Cícero visita Parque da Bica e garante ampliação dos serviços e estudos para abrir área de caminhada

O prefeito Cícero Lucena esteve, na manhã desta quinta-feira (21), no Parque da Bica. A visita teve objetivo de identificar gargalos que precisam ser resolvidos. Na ocasião, o prefeito destacou o potencial do espaço para a prática de esportes e explicou que vai iniciar estudos para a implantação de áreas de caminhada.

“Entendemos que podemos fazer muito mais aqui na Bica e, inclusive vamos realizar o estudo para que aqui tenhamos áreas para caminhadas e que isso possa proporcionar à população mais esta opção de prática esportiva”, explicou Cícero. Ele ainda destacou uma série de medidas que precisam ser tomadas para garantir uma melhor experiência ao visitante.

“Fizemos o encaminhamento ao governador João Azevedo para que a área onde hoje funciona o BPTran possa ser devolvida e que assim possamos ampliar este espaço. Também é fundamental identificar as ligações clandestinas que estão poluindo o rio”, listou o gestor.

Cícero ainda falou sobre a reativação de serviços que já foram oferecidos no Parque. “Esta é uma área belíssima, que pode dar contribuições educacional e pedagógica importantes. Aqui perdemos o Centro de Formação do Meio Ambiente, uma creche que aqui existia e foi fechada. Estamos dando os primeiros passos e pensando em soluções”, afirmou.

Estiveram presentes o secretário municipal do Meio Ambiente, Welison Silveira, do Planejamento, José William Montenegro, da Comunicação, Marcos Vinicius, e o Superintendente da Emlur, Ricardo Veloso.

Em nota, Adriano Martins diz que desrespeito de Ney Suassuna foi motivado pela inveja

Presidente municipal do MDB de Bayeux, o ex-vereador Adriano Martins emitiu nota sobre o ato desrespeitoso de Ney Suassuna com o senador José Maranhão:

A Paraíba está estupefata diante de um ato desrespeitoso, insensível e repleto de insanidade por parte de homem público, de alguém que deveria ser exemplo de moderação, ética e respeito.

O que dizer ao senhor Ney Suassuna diante de tamanho desrespeito ao Senador José Maranhão, sua família e amigos? O que dizer a este senhor que não apenas age de modo doentio, mas que ao invés de ser humilde e pedir desculpas, elabora uma justificativa que só não é tão inacreditável quanto o próprio ato insano?

Respeite José Maranhão! Respeite a história de um dos maiores homens públicos da história deste estado e deste país. Ele tem o nome limpo, jamais teve seu nome citado em práticas e ou condutas obscuras; já quem o desrespeita, a história pode dizer.

Na verdade, a atitude deste senhor tem um ‘i’ de inveja. Talvez a incapacidade de ser um ‘Zé’ faça com que a inveja se revele em acinte, desrespeito e falta de amor, sensibilidade e ética.

Este senhor jamais conseguirá se igualará a estatura moral do senador José Maranhão e por isso age de modo tresloucado, indigno e insano.

Eu, em minha pequenez de aprendiz de Zé Maranhão, prefiro honrar o mestre, o amigo, o exemplo de homem público e lamentar por ter que ver quem deveria fazer o mesmo, preferindo ser tão pequeno, tão vil e insano. Mas a grande verdade é que cada um dá o que tem!

Adriano Martins de Lima
Pres. MDB de Bayeux