Sérgio Cabral da Paraíba, se deixar Ricardo Coutinho rouba até pano de ferida

A força tarefa da Operação Calvário precisa passar um pente fino em todos os contratos firmados pelo ex-presidiário Ricardo Coutinho, de 2011 a 2018. Ao que tudo indica, o nosso Sérgio Cabral não deixava passar nada. De venda de folha de pessoal à compras na saúde, lá estava o Mago metendo a mão.

Usando uma expressão popular muito comum, não escapava nem pano de ferida.

O ex-secretário do Estado da Paraíba, Ivan Burity, contou em delação ao Ministério Público da Paraíba (MP-PB), que a vitória do Banco Bradesco para gerir a folha do Governo do Estado, a partir de novembro de 2017, teria relação com o pagamento de propina por meio de doações para campanha à reeleição do então governador Ricardo Coutinho (PSB) em 2014.

Além de receber uma mesada de R$ 360 por terceirizar o hospital de Trauma, Ricardo também é acusado de cobrar propina de 3% de diversas obras realizadas pelo consórcio Via Engenharia/Marquise/Queiroz Galvão.

A informação veio à tona através de delação premiada da ex-secretária Livânia Farias ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba.

Confira o trecho:

Participação da empresa VIA ENGENHARIA na organização criminosa;

Em seu depoimento disse: “QUE a VIA ENGENHARIA foi com IVAN BUTIRY para recebimento e também foi na sede da empresa em Brasília conversar com NOLLI no período da campanha de 2012, 2014, 2016 e só não foi em 2018; QUE NOLLI era a ligação/operador da VIA ENGENHARIA; QUE era com NOLLI que conversava para saber como seriam os pagamentos; QUE havia um acerto, dito por NOLLI, que tudo que se pagasse ao consórcio, pois era um consórcio da QUEIROZ GALVÃO, VIA e MARQUISE seria 3%; QUE quem pagava era a VIA e IVAN que pegava; QUE uma vez foi com LEANDRO em Brasília e recebeu o dinheiro; QUE ficaram num hotel em Brasília e distribuiu para os fornecedores.

O Gaeco agora precisa descobrir onde Ricardo Coutinho está escondendo tanto dinheiro. Seria em offshore, laranjas ou lavando dinheiro em empresas de parentes?

A merecida nomeação de Octávio Paulo Neto na PGR é um prêmio para todos do GAECO

Não conheço pessoalmente o procurador Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco. No máximo trocamos algumas mensagens de interesse jornalístico. Logo, o reconhecimento que farei a seguir é desprovido de qualquer relação pessoal.

A nomeação de Octávio Paulo Neto para atuar na Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise, da Procuradoria Geral da República, é antes de tudo o reconhecimento ao excelente trabalho realizado por todos servidores que atuam no GAECO, grupo do Ministério Público que combate a corrupção.

Acredito que Octávio possui o mesmo sentimento de coletividade.

É preciso ressaltar que a Operação Calvário é uma Lava Jato melhorada. Aprendeu com a irmã mais velha e não tem rasgado a Constituição, muito menos o CPP, como estava fazendo a República de Curitiba.

A Calvário é mais cautelosa e Octávio Paulo Neto parece não ter vontade de virar herói. Seu comedimento é perceptível e a falta de vaidade é o seu ponto forte e ajuda na manutenção da neutralidade.

Diferente de Deltan Dinheirol e companhia, Octávio Paulo Neto não quer aparecer com Power Point’s nem lucrar com palestras, quer apenas cumprir seu dever e combater a corrupção, mesmo que isso atinja poderosos como Ricardo Coutinho e membros do judiciário.

Mesmo sem desejar holofotes, Octávio Paulo Neto está escrevendo o seu nome na história, e ao lado do desembargador Ricardo Vital, ficará reconhecido por acabar com umas das maiores organizações criminosas do Brasil.

Desembargador Ricardo Vital pode dar um basta ao sofrimento do povo de Bayeux

O futuro de Bayeux está nas mãos do desembargador Ricardo Vital. Só ele pode acabar com o sofrimento do povo de Bayeux, que se arrasta desde a liminar que permitiu o retorno de Berg Lima à prefeitura.

Deixaram a raposa voltar a tomar conta do galinheiro e o resultado é um amontoado de denúncias de corrupção. Mas Berg Lima não é apenas o prefeito mais corrupto da história de Bayeux, é também o mais incompetente e inconsequente.

Berg torrou dinheiro numa festa inútil, o CarangaFest. Enquanto a cidade vive com PSF’s fechados e falta até gaze para fazer um simples curativo, o ex-presidiário achou que a prioridade da cidade era uma festa de três dias.

Agora, o dinheiro que sobrou para o CarangaFest, está faltando para a maternidade da cidade, que acaba de ser interditada por falta de esterilização dos esquipamentos cirúrgicos.

