Procurador do Estado abandona expediente para bajular Ricardo Coutinho em Sousa

Tião Lucena, procurador do Estado sem concurso, já que entrou pela porta do fundos do ‘trem da alegria’ da Constituição de 88, estava na última quinta, 05, em Sousa, acompanhando o ex-governador Ricardo Coutinho em suas lorotas.

Tião estava em horário de expediente. E ao menos que ele não possua um jatinho, certamente faltou ao trabalho.

Com a palavra o procurador-geral do Estado, Fábio Andrade.

Secretário Tião Lucena é flagrado usando veículo do Estado para buscar neta na creche

De poste, João Azevedo não tem nem a altura

Reconheço que me equivoquei ao considerar o governador João Azevedo um poste de Ricardo Coutinho.

Muito pelo contrário! Em menos de 8 meses, João mostrou que tem personalidade e impediu que RC colocasse um cabresto em seu pescoço.

Ricardo queria despachar no lugar do governador, e de preferência na suntuosa Granja Santana. Mas João mandou RC pastar.

E por falar em granja, acho que chegou a hora de João mostrar que é diferente de RC também nos privilégios. Aquilo ali precisa virar um equipamento público de utilidade.

Espero que agora o governador de uma ‘forcinha’ para que a CPI da Cruz Vermelha seja instalada na ALPB.

Quem não deve não teme, né?

DELAÇÃO DO FIM DO MUNDO II: Ivan Burity contou ‘segredos’ das campanhas de 2012 a 2018, e dedurou deputados

Julian Lemos convida a juíza criminal Conceição de Lourdes para disputar a prefeitura de Bayeux contra o ex-presidiário Berg Lima

Bayeux pode ganhar mais uma boa opção eleitoral para se livrar de vez do ex-presidiário Berg Lima. O deputado federal Julian Lemos, presidente estadual do PSL, acaba de convidar a juíza criminal Conceição de Lourdes para disputar a prefeitura em 2020.

“Doutora Conceição é muito conhecida em Bayeux, tem sensibilidade social e serviço prestado. Em meio ao caos político e aos escândalos de corrupção, ela é a melhor alternativa e faria a diferença na prefeitura”, disse Julian.

A disputa em Bayeux tá ficando boa. Já tem um capitão, uma juíza e um ladrão. Se a juíza der voz de prisão no meio do debate, já tem o capitão do lado pra cumprir a ordem.

Em Bayeux falta até paracetamol nos postos de saúde, mas o ex-presidiário quer gastar quase R$ 1 milhão no Caranga Fest

Polítika e demais blogs tem acesso bloqueado em órgão do governo do Estado

A informação foi divulgada pelo jornalista Hélder Moura. Na companhia Docas, órgão do Estado, alguns blogs, entre eles o Polítika, tem o acesso bloqueado pela rede.

Helder Moura e Marcone Ferreira também foram ‘premiados’.

Isso pra mim era negócio da China! Libera ‘nóis’, João!

BLOGS CENSURADOS NAS DOCAS…

“Se você, meu caro Paiakan, imagina que só existe censura à Internet na China, Rússia e Coréia do Norte, pode estar enganado. Há também na Paraíba. Mais precisamente no território da República das Docas de Cabedelo. O Blog recebeu a denúncia de representantes de sindicatos de funcionários, que os computadores da companhia estão bloqueados para acessar alguns blogs e portais de notícias.

E para comprovar a informação, enviaram prints de pelo menos três espaços censurados, entre os quais este Blog. “O detalhe é que alguns outros blogs liberados noticiam uma verdadeira mentida sobre o Porto, onde hoje tem 24 hidrantes todos quebrados e o Corpo de Bombeiros ainda dá alvará, além de duas balanças quebradas há mais de cinco anos, investimento de mais de R$ 500 mil, sucateadas…”

A direção das Docas ainda não se manifestou sobre o assunto.”

DELAÇÃO DO FIM DO MUNDO II: Ivan Burity contou ‘segredos’ das campanhas de 2012 a 2018, e dedurou deputados

 

Questionado se ficaria com João ou Ricardo, secretário teria respondido: “Quem é Ricardo?”

Dizem que na Paraíba o político mais besta sabe voar. É verdade. Questionado se ficaria com João Azevedo ou Ricardo Coutinho, Célio Alves teria respondido de pronto: “Quem é Ricardo?”

É o besta! A síndrome de João Gonçalves está falando mais alto em tempos de rompimento…

DELAÇÃO DO FIM DO MUNDO II: Ivan Burity contou ‘segredos’ das campanhas de 2012 a 2018, e dedurou deputados

 

VÍDEO: Nilvan compara RC a Autólico, o mais formidável ladrão da mitologia Grega – “Se você não for preso, eu vou ter o prazer de disputar com você”

Pré-candidato a prefeito de João Pessoa, o radialista Nilvan Ferreira rebateu o ex-governador Ricardo Coutinho, que disse que, se pudessem, escolheria Nilvan como adversário em 2020.

No vídeo, Nilvan compara RC a Autólico, um personagem da mitologia grega. Era tido como o mais esperto dos homens e o mais formidável ladrão da época, tendo feito a façanha de roubar a adaga de Calisto e o cinturão de Hércules.

“Se você não for preso, eu vou ter o prazer de disputar com você”, disse Nilvan.

DELAÇÃO DO FIM DO MUNDO II: Ivan Burity contou ‘segredos’ das campanhas de 2012 a 2018, e dedurou deputados

 

Ruy Carneiro: “As oportunidades para as pessoas com deficiência não têm preço financeiro”

O deputado federal Ruy Carneiro criticou nesta quinta-feira (05) uma proposta apresentada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que permite a empresários trocarem a obrigação de reserva de vagas a pessoas com deficiência por pagamento à União.

“Na prática, o projeto pretende retirar oportunidades de inclusão destes cidadãos no mercado de trabalho”, afirma Ruy.

Defensor da pauta das pessoas com deficiência, e autor de projetos como o da Praia Inclusiva – que torna obrigatória a adequação da infraestrutura para a acessibilidade às praias -, Ruy considera a proposta do Governo um retrocesso na luta das pessoas com deficiência pela conquista de mais espaços na sociedade.

“As oportunidades para as pessoas com deficiência não têm preço financeiro”, protesta o parlamentar paraibano.

O parlamentar antecipa que irá trabalhar no Congresso Nacional para que a proposta não avance.

Entenda a proposta – No último dia 26 de novembro, o governo apresentou à Câmara dos Deputados um projeto de lei que desobriga empresas de reservar vagas para pessoas com deficiência, o que é uma determinação da Lei de Cotas de 1991. Se o plano for aprovado, empresários poderão trocar contratações por pagamentos aos cofres federais.

O valor das transferências será de dois salários mínimos para cada vaga destinada à pessoa com deficiência e não preenchida. O dinheiro será usado no Programa de Habilitação e Reabilitação Física e Profissional, Prevenção e Redução de Acidentes de Trabalho, do Ministério da Economia.