Eleições 2022: Lula cresce e aparece à frente de Bolsonaro já no 1º turno, diz pesquisa XP/Ipespe

Nova pesquisa XP/Ipespe sobre a eleição presidencial de 2022, divulgada nesta segunda-feira (5), aponta um considerável crescimento nas intenções de voto do ex-presidente Lula, que recentemente teve seus processos da Lava Jato anulados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e, assim, restabeleceu seus direitos políticos.

Pela primeira vez, o petista aparece numericamente à frente do presidente Jair Bolsonaro já no primeiro turno, em pesquisa estimulada – isto é, quando são citados os nomes dos possíveis candidatos. Esta tendência já havia sido registrada pela última edição da Pesquisa Fórum, que mostrou Lula com 31,2% das intenções de voto já no 1º turno, à frente de Bolsonaro.

Neste pesquisa XP/Ipespe, Lula cresceu 4 pontos com relação ao último estudo e soma, agora, 29% das intenções de voto. Já Bolsonaro aparece com 28%. Como a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais, ambos estão tecnicamente empatados.

Em uma simulação de segundo turno, Lula também venceria Bolsonaro, segundo a pesquisa XP/Ipesp. O petista registra 42%, contra 38% do titular do Planalto. Já quando o cenário é com Moro como adversário de Bolsonaro, o estudo aponta um empate de 30% de intenções de voto para cada. O mesmo acontece em uma simulação de segundo turno entre o presidente e Ciro Gomes, em que ambos empatam com 38%.

O levantamento simulou ainda um cenário espontâneo para o primeiro turno da eleição presidencial – isto é, quando os nomes dos possíveis candidatos não são citados. Neste recorte, é possível observar, mais uma vez, o crescimento de Lula, que saltou de 17% na última rodada da pesquisa para 21%. Ele fica numericamente atrás de Bolsonaro, que apesar de ter registrado queda nas intenções de voto, agora soma 24%, o que faz ele e o petista ficarem tecnicamente empatados na liderança.

OPERAÇÃO CALVÁRIO: Delator afirma que vereador Durval Ferreira recebeu R$ 200 mil na conta da empresa do filho para apoiar reeleição de Ricardo Coutinho

Em sua delação na Operação Calvário, Bruno Donato, operador da ORCRIM Girassol e auxiliar do ex-secretário de Saúde Waldson Souza, afirmou que o ex-presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira, recebeu R$ 200 mil para apoiar a reeleição de Ricardo Coutinho em 2014. A propina foi repassada por uma empresa fornecedora do Estado na conta da HD veículos, empresa do filho de Durval Ferreira.

Se a transação bancária for confirmada, a Justiça terá uma prova inconteste para condenar o ex-presidente da Câmara. Confira o trecho em que o delator detalha o pagamento da propina:

O único repasse que Caldas fez referente a vendas dos equipamentos, foi quando Waldson teria pedido a eles, que pagasse o apoio do vereador e presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira, em que Caldas teria feito uma transferência no valor de R$ 200.000 para uma conta de uma loja de veículo, essa loja seria HD veículos, de propriedade do filho de Durval, após esse pagamento no outro dia Durval convocou a imprensa e anunciou o apoio ao governador Ricardo Coutinho e a Ricardo Barbosa, isso aconteceu uma casa de Recepção de festa por trás do Shopping Sebrae.

Durval também é citado uma segunda vez pelo delator Bruno Donato:

[…] dei também R$ 50.000 para Nilson Ferraz, este trabalhava na Sudema, entreguei o dinheiro a ele na frente do QG do financeiro da campanha, que ficava na Torre, esse dinheiro seria uma parte do pagamento ao apoio de Durval Ferreira e R$ 50.000 para Tatiana Medeiros, foi entregue esse dinheiro no estacionamento do Garden Hotel em Campina Grande, ao filho dela, isso aconteceu a pedido de Waldson.