Se o desembargador Ricardo Vital afastar Berg Lima do cargo, não estará apenas atendendo um pedido do Ministério Público, mas também o desejo de uma população que não aguenta mais ser administrada por um prefeito que foi preso em flagrante com dinheiro no cofrinho.

Enquanto o STJ dá as costas para Bayeux e permite que um prefeito corrupto continue com a chave do cofre, a esperança de quase 100 mil habitantes está nas mãos de Ricardo Vital.

O desembargador já percebeu que Berg Lima e sua quadrilha jogam sujo, pois nos últimos dias fizeram veicular noticia falsa de que Vital teria negado o afastamento.

Se mantiver a mesma linha que tem adotado na Operação Calvário, Ricardo Vital não terá outra opção senão afastar do cargo a maior decepção da história de Bayeux.

Julian reafirma trabalho pela segurança pública e destina emenda de R$ 800 mil para a PRF

O deputado federal Julian Lemos vem mantendo o discurso de campanha e continua trabalhando em prol da segurança pública. Nesta sexta, 10, o parlamentar divulgou nas redes sociais mais uma emenda destinada para a segurança, mais precisamente à PRF, no valor de R$ 800 mil:

Ruy garante investimento de R$ 1 milhão para o Hospital São Vicente, em João Pessoa

Paraibanos de João Pessoa e diversas cidades do Estado serão beneficiados com o fortalecimento dos serviços prestados pelo Hospital São Vicente de Paulo, em João Pessoa, graças aos investimentos de R$ 1 milhão garantidos em emenda parlamentar pelo deputado federal Ruy Carneiro para custeio da unidade de saúde.
Com mais este investimento, Ruy Carneiro já destinou cerca de R$ 27 milhões à manutenção, compra de equipamentos e obras de assistência à saúde da população. Para formalizar o apoio ao São Vicente de Paulo, o parlamentar reuniu-se com a direção do hospital. “Esta é a nossa primeira ação de uma série de outras garantidas para este ano”, diz Ruy.
“Fico feliz em destinar esse recurso para o hospital São Vicente que há mais de um século vem fazendo um excelente trabalho e salvando muitas vidas. Busco sempre apoiar essas instituições que dão assistência não só aos pacientes da Capital, mas de toda a Paraíba”, acrescenta.
A dedicação à área da saúde é uma marca na vida pública de Ruy Carneiro, desde que foi vereador de João Pessoa, mas também no comando de secretarias municipais e estaduais, como deputado estadual e federal. “Essa é uma das missões que tenho. Sempre digo que sem saúde é impossível fazer qualquer coisa. Ano passado conseguimos fechar mais de R$ 25 milhões destinados para a saúde dos paraibanos. Mas essa é só a primeira ação de 2020. Temos muito para fazer em João Pessoa e na Paraíba”, concluiu. O hospital São Vicente de Paulo tem diversas especialidades, inclusive o tratamento do câncer. Atende por ano cerca de 9 mil internações, 16 mil urgências e 500 procedimentos de alta complexidade.

Genival Matias solicita e governo do estado determina reparos urgentes em trecho da rodovia de Santo André levado pelas chuvas

Preocupado com as fortes chuvas no Cariri paraibano, o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado estadual Genival Matias (Avante), manteve contato com o governador João Azevêdo, nesta quinta-feira (9), relatando a situação e confirmou a recuperação urgente do trecho da rodovia Severino de Sales Ayres (PB-202), que liga as cidades de Santo André e Parari, no Cariri ocidental paraibano. Genival está se deslocando até Santo André para avaliar os danos causados na localidade.

A estrada foi danificada com as fortes chuvas que atingiram a região na noite dessa quarta-feira (9). Em um trecho da rodovia, uma cratera se abriu e um homem morreu após ser arrastado pela enxurrada.

O deputado explicou que conversou com o governador e relatou a necessidade da urgência no início dos trabalhos devido à importância da rodovia para a região e também do risco de acidente.

“O governador garantiu que já autorizou o Departamento Estradas e Rodagens (DER) para que destine máquinas e os trabalhos se iniciem o mais rápido possível na PB-202. A equipe do DER que está fazendo a estrada entre Juazeirinho e Santo André está indo até a PB-202. Foi muita chuva e isso danificou a rodovia. Estou indo a Santo André avaliar os danos provocados pelas chuvas no município”, falou o deputado.

Genival adiantou que o governo do estado estará presente para ajudar a reconstruir o que foi levado pelas chuvas.

“Vamos até Santo André fazer um levantamento do que foi danificado pelas chuvas e eu não tenho dúvida que o governador destinará recursos e ações do Estado para reconstruir o município”, explicou Genival Matias.