DATAVOX: Nos cenários de 2° turno, Efraim Filho é quem aparece com o melhor desempenho contra RC

De acordo com os números da pesquisa Datavox, é da centro-direita o nome com maior viabilidade eleitoral para derrotar o favorito Ricardo Coutinho na disputa pela prefeitura de João Pessoa.

Isto se o ex-governador chegar em 2020 com a ficha limpa.

Mesmo sem assumir a pré-candidatura oficialmente, o deputado federal Efraim Filho é quem mais conseguiu diminuir a diferença para o socialista.

Em seguida, empatado na margem de erro, aparece o vice-prefeito Manoel Júnior:

Será que o governador João Azevedo banca a candidatura do aliado? E se bancar, teria Efraim a capacidade de unir a prefeitura de João Pessoa em torno da sua candidatura?

Manoel Júnior e o democrata poderiam entrar em consenso numa mesma chapa?

Nada é impossível, ainda mais em se tratando da Paraíba.

É importante ressaltar que Efraim Filho também conta com uma baixa rejeição, apesar de já estar no quarto mandato de deputado federal.

Tanto Efraim como Manoel Júnior reúnem requisitos importantes – como a experiência e o conhecimento – para conquistar a confiança do eleitorado.

O fiasco do governo Bolsonaro vai refletir nas eleições municipais. Porque o eleitor está sentindo na pele como o despreparo de um governante pode atrapalhar uma nação.

2020 não será a eleição dos ‘outsiders’ (coisa que Bolsonaro nunca foi), muito menos de neófitos ou despreparados.

O eleitor quer confiança.

O levantamento foi realizado na última quinta-feira, 12, e entrevistou 803 eleitores de 50 bairros da capital. O intervalo de confiança estimado é de 95,0%, a margem de erro máxima estimada é de 3,7% pontos percentuais para mais ou para menos.

EFEITO CALVÁRIO: Intenção de voto de Ricardo Coutinho cai de 63% para 38% em apenas 8 meses

NO IESP: Ricardo Coutinho dará workshop sobre ‘eficiência da gestão pública’; será que ele vai comentar o ‘case de sucesso’ descoberto pela Operação Calvário?

Na próxima segunda, 23, o ex-governador Ricardo Coutinho dará um workshop sobre ‘eficiência e otimização da gestão pública’ [sic] no auditório do IESP, às 8h.

Será que Ricardo vai abordar o ‘case de sucesso’ das organizações sociais Cruz Vermelha e IPCEP, descoberto pela Operação Calvário?

Ou o ‘case de sucesso’ do propinoduto girassol, onde o irmão virou réu, juntamente com Gilberto Carneiro, num esquema que desviava dinheiro público na gestão do então prefeito Ricardo Coutinho através de um escritório de advocacia?

Ricardo também poderia abordar o ‘case de sucesso’ da sua ex-secretária de Administração, Livânia Farias, e falar da propina nas caixas de vinhos que financiou a sua reeleição em 2010.

Juiz aceita denúncia e Coriolano Coutinho vira réu em esquema de corrupção na gestão do então prefeito Ricardo Coutinho

VÍDEO: Ex-esposa de Ricardo Coutinho confirma para a Justiça ter encontrado “caixas de dinheiro” em guarda-roupa da Granja Santana

 

O MOTIVO DO GOLPE: Sozinho, Ricardo Coutinho vai administrar R$ 230 mil por mês do fundo partidário do PSB

Um dos motivos do golpe de Ricardo Coutinho no PSB é o generoso fundo partidário da legenda, que por ter eleito um deputado federal e um senador, tem direito a R$ 230 mil por mês.

Sem contar na bolada do fundo eleitoral de 2020.

O outro motivo é que RC queria despachar no lugar do governador João Azevedo, e de preferência na Granja Santana.

Mas João deu um chega pra lá.

Pra não ficar sem nada, o Mago que de besta não tem nem a cara, deu um golpe em Edvaldo Rosas.

Na política da Paraíba o mais besta sabe voar…

EXCLUSIVO: Mais novo marajá do Brasil, Ricardo Coutinho está recebendo quase R$ 70 mil por mês dos cofres públicos

VÍDEO: Julian Lemos lança candidatura de Nilvan Ferreira para prefeito de João Pessoa – “Aquele negão tem coragem, é raçudo”

Se depender do entusiasmo do deputado federal Julian Lemos, o radialista Nilvan Ferreira será o candidato a prefeito do PSL em João Pessoa.

“O meu candidato é Nilvan Ferreira […] Nilvan tem coragem, aquele negão tem coragem, é independente, é raçudo, enfrentou um sistema destruidor de reputações como o governo do Estado na tora…”

 

EXCLUSIVO: Mais novo marajá do Brasil, Ricardo Coutinho está recebendo quase R$ 70 mil por mês dos cofres públicos

Empenho de Wallber Virgolino impede fechamento da comarca de Coremas, que passa a ser de 2ª entrância

O empenho do deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) evitou que o Tribunal de Justiça da Paraíba, dentro da política de redução de custos, fechasse a Comarca localizada no município de Coremas, interior da Paraíba.

A proposta de desinstalação da Comarca surgiu a partir de um estudo realizado por técnicos da Diretoria de Gestão Estratégica do Tribunal, observando os critérios estabelecidos em artigos da Lei de Organização e Divisão Judiciárias do Estado (Loje), que tratam sobre o tema, estabelecem os critérios mínimos necessários para criação e extinção de comarcas, quais sejam: extensão territorial, população, eleitorado, receita tributária e o número mínimo de 500 processos distribuídos na comarca de origem, oriundos dos municípios ou distritos que venham a compor a nova comarca, nos últimos doze meses anteriores à criação.

O projeto tinha como justificativa a otimização da redistribuição de recursos humanos, com base na Resolução 219 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); o suprimento da carência de magistrados nas comarcas; a racionalização das despesas do Judiciário estadual, entre outras.

Para o deputado, trata-se de mais uma vitória da população através do mandato que ocupa na Assembleia Legislativa. “Não apenas conseguimos evitar o fechamento, como também garantimos a elevação da Comarca para 2ª entrância”, disse. “É uma vitória de todo o povo de Coremas e região”, comemorou.

Thiago Morais