DEBANDADA GERAL: Presos e investigados na Operação Calvário querem entrar no PT

Assim como antecipado pelo blog, o ex-governador Ricardo Coutinho, além de perder a presidência da Fundação João Mangabeira (e o salário de R$ 30 mil), também perderá o comando do PSB. Em contato com o blog, alguns petistas confirmaram que RC e as deputadas Estela Bezerra e Cida Ramos já estão de malas prontas para o Partido dos Trabalhadores.

Oportunista como sempre foi, Ricardo agora quer pegar carona na imagem de Lula.

MEIO MILHÃO EM IPHONES: Até quando o presidente da Câmara de JP vai insistir no erro?

LICITAÇÃO DE R$ 415 MIL: Compra de iPhones para os vereadores de JP é destaque na imprensa nacional

Continua repercutindo muito a absurda e desnecessária compra de iPhones para os vereadores de João Pessoa, no valor de quase meio milhão de reais, durante a pandemia e suas consequências econômicas. Defendida pelo vereador Dinho, presidente da Câmara Municipal, a compra virou manchete nos principais portais de notícias do Brasil:

Durante recesso e com sessões remotas, Câmara de João Pessoa gasta quase meio milhão de reais com empresa de limpeza e manutenção

Ruy entrega ambulância e equipamentos ao Hospital Universitário para fortalecer o atendimento de saúde

Dedicado ao esforço para conter a pandemia e fortalecer a saúde neste momento crítico, o deputado federal Ruy Carneiro entregou nesta segunda-feira (5) uma nova ambulância ao Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU), em João Pessoa. O veículo inteiramente equipado vai garantir segurança e comodidade para os pacientes que necessitarem de remoção para outras unidades de saúde do Estado. O HU atende milhares de pessoas de todas as regiões da Paraíba diariamente.

“Essa era uma necessidade antiga do hospital para continuar atendendo as pessoas que precisam de remoção com segurança e com todos os itens de assistência médica. Uma das ambulâncias do HU já tinha dez anos de uso, por isso trabalhamos muito para conseguir atender a essa necessidade urgente”, afirmou Ruy. “A pandemia vem causando efeitos graves em todo o sistema público de saúde do país. Por isso é tão importante estruturar melhor os hospitais, como no caso do Universitário, que atendem à maioria da população”, acrescenta.

Além da ambulância, que custou mais de R$ 212 mil, Ruy destinou cerca de R$ 70 mil em recursos de emenda parlamentar para compra de equipamentos que vão permitir a realização de exames, reduzindo filas no hospital. “Parte da emenda também foi destinada para a compra de equipamentos que vão auxiliar na realização de exames. Isso é muito importante. Estamos falando muito na COVID, mas não dá para esquecer das outras doenças. É fundamental que as pessoas façam os exames e tenham resultados rápidos para dar celeridade ao processo de tratamento e cura”, destacou.

O superintendente do Hospital Universitário, Marcelo Tissiani, agradeceu ao deputado Ruy e reafirmou a importância dos equipamentos. “Essa é uma ferramenta que vai nos ajudar também no combate à covid-19. Agradecemos ao deputado Ruy Carneiro pelos esforços envidados que nos garantiram esse novo transporte. Além de aquisição da ambulância, o valor atendeu à nossa demanda para compra de vários equipamentos hospitalares”, frisou.

Campina Grande inicia cadastro para o Auxílio Emergencial Municipal; 4 mil pessoas serão contempladas

Começa em Campina Grande, nesta segunda-feira, 5, o SuperAção – o Programa Municipal de Apoio às Famílias e Estímulo à Economia, que pretende amenizar os danos econômicos causados pela atual fase da pandemia da Covid-19. O novo pacote econômico foi anunciado pelo prefeito Bruno Cunha Lima, na última quinta-feira.

