Luiz Couto, o pesadelo de Veneziano

A possível candidatura de Luiz Couto ao Senado tem tirado o sono de Veneziano Vital. A vaga que até então era dada como certa para Vené, agora pode ganhar um concorrente de peso dentro da chapa ricardista. Sem o carimbo de golpista na testa e sempre votando contra a agenda antipovo de Temer, Luiz Couto é unanimidade no campo progressista e conta com a força do Lulismo para pisar no tapete azul.

O sentimento pós-golpe e a intenção de voto de Lula ajudam a candidatura de Luiz Couto e prejudicam Veneziano, principalmente na Grande João Pessoa e nas pequenas cidades, onde o lulismo impera. Em Campina Grande a situação já não é boa para o ex-cabeludo, pois a candidatura de Daniella Ribeiro vai dividir ainda mais o eleitorado. E a tendência natural é que ela se consolide como a opção de segundo voto ao lado de Cássio.

Sem Daniella na disputa, o bairrismo prevaleceria e o eleitor médio votaria em Cássio e Veneziano, sem problemas.

Alguns assessores de Veneziano tentam esconder o receio com a candidatura de Couto e dizem que o petista ameaçaria a reeleição de Cássio. Não faz sentido, pois Luiz Couto não tira voto da direita e o perfil dos eleitores são distintos.

E a questão principal, Ricardo Coutinho vai priorizar a candidatura de Veneziano ou Luiz Couto? O vídeo a seguir dá a resposta:

Como diria Magalhães Pinto, política é como nuvem, você olha e ela está de um jeito; olha de novo e ela já mudou.

No caso de Veneziano, as nuvens estão carregadas…

Projeto de lei prevê que multas podem ser pagas através de cartão de crédito

Os motoristas que trafegam em João Pessoa poderão quitar suas dívidas, decorrentes de multas de trânsito, através de cartão de débito ou de crédito. Nesta segunda modalidade, poderão fazê-lo, ainda, em parcelas, desde que não sejam inferiores ao valor de uma infração leve (cerca de R$ 88, atualmente).

Essa é a premissa de um Projeto de Lei Ordinário (PLO) apresentado nesta quarta-feira (25) pelo presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Marcos Vinícius (PSDB), e que irá tramitar a partir de agosto, quando chegar ao fim o recesso legislativo.

O projeto preconiza, ainda, que ao optar por pagar a multa com o cartão, o infrator tenha a imediata regularização do seu veículo.

Em sua justificativa, Marcos Vinícius afirma que o parcelamento da multa irá beneficiar infratores com pouca condição financeira, facilitando-lhes o pagamento da dívida e reduzindo o índice de inadimplência relativa a multas de trânsito em João Pessoa.

“A situação é complicada para qualquer usuário, contudo causa um maior impacto na vida dos trabalhadores que necessitam do veículo para desenvolver suas atividades do dia-a-dia. pois a legislação em vigor permite que, após 90 dias da apreensão, o veículo seja leiloado pelo órgão de trânsito”, avalia o presidente da CMJP em seu projeto de lei.

VÍDEO: Jane do Sopão confessa que não está preparada para representar Santa Rita na Assembleia Legislativa

Como se não bastasse o mandato inútil do deputado estadual Zé Paulo, que em 4 anos não teve a mínima capacidade para representar Santa Rita na Assembleia Legislativa e só fez esquentar a cadeira, agora surge Jane Panta, que se autodeclara incapaz para representar a cidade.

“Eu me preparei para ser médica, eu não me preparei para ser política”, disse Jane Panta, mais conhecida em Santa Rita como Jane do Sopão, por distribuir sopas para os pobres às vésperas da eleição.

Jane do Sopão não precisava confessar seu despreparo, pois toda a cidade de Santa Rita sabe que ela não tem capacidade nem para ser vereadora. Dizem que a cada entrevista às rádios Jane perde mil votos.

Jane é o retrato da velha política; não sabe discursar, não tem ideias, projetos, nem ideologia. Mas é esposa do prefeito e tem dinheiro para gastar. Além da máquina pública para ser usada em benefício pessoal.

Jane do Sopão já está sendo chamada de Zé Paulo de saias.

Mas ninguém sabe quem pior…

Fabiano Lucena e Henrique Maroja tentam resgatar Parahyba como nome da Capital e retomar antiga bandeira do Estado

Uma campanha para resgatar o nome da Capital para Parahyba começa a criar corpo e forma após a iniciativa do ex-deputado estadual e atual secretário executivo de Meio Ambiente do Estado, Fabiano Lucena, nas redes sociais. A ideia foi abraçada por Henrique Maroja, pré-candidato a deputado estadual pelo PPS.

