AUXÍLIO EMERGENCIAL: Portal da Transparência libera consulta para saber quem foi beneficiado; confira o link

O Portal da Transparência do Governo Federal liberou a consulta para que a sociedade consulte a lista de beneficiados e ajude na fiscalização.

Basta clicar aqui. O link pode demorar a abrir devido ao congestionamento nos servidores.

VÍDEO: Preso na Operação Calvário, Ricardo Coutinho diz que delator da Cruz Vermelha era um espião do MP

Promotora de Justiça de Bayeux instaura inquérito para investigar gastos do ex-presidiário Berg Lima com o Caranga Fest

Apesar de Bayeux viver um eterno caos administrativo, o ex-presidiário Berg Lima achou que a cidade precisava de uma festa de três dias e resgatou o Caranga Fest, um evento tradicional e importante, mas desnecessário diante da situação financeira do município que até ontem convivia com salários atrasados.

Agora a promotora de Bayeux, Maria Ediligia, instaurou inquérito civil para investigar a gastança de Berg com o Caranga Fest. Como Berg Lima foi preso em flagrante com propina na cueca, já é possível prever o resultado da investigação.

De acordo com a promotoria, a Comissão de Compras encaminhou empenhos referentes aos gastos com o evento Caranga Fest e somente no que foi efetivamente contabilizado pelo Município já se verifica um gasto de quase R$ 300.000,00, sem olvidar as demais despesas.

O Ministério Público vai focar nas inexigibilidades de licitações nº 001/2019; nº 002/2019, nº 003/2019, nº
004/2019, nº 005/2019 e nº 006/2019, para contratações de bandas e o pregão nº 042/2019, para serviço de manutenção de equipamento para sonorização e eventos.

O MP confirma a existência de substrato plausível para abertura de investigação objetivando a tutela ao patrimônio público e ao direito fundamental difuso à probidade administrativa:

Os presentes autos buscam, objetivamente, averiguar se houve lesão aos princípios da Administração Pública, enriquecimento ilícito e dano ao patrimônio público, visando assegurar o cumprimento das normas que regem a boa administração pública.

Kita faz o que Berg Lima não fez e quita a folha de pagamento de Bayeux

Proposta de Ruy Carneiro para reduzir salários de parlamentares durante a pandemia ganha adesão nacional

O projeto do deputado federal Ruy Carneiro que prevê a redução de salário dos parlamentares para auxiliar o combate à pandemia de Covid-19 ganhou ampliação nacional. A ideia passou a ser defendida pela Presidência da República e também pelo presidente do Congresso. O parlamentar paraibano comemorou, por meio das redes sociais, o alcance de suas ideias.

Ruy Carneiro destacou a importância da adoção destas medidas como exemplo para as demais esferas de poder, e convocou todos a agir e não apenas debater. “Defendo esta redução imediatamente! E já estou fazendo isso, por conta própria, há três meses. Temos, inclusive, projetos na Câmara que promovem a redução de salários da Câmara e do Senado que precisam sair da gaveta. Chega de debate, agora é agir logo”, comentou o deputado.

O projeto de decreto legislativo de Ruy prevê o corte de 50% nos salários de deputados federais e senadores, durante três meses. Com a medida, o Congresso Nacional poderia economizar cerca de R$ 30 milhões, de acordo com o deputado, e se todas as casas parlamentares do Brasil adotassem a mesma medida, seria possível assegurar R$ 1 bilhão para o controle da pandemia.

Antes mesmo de ter seu projeto aprovado no Congresso, o deputado Ruy tem realizado a iniciativa de doar parte do próprio salário para instituições de João Pessoa. Desde abril, o parlamentar já contribuiu com o Hospital Padre Zé, a Comunidade Doce Mãe de Deus; a Comunidade Filhos da Misericórdia; e a Associação Promocional do Ancião Dr. João Meira de Menezes (ASPAN).

A proposta em discussão pelo Executivo e Legislativo nacionais é de que haja uma redução nos valores dos servidores das duas casa, para que sejam pagas mais parcelas dos auxílios emergenciais às pessoas em dificuldade financeira por conta da Covid-19. “A repercussão econômica desta pandemia é inegável. E todo nosso esforço é válido para fazer com que as pessoas tenham um mínimo necessário para suas famílias. Bem como precisamos aproveitar esse momento de diálogo e sentar todos à mesa para definir as medidas para reativação da economia brasileira como um todo. O povo quer a redução de salário para ontem, e quer uma perspectiva de futuro já para amanhã”, arrematou o deputado.

Conhecida por ostentar nas redes sociais, primeira-dama de Lucena solicita auxílio emergencial de R$ 600

A primeira-dama de Lucena é conhecida por ostentar uma vida de luxo nas redes sociais, apesar de morar na cidade mais pobre da Grande João Pessoa. Taciana Mendonça é casada com Marcelo Monteiro e virou notícia em 2019, após ostentar um bolo recheado de dinheiro nas redes:

Mesmo casada com o prefeito, que recebe R$ 16 mil de salário, Taciana solicitou o auxílio emergencial de R$ 600, de acordo com o portal da Dataprev, que foi criado pelo governo federal para socorrer pessoas carentes durante a pandemia do coronavirus:

A publicação não esclarece por qual motivo o nome da primeira-dama de Lucena aparece na lista dos beneficiários, mas revela que Taciana Mendonça foi beneficiada com uma parcela de R$ 600 durante o mês de abril.

O blog tentou contato com a primeira-dama, mas sem sucesso.

VÍDEO: Enquanto Lucena sofre sem infraestrutura e com salários atrasados, prefeito Marcelo Monteiro gasta R$ 18 mil com aluguel de carro de luxo em apenas 3 meses