O pacote econômico de Bruno Cunha Lima vai beneficiar motoristas de transportes escolares públicos ou privados cadastrados perante o Município de Campina Grande; músicos ou profissionais da música que não foram contemplados com nenhum auxílio assistencial; pessoas que perderam seus empregos nos últimos 12 meses e não foram contempladas pelo seguro-desemprego nos últimos 60 dias; garçons, recepcionistas e maitres, que atuavam em restaurantes, bares, lanchonetes, além de decoradores de festas, cerimonialistas e vendedores ambulantes.

Pré-requisitos

De acordo com o programa, que será gerido e operacionalizado pela Agência Municipal de Desenvolvimento (AMDE), são pré-requisitos: ser maior de 18 anos e ser pessoa física, considerada como sendo aquela em situação de vulnerabilidade socioeconômica. É preciso ser residente em Campina Grande e, evidentemente, que se enquadre em uma das categorias contempladas.

O valor do benefício a ser pago é de R$ 400,00, divididos em duas parcelas mensais de R$ 200,00. Este valor será pago por meio de depósito bancário nas respectivas contas cadastradas. Este auxílio será concedido para até 4 mil beneficiários que atendam aos requisitos definidos pelo programa.  A estimativa é de que serão aplicados recursos de R$ 1,6 milhão.

Cadastro on-line

Os interessados deverão realizar o devido cadastro a partir desta segunda-feira, 5, até o próximo dia 9 de abril. O cadastro será feito totalmente online, através do link: auxilioemergencial.campinagrande.pb.gov.br. Quem tiver dúvidas deverá usar o Zap SuperAção. O WhatsApp é o (83) 9 8814-0117.

Durante recesso e com sessões remotas, Câmara de João Pessoa gasta quase meio milhão de reais com empresa de limpeza e manutenção

A economia com os recursos públicos não deverá ser a marca da gestão do vereador Dinho, presidente da Câmara Municipal de João Pessoa. Não bastasse a absurda licitação de quase meio milhão de reais para comprar iPhones para vereadores, o site do TCE informa que a CMJP pagou R$ 428 mil à empresa Open Serviços e Terceirização de Mão De Obra Ltda por dois meses de serviço. O problema é que a Câmara iniciou o ano legislativo no dia 23 de fevereiro, e logo em seguida suspendeu as sessões presenciais:

MEIO MILHÃO EM IPHONES: Até quando o presidente da Câmara de JP vai insistir no erro?

 

Prefeito de Cabedelo abandona a orla de Intermares; confira as imagens

Intermares é uma das praias mais bonitas da Grande João Pessoa, mas nos últimos anos vem sofrendo com a negligência da gestão do prefeito Vitor Hugo. Cidade mais rica da Paraíba, Cabedelo possui o maior PIB per capta do estado e, apenas em 2020, a gestão teve uma receita de mais de R$ 300 milhões. Ou seja, dinheiro para ajeitar a orla tem, o que falta é zelo com um dos cartões postais da cidade.

O calçadão de Intermares foi construído na década de 80, e desde então só recebe ‘gambiarras’ para minimizar os problemas na estrutura. Confira as imagens:

EXCLUSIVO: Áudio mostra prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, comprando votos para Alex Monteiro, em Lucena

 

 

Com sede em Sousa, Limpmax teria ligações com Livânia Farias; empresa do lixo faturou R$ 18 milhões na gestão de Márcia Lucena

Uma das empresas responsáveis pela coleta de lixo de João Pessoa, a Limpmax, estaria sendo investigada por uma suposta ligação com Livânia Farias, ex-secretária de Ricardo Coutinho presa na Operação Calvário. Curiosamente, a Limpmax tem sede em Sousa, mesma cidade de Livânia. E mais uma curiosidade, a empresa de coleta de lixo já atuou na gestão da ex-prefeita do Conde, Márcia Lucena, também presa na Operação Calvário.

De acordo com o Tribunal de Contas do Estado, a Limpmax faturou mais de R$ 18 milhões na gestão de Márcia Lucena:

Na semana passada, a prefeitura de João Pessoa, sentindo cheiro de coisa estranha, decidiu romper o contrato de prestação de serviços com empresas de limpeza urbana de forma unilateral, entre elas a Limpmax. Segundo a prefeitura, o rompimento ocorreu devido a “inexecução parcial ou total dos contratos” por parte das empresas.