A mudança do nome de João Pessoa para Parahyba tem sido um debate cíclico nas últimas décadas, mas que nunca se efetivou. Fabiano e Maroja também defendem a retomada da antiga bandeira da Paraíba, que foi alterada após a morte de João Pessoa, com as cores representando sangue e luto, e o famoso “Nego”.

O resgate busca corrigir um erro histórico da classe política paraibana, que no calor de uma tragédia resolveu mudar o nome de uma cidade para homenagear um político; um gesto personalista que não combina com governos republicanos. Vamos imaginar uma eventual tragédia com Ricardo Coutinho, José Maranhão ou Cássio Cunha Lima. Seria justo mudar o nome da Capital para homenageá-los? Certamente, não!

De acordo com Henrique, a luta pela volta da bandeira e mudança do nome da capital paraibana, para Parahyba, não é pessoal nem contra o grande e importante governador João Pessoa.

“Reconhecemos sua contribuição e importância na história, mas nenhum homem, por melhor que tenha sido, pode ser maior que o próprio estuário do Parahyba, esse sim foi e ainda é responsável pretérito sobre a nascimento e desenvolvimento de nosso estado!”, explicou Henrique Maroja.

“Henrique é um tipo de idealista consciente que faz parte de uma engrenagem maior e quer contribuir. Sua entrega à política é verdadeira. Temos que garantir espaço para os idealistas. Ele quer resgatar o nome da capital, Parahyba”, afirmou Fabiano Lucena, que também declarou apoio à pré-candidatura de Henrique Maroja.

“Receber o apoio e torcida de um grande idealista como Fabiano Lucena, é uma grande honra e nos torna ainda mais conscientes do tamanho de nossa responsabilidade. Fabiano foi o secretário de esporte que criou o bolsa atleta, e hoje é o secretário de meio ambiente que está fazendo o melhor trabalho nessa área de todos os tempos: preservação de nossos corais e ilhas, criação do Parque das Trilhas na Capital paraibana, suporte e apoio à criação do Parque Nacional da Serra de Teixeira, entre outras tantas ações dirigidas por ele e que a Paraíba agradece pelo espírito público com viés sustentável e responsável com as próximas gerações”, disse Maroja.

Presidente da CMJP parabeniza Mesa da Assembleia Legislativa por novas instalações

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Marcos Vinícius Nóbrega (PSDB), parabenizou na manhã desta quinta-feira (5) a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) pela reforma do edifício que abriga a Casa Epitácio Pessoa.

Para Marcos, a decisão do presidente da ALPB, Gervásio Maia Filho (PSB), de “manter a sede do Legislativo paraibano na Praça dos Três Poderes foi acertada, por garantir proximidade com a população”. “Os Poderes constituídos devem estar sempre próximos das pessoas e acredito que, com esta reforma, que tratou de uma verdadeira reestruturação da Casa Epitácio Pessoa, inclusive com acessibilidade para todos, quem ganha é a democracia”.

O presidente da ALPB, deputado Gervásio Maia, inaugura nesta quinta, às 17h, as novas instalações da Casa Legislativa.

As novas instalações contam com total acessibilidade para pessoa com deficiência, contemplando setores de: imprensa, plenário, taquigrafia, sala de comissões, reuniões, auditórios e mini-plenário. A reforma incluiu ainda, reestruturação de toda instalação elétrica, lógica, telefônica, hidráulica, de som e imagem, além de uma nova rede de esgoto.

Parceria entre a CMJP e ALPB

Sobre o primeiro semestre, período em que a Casa Napoleão Laureano recebeu as sessões da ALPB, Marcos se disse gratificado por ver que mais uma vez a Câmara de João Pessoa contribuiu para a consolidação das instituições.

“Temos a noção exata de que a Câmara cumpriu com o seu papel e que fizemos tudo que estava ao nosso alcance para receber os deputados, assessores, servidores e toda população da melhor maneira possível, mas nosso atual prédio é pequeno, e reconhecemos suas limitações. Porém, o importante é que os trabalhos seguiram sem interrupções”, avaliou Marcos.

Desde fevereiro deste ano, as sessões da ALPB foram realizadas na Câmara Municipal de João Pessoa e uma das parcerias que tornou tudo isso possível foi da TV Câmara de João Pessoa com a TV Assembleia.

