CORRUPÇÃO NO GOVERNO BOLSONARO: Luis Miranda diz que recebeu oferta de 6 centavos de dólar por vacina para “ficar quieto”

O deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) afirmou na manhã desta quarta (30) que um lobista ligado ao líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), lhe ofereceu seis centavos de dólar por unidade da vacina indiana Covaxin para que ele não denunciasse o esquema de corrupção envolvendo o imunizante. A entrevista foi concedida à Revista Crusoé e publicada pelo site O Antagonista.

Emails também comprovaram que o Ministério da Saúde negociou oficialmente a venda de vacinas com representantes da Davat Medical Supply. Um representante da empresa disse ter recebido um pedido de propina de US$ 1 por dose em troca de assinar um contrato.

O deputado pelo DEM-DF denunciou publicamente a corrupção envolvendo a compra do imunizante indiano. Segundo Miranda, Barros esteve envolvido nas negociações para a importação da Covaxin. A compra da vacina foi a única para a qual houve um intermediário e sem vínculo com a indústria de vacina, a empresa Precisa. O valor foi 1.000% maior do que, seis meses antes, era anunciado pela fabricante. Barros negou ter participado das negociações.

Miranda afirmou ter enviado a um secretário de Bolsonaro mensagens com os alertas de uma possível corrupção no ministério.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também identificou irregularidades no processo de importação da vacina, como problemas na nota fiscal de importação e a falta de certificados de eficácia, segurança e qualidade nos padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Anvisa também enviou um ofício ao Ministério da Saúde dizendo ter sido pressionada pela Precisa com o objetivo de aprovar a vacina.

Leonardo Gadelha propõe que ministério da Saúde tente incluir funcionários do INSS no grupo prioritário da vacina: “Eles estão em contato direto com a população vulnerável”

Visando a necessidade de proteger profissionais que estão mais expostos ao contato com o publico e consequentemente ao vírus da covid-19, o deputado federal Leonardo Gadelha, apresentou um projeto de indicação para que seja incluído no Plano Nacional de Imunização, servidores e funcionários terceirizados do Instituto Nacional do Seguro Social- INSS.

“Defendo a vacina para todos, mas já que o ministério da Saúde criou um plano para priorizar os grupos mais vulneráveis, venho reforçar que os profissionais do INSS estão extremamente expostos, já que existe o contato direto com a população mais vulnerável de forma presencial nas unidades”, disse.

O Brasil ultrapassou a marca das 500 mil vitimas fatais do vírus. Para o deputado, imunizar esse grupo é previnir que inúmeras pessoas sejam infectadas e evitar que os serviços essenciais oferecidos pela unidade possam parar. “ O INSS presta um serviço essencial. Servidores e funcionários atendem a um grande fluxo de pessoas mesmo seguindo as normas. Para que o serviço não pare, é importante que o ministério da Saúde reavalie e possa analisar bem toda a situação apresentada”, falou.

O coringa de Aguinaldo Ribeiro ao Senado

Considerado um mestre nos bastidores, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro tem sido cauteloso quando trata da sua provável candidatura ao Senado.

Aguinaldo está confiante, pois tem um coringa e vai usá-lo na hora certa. Trata-se de Cícero Lucena, também do PP. Aguinaldo foi quem ‘desaposentou’ Cícero, que tem força e prestígio para indicar um nome na chapa de João Azevedo.

Ricardo Coutinho ainda não percebeu, mas ele já caiu no ostracismo

Feito uma cadela no cio, o Sérgio Cabral da Paraíba tem se esfregado aos pés do PT nacional numa tentativa esquizofrênica de ser o senador de Lula no estado.

Mas entre um acusado de chefiar uma ORCRIM e um governador, Lula fica com o último. Ricardo Coutinho ainda não percebeu, mas ele já caiu no ostracismo. E ainda é ficha suja e só pode disputar eleição em 2026.

 

Datena irá se filiar ao PSL para disputar a Presidência

O apresentador José Luiz Datena irá se filiar ao PSL para disputar a Presidência em 2022. Um dos líderes do partido, o deputado Junior Bozzella diz que Datena chega no partido para ocupar espaço na terceira via da disputa presidencial de 2022.

Segundo Igor Gadelha, do portal Metrópoles, a filiação do apresentador foi acertada em jantar nesta segunda-feira (28) entre entre os presidentes do MDB do PSL, além dos deputados Rodrigo Maia (Sem partido) e Aguinaldo Ribeiro (Progressistas).

Datena chegou a anunciar em 2020 que seria candidato a prefeito de São Paulo, mas desistiu na sequência.

Efraim Filho comemora avanço da construção de Campus do IFPB em Santa Luzia

O deputado federal Efraim Filho (DEM) comemorou o avanço da construção do Campus do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) de Santa Luzia. De acordo com o deputado, as obras estão seguindo em ritmo acelerado e o sonho vem se concretizando em passos largos a cada dia.

“Existe a possibilidade do primeiro anexo do campus ser finalizado no final deste ano, essa conquista foi um esforço de todos, e um empenho nosso junto ao Ministério da Educação, acreditamos que a educação superior vai dar mais oportunidades para nossos jovens e vamos colher bons frutos com certeza com a entrega do IFPB de Santa Luzia” comentou.

Mesmo diante da pandemia, o deputado informou que os recursos estão garantidos. Mais de 9 milhões de reais foram empenhados para a construção do Campus e os recursos são pagos de acordo com andamento da obra.

Segundo o parlamentar, a construção é uma forma de priorizar a área da educação, que é essencial, e o novo Campus será inaugurado em breve com inúmeras oportunidades para a população de Santa Luzia e região.

Prefeitura de João Pessoa paga salários de junho a partir desta terça-feira

A Prefeitura de João Pessoa paga os salários do mês de junho nesta terça-feira (29) e quarta-feira (30). O calendário de pagamentos foi definido pelas secretarias de Administração e Executiva de Finanças. Nesta terça, o pagamento acontece para os servidores aposentados e pensionistas do Instituto Previdenciário Municipal (IPM) e, na quarta-feira, para os servidores da ativa, comissionados e prestadores de serviço.

Mais uma vez o pagamento acontece dentro do mês trabalhado, conforme compromisso da atual gestão seguindo a política de valorização dos servidores. O pagamento em dia oferece ao profissional a garantia de poder se programar e honrar com suas obrigações de início de mês, e também um melhor planejamento familiar. Além desta folha que começa a ser paga amanhã, a Prefeitura de João Pessoa também efetuou o pagamento da antecipação da primeira parcela do 13° salário nos dias 10 e 11 deste mês.