O lixo vai feder. Anotem aí…

R$ 435 MILHOES: Governador lança programa de novas obras rodoviárias e de mobilidade urbana

O governador João Azevêdo lançou, nesta segunda-feira (5), por meio de transmissão ao vivo nas redes sociais do Governo do Estado, o programa de novas obras rodoviárias e de mobilidade urbana que será executado até 2022 na Paraíba. As ações têm o objetivo de assegurar desenvolvimento e impulsionar a economia de todas as regiões do estado, com a injeção de recursos totalmente do tesouro estadual na ordem de R$ 435,17 milhões.

Os serviços anunciados hoje pelo chefe do Executivo representam a concretização de reivindicações antigas da população paraibana e de lideranças locais, compreendendo pavimentação e restauração de rodovias e intervenções na mobilidade urbana, resultado do esforço fiscal e da gestão eficiente para ampliação de investimentos, garantindo à Paraíba as condições necessárias para enfrentar a crise no pós-pandemia, com a geração de emprego e renda. O anúncio foi acompanhado, virtualmente, por gestores e parlamentares que terão seus municípios contemplados com as intervenções da gestão estadual. A live ainda foi acompanhada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino; deputado estadual Wilson Filho; prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena; vice-prefeito de João Pessoa, Léo Bezerra; e o presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), George Coelho

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou o esforço do governo para garantir a assistência em saúde e social para a população e assegurar as condições econômicas para a geração de emprego e renda. “Nós trabalhamos para abrir novos leitos para o enfrentamento à pandemia, temos um olhar especial para as pessoas em situação de vulnerabilidade social e para as pequenas e médias empresas e existe a necessidade da geração de emprego e renda para as famílias e por tudo que foi feito de gestão fiscal no estado, lançamos este pacote de obras para aquecer a economia e beneficiar as pessoas quando as obras, que também têm o objetivo de interligar regiões, forem concluídas”, frisou.

As pavimentações de rodovias estaduais terão uma extensão de 267,1 Km e representam investimentos de R$ 290 milhões.  As obras irão contemplar a PB-085: Arara – Serraria (17,29 milhões); PB-103: Tabuleiro – Dona Inês (R$ 24,27 milhões); Areia –Caminho dos Engenhos, em Alagoa Nova (R$ 17,77 milhões); PB-160: Cabaceiras – Boa Vista (R$ 25,89 milhões); PB-167: Cubati – Sossego (R$ 22,42 milhões); acesso: Araruna – Pedra da Boca (R$ 10,90 milhões); PB-036: Alhandra – entroncamento da PB-008 – Praia do Abiaí (R$9,38 milhões); PB-331: Catolé do Rocha – Divisa PB/RN (R$ 10,11 milhões); e a PB-384: Carrapateira – Nazarezinho (R$ 17,67 milhões).

Também serão pavimentas as rodovias PB-400: Santa Inês – Divisa PB/PE (R$ 11,04 milhões); PB-356 : Nova Olinda – Tavares (R$ R$ 58,65 milhões); acesso: Bonito de Santa Fé – Divisa PB/CE (R$ 3,89 milhões); PB-293: Vista Serrana – entroncamento da BR -427 (R$ 9,6 milhões); PB-378: Manaíra – Divisa PB/PE (R$ 11,7 milhões); PB-382: Serra Grande – São José de Piranhas (R$ 24,8 milhões); acesso: entroncamento da PB-306 – Divisa PB/PE – ligação para Quixaba/PE (R$ R$ 1,5 milhão); PB-099: Lagoa Seca – Puxinanã (R$ 9,1 milhões); PB-122: Jenipapo/entroncamento da PB-099 (R$ 4,1 milhões).