As sessões ordinárias foram transmitidas, ao vivo, pela TV Assembleia, com todo apoio técnico da Secretaria de Comunicação da CMJP, que cedeu tanto equipamentos, quanto a equipe necessária para que toda Paraíba pudesse acompanhar os trabalhos da Casa Epitácio Pessoa em tempo real.

Cássio faz apelo pela liberação do remédio para portadores de doenças raras

O senador Cássio Cunha Lima voltou a usar a tribuna do Senado, nesta terça-feira (03), para apelar ao Ministério da Saúde a liberação do medicamento para pacientes de doenças raras.

“Tamanha omissão é uma atitude criminosa” – exclamou o senador, ao lado do jovem Patrick Dornelles Pires, ao denunciar a falta de medicação para portadores de Mucopolissacaridose, conhecida pela sigla MPS (doença rara, crônica e grave), mesmo com decisão judicial determinando a compra e liberação do remédio.

“Atualmente, na Paraíba, há 31 pessoas nessa situação. Não é a primeira vez que venho a esta tribuna para falar do descaso oficial em relação à vida dos portadores de doenças raras. Não se trata, apenas, de falta de sensibilidade.  É muito mais grave, é um crime que se comete contra esses brasileiros que já enfrentam dificuldades terríveis na sua existência pela própria doença rara – afirmou Cássio.

Decisão judicial – Com cirurgia marcada no Hospital Sarah, para colocação de stent na traqueia, consequência da MPS, Patrick Dornelles Pires usa os dias, entre os exames e a operação, em Brasília, para pedir socorro aos pacientes de doenças raras sem medicação. Ele é um dos que precisam da medicação e aguardam que se cumpra a decisão judicial.“E a interrupção do tratamento representa regredir na situação de saúde. A MPS não é como as doenças comuns, em que você pode momentaneamente suspender o tratamento. Quando, no caso de um paciente como Patrick, o tratamento é suspenso, o paciente regride. E regride, e piora, muitas vezes, sem chance de voltar ao patamar em que se encontrava. É um absurdo completo” – disse o senador.

“Não há como entender isso, não há como aceitar isso. É muita incompetência, é muito descaso, é muito descompromisso, é muita falta de sensibilidade. Que se faça algo urgente, antes que seja tarde demais” – alertou o vice-presidente do Senado Federal.

Crescimento de Henrique Maroja nas pesquisas incomoda adversários, que partem para ataques

As pesquisas internas começam a dar o tom de como será a campanha para deputado em Santa Rita; baixa e rasteira. Incomodados com o crescimento de Henrique Maroja, os adversários partem para o ataque pessoal, principalmente Zé Paulo, o mais rejeitado em Santa Rita.

Com um mandato inútil e improdutivo – e com uma derrota anunciada – já que disputa apenas duas vagas contra os favoritos Anisio Maia e Frei Anastácio, Zé Paulo já perdeu mais da metade dos seus votos de 2014, e aposta na desqualificação de Henrique Maroja para tentar escapar em Santa Rita.

Nos últimos dias os assessores e cabos eleitorais de Zé Paulo iniciaram uma campanha negativa que só revela o desespero de quem sabe só fica na Assembleia Legislativa até 31 de dezembro.

Mas os ataques tem surtido efeito contrário, e Maroja está igual massa de pão, quanto mais batem, mais cresce…

Henrique Maroja amplia bases e conquista apoio de empresário de Guarabira

Favorito na cidade de Santa Rita, o pré-candidato a deputado estadual, Henrique Maroja, não quer depender apenas dos eleitores da sua principal base eleitoral e articula apoios em diversas cidades da Paraíba. A mais recente adesão foi do empresário guarabirense Osvaldo Santana, do supermercado Mini Box.

Em suas redes sociais, Maroja comemorou a nova adesão:

“Hoje fomos recebidos em Guarabira, e no sítio Carrasco, pelo empresário e grande ser humano Osvaldo Santana, e toda sua militância!!! É muito bom encontrar os idealistas de cada recanto de nossa Paraíba, gente que acredita no trabalho sério, que vivem do trabalho digno, da solidariedade, humildade e garra pra vencer a partir das boas práticas, do viés republicano!!  A solução somos nós, todos nós juntos e conscientes de seu papel, do exercício de cidadania constante que incomoda a velha política e abre espaço para as pessoas comuns que estão de mangas arregaçadas e dispostas a apostar num novo modelo, num novo significado para a atividade política”, disse Henrique Maroja.