempo vai mostrando quem o Bolsonaro é realmente. Não passa de uma farsa alimentada pela geração de imbecis que ganhou voz na era da rede social.

Se não garantir o apoio do PT, Ricardo Coutinho vai implorar pelo PMDB novamente

A relação do governador Ricardo Coutinho com o PMDB é antiga. Foi através da aliança com peemedebistas que Ricardo ganhou musculatura para disputar e conquistar a prefeitura de João Pessoa, em 2004.

Em 2014, o governador implorou até o último momento da convenção por uma aliança com o partido e o senador José Maranhão e Vital do Rêgo. Mas sem êxito.

E agora, com a iminência de perder o PT por não aceitar dialogar a construção da chapa, Ricardo Coutinho pode implorar mais uma vez o apoio do PMDB para suprir a baixa do tempo de TV do PT.

E sem TV, o Aze(ve)do não sai do lugar…

ANÍSIO MAIA: “Veneziano quando colocou Temer no poder, foi responsável por toda essa desgraceira que está acontecendo no Brasil”

O deputado estadual Anísio Maia (PT) afirmou durante entrevista ao jornalista Gutemberg Cardoso no programa Master News da última quinta-feira (10), que Veneziano é responsável pelo governo Temer e precisa ser coerente com seus atos.

“Veneziano quando colocou Temer no poder, foi responsável por toda essa desgraceira que está acontecendo no Brasil, todos os direitos suprimidos, as vendas das estatais e etc. Então tudo que ele fizer agora pouco importa, é só paliativo. Ele contribuiu com isso que está acontecendo no país, ele votou pelo congelamento dos gastos públicos, que foi uma coisa terrível, teremos vinte anos de precarização da educação e da saúde. O voto dele posterior não desfaz aquilo que já foi feito. Político tem que ter coerência”.

Em Campina Grande, Lucélio Cartaxo se reúne com Dalton Gadelha para discutir ideias para plano de governo

Dando sequência ao seu propósito de ouvir a sociedade para compor seu plano de governo, o pré-candidato a governador da Paraíba Lucélio Cartaxo (PV), acompanhado pelo prefeito Romero Rodrigues, se reuniu nesta quinta-feira, em Campina Grande, com o empresário Dalton Gadelha, diretor-presidente a Facisa, um dos maiores empreendimentos no setor de educação do Estado.

Para Cartaxo, a ideia de fazer o Estado superar problemas que veem do século passado e avançar em seu desenvolvimento não pode prescindir da participação de empresários como Dalton Gadelha, que trabalha com a visão de futuro. “O empresário Dalton Gadelha é ousado, moderno e empreendedor comprometido com a Paraíba. Certamente, tem muito a contribuir com a Paraíba do futuro”, destacou Lucélio Cartaxo.

Na conversa com Dalton Gadelha, Lucélio disse que foi possível conversar sobre educação, com a concordância de ambos de que não há desenvolvimento sem investimento firme em educação.

Lucélio aproveitou a reunião com Gadelha para destacar que seu programa de governo deverá conter propostas e modelos de gestão que façam a Paraíba avançar, com uma agenda que possa melhorar a saúde, a educação e a segurança, tendo sempre em vista a melhoria da qualidade de vida da população.