Já as obras de restauração de rodovias totalizam mais de R$ 66,2 milhões em investimentos e intervenções em 215,2 Km de estradas, abrangendo a PB – 054: BR-230 / Itabaiana (R$ 5,24 milhões); PB – 063: Gurinhém / Mulungu / Alagoinha (R$ 7,36 milhões); PB – 073: Guarabira / Pirpirituba / Rua Nova (R$ 5,84 milhões); PB – 079: Alagoa Grande / Areia (R$ 4,77 milhões); PB – 079: Areia / Remígio (R$ 8 milhões); PB – 238: Teixeira / Desterro / Taperoá (R$ 11,68 milhões); PB – 323: Brejo dos Santos /Bom Sucesso/Divisa PB/RN (R$ 6,51 milhões); PB – 386: Itaporanga / Conceição (R$ 16,84 milhões).

As obras de mobilidade urbana serão realizadas no Viaduto sobre a BR-101 no Bairro das Indústrias (R$ 8,5 milhões); ligação do Bairro das Indústrias/Bayeux (R$ 6,64 milhões); ligação UFPB – Altiplano, na Av. João Cirilo – Hospital Universitário (R$ 14,7 milhões); ligação PB-008 – Mangabeira-V (R$ 2,5 milhões); ligação do Bairro das Indústrias – Santa Rita (R$ 3,5 milhões); ligação da UFPB – Três Ruas nos Bancários (R$ 12,3 milhões); vias do Polo Turístico Cabo Branco (R$ 1,9 milhão); Rua João de Souza Maciel – BR-230, em Cajazeiras (R$ R$ 3,31 milhões); construção da ponte sobre o rio Mamanguape, na PB-067 – estrada do Abacaxi, em Itapororoca (R$ 5,5 milhões), somando R$ 58,85 milhões.

O Governo do Estado também irá realizar obras de travessias urbanas em 20 cidades, onde serão investidos R$ 20 milhões.

Obras em andamento e concluídas – Durante sua apresentação, o governador João Azevêdo também fez um balanço das obras que seguem em andamento e foram concluídas pelo Governo da Paraíba.

Dentre as obras concluídas pela gestão estadual estão a pavimentação das rodovias estaduais PB-082: Pilar/Itabaiana (R$ 9,15 milhões); PB-200: Santo André/Juazeirinho (R 16,44 milhões); PB-383: Lastro/divisa PB/RN (R$ 1,19 milhão), totalizando uma extensão de 28,2 Km e 26,78 milhões em investimentos.

Também foram finalizadas 128,2 Km de rodovias restauradas, resultando em 15,64 milhões de recursos estaduais investidos. Dentre elas, estão a PB-395: Santa Helena/entroncamento da PB-393 (R$ 4,66 milhões); PB-025: BR-101/Lucena (R$ 3,30 milhões); PB-393: Cajazeiras/São João do Rio do Peixe (R$ 3 milhões); PB-250: entroncamento da BR-412/Prata (R$ 1,15 milhão); PB-090: Ingá/Itatuba (R$ 920 mil); PB-097: entroncamento da BR-104/Alagoa Nova (R$ 1,4 milhão); PB-176: entroncamento da BR-412/Gurjão (R$ 1,02 milhão); acesso: Princesa Isabel/divisa PB/PE (R$ 390 mil).

Ainda foram entregues as obras de mobilidade urbana em Pitimbu (R$ 1,76 milhão); São João do Rio do Peixe (R$ 880 mil); acesso ao aeroporto de Monteiro (R$ 1,91 milhão); Areia de Baraúnas (R$ 1,06 milhão); Pilões (R$ 600 mil); Cacimba de Dentro (R$ 1,04 milhão); Sertãozinho (R$ 340 mil); nova ponte sobre o rio Preto, em Santa Rita (R$ 1,55 milhão), totalizando R$ 9,14 milhões.

Estão em pleno andamento a pavimentação das rodovias estaduais PB-151: Picuí/Nova Floresta (R$ 12,7 milhões); PB-394: entroncamento da BR-230/Engenheiro Ávidos (R$ 12,95 milhões; PB-148: São José dos Cordeiros/Livramento (R$ 17,97 milhões); PB-160: Barra de São Miguel/divisa PB/PE (R$ 5,1 milhões); PB-100: Fagundes/Queimadas (R$ 18,1 milhões); PB-087: Pilões/entroncamento da PB-085, em Serraria (R$ 16,44 milhões), somando 94,8 km e R$ 83,26 milhões de recursos próprios investidos.

Já o programa ‘Estradas da Cidadania’ contempla obras em Pocinhos (distrito Nazaré – R$ 3,18 milhões); São João do Cariri (distrito Malhada da Roça – R$ 2,7 milhões); Alagoa Nova (distrito São Tomé – R$ 3,11 milhões); São Francisco (distrito Ramada – R$ R$ 2,83 milhões); Guarabira (distrito Cachoeira dos Guedes – R$ 3,14 milhões); Areia e Remígio (R$ 2,62 milhões); Sapé (distrito Renascença – R$ 2,98 milhões); Santana dos Garrotes (R$ 3,81 milhões). As ações do Governo do Estado nos municípios somam R$ 24,35 milhões e compreendem 28,7 Km de extensão.

Também estão sendo restaurados 111 Km de rodovias, onde são aplicados R$ 49,39 milhões de recursos do estado. Estão em execução as obras da PB-034: BR-101/Alhandra/Caaporã (R$ 17,18 milhões); PB-293: BR-427/Paulista/São Bento/PB-323 (R$ 14,41 milhões); e PB-323: Catolé do Rocha/Belém do Brejo do Cruz/div PB/RN (R$ 17,8 milhões).

Os serviços de pavimentação de rodovias acontecem no Arco Metropolitano Leste de Campina Grande (R$ 17,64 milhões); ligação Valentina/Mangabeira (R$ 5,88 milhões); ligação Cidade Universitária/Altiplano (R$ 4,03 milhões); ligação Geisel/Colinas do Sul (R$ 3,61 milhões); Avenida Perimetral Oeste de Sousa (R$ 11,51 milhões); contorno rodoviário de Bananeiras (R$ 6,65 milhões); acesso à 6ª Ciretran de Cajazeiras; e binário de São Mamede (R$ 2,37 milhões). Ao todo, as obras têm uma extensão de 24,8 Km e R$ 53,35 milhões de recursos do estado investidos.

Ainda estão sendo realizados serviços de conservação rodoviária que compreendem roçada da vegetação na faixa de domínio; rejuvenescimento localizado do pavimento; tapa-buraco com pré-misturado; limpeza e recomposição da drenagem; limpeza e reposição da sinalização horizontal e vertical; colocação de defensas em pontos críticos; e execução de revestimento primário em estradas de terra que somam R$ 73,58 milhões. Em obras de arte especiais, a gestão estadual investe R$ 17,54 milhões. Os recursos são empregados na recuperação da ponte sobre o rio Sanhauá, na Avenida Liberdade e no viaduto da Rua Índio Piragibe (R$ 4,23 milhões); recuperação da ponte sobre o Rio Piranhas, em São Bento (R$ 4,78 milhões); ponte na zona urbana de Mogeiro (R$ 1,08 milhão); bueiro quádruplo celular no acesso à comunidade Pau Ferro da Estação em Gurinhém (R$ 400 mil).

A soma das obras anunciadas, as concluídas e em andamento representa um investimento de recursos próprios do Governo da Paraíba na ordem de R$ 813,26 milhões, sendo R$ 435,17 milhões em novas obras; R$ 326,53 milhões em obras em execução e R$ 51,56 em obras concluídas. Todas as intervenções do Governo do Estado obedecem às orientações previstas no ‘Plano Novo Normal Paraíba’ para a construção civil, observando os protocolos específicos do setor e todas as normas de distanciamento social para evitar a propagação do coronavírus.