Ciro Gomes lidera terceira via contra Lula e Bolsonaro, mostra pesquisa

Ciro Gomes (PDT) lidera a preferência dos eleitores da chamada ‘terceira via’ contra Lula e Bolsonaro na disputa ao Planalto em 2022, mostra pesquisa da Futura Inteligência em parceria com o Modalmais, divulgada nesta quarta, 28.

O ex-governador do Ceará aparece em terceiro lugar no ranking em todos os cenários.

Na simulação mais vantajosa, Ciro tem 13,3% da intenção de votos, atrás de Bolsonaro (28,7%) e Lula (40,9%).

A senadora Simone Tebet, que integra a CPI da Pandemia e tem feito duras críticas ao governo durante as investigações sobre a compra de vacinas, aparece com 2,7%.

Num cenário com mais candidatos, Ciro tem 6,6% da intenção de votos, à frente de nomes como o ex-juiz Sergio Moro (6,3%), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (3,4%) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (3%).

A pesquisa entrevistou 2.006 pessoas nas cinco regiões do país entre os dias 23 e 26 de julho.

ELEIÇÕES 2022: PSDB anuncia apoio ao nome de Romero Rodrigues

PSDB da Paraíba anunciou nesta quinta-feira (29) o apoio ao nome do ex-prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) na disputa pelo Governo do Estado em 2022. O anúncio foi feito pelo deputado federal Pedro Cunha Lima, presidente da legenda no Estado.

“O nosso apoio ao representante desse projeto no nome do ex-prefeito Romero Rodrigues, que representa essa visão e esse sentimento a nosso Estado. Vamos mostrar o que foi feito em Campina. Uma administração pública brilhante. É difícil administrar um município com menor FPM per capita do Estado”, disse.

Estiveram presentes no evento, além de Pedro Cunha Lima, o ex-senador Cássio Cunha Lima, o deputado Tovar Correia Lima, a deputada Camila Toscano, aliados e vários outros partidários.

Veneziano gasta quase meio milhão de reais por mês com assessores

Levantamento realizado pelo site Ranking dos Políticos aponta Veneziano Vital como um dos cinco senadores que mais gastam com assessores. O emedebista tem 53 funcionários e os salários chegam a R$ 22 mil. Por mês, Veneziano chegou a gastar R$ 487 mil com sua equipe.

Um dos maiores salários é de Daniel Chianca, ex-candidato a vereador em João Pessoa:

NAS TETAS DO PODER: Família de Veneziano custa R$ 133 mil por mês aos cofres públicos

ÁUDIO: João Azevedo rechaça reaproximação com RC – “Não há intenção da nossa parte em voltar a ter aliança nenhuma com o ex-governador”

Apesar do óbvio ululante, o governador João Azevedo, vez por outra, precisa ratificar seu rompimento com o ex Ricardo Coutinho. Durante entrevista nesta quarta, 28, em Cajazeiras, João reafirmou não ter a mínima possibilidade de reaproximação com Ricardo:

Essa reaproximação não será possível […] Não vejo a mínima possibilidade, não há essa possibilidade realmente, e nem há intenção da nossa parte em voltar a ter aliança nenhuma com o ex-governador.”

Mais claro que isso, só dois disso. Confira o áudio:

 

 

 

 

Jornalista Anderson Soares voltará ao rádio no início de agosto

O jornalista Anderson Soares estará voltando ao rádio a partir desta segunda-feira, dia 2 de agosto. Sua nova casa é a CPAD FM (96,1), onde comandará, das 6h às 8h, o CPAD Notícias. O jornalista destacou o novo projeto e a motivação para voltar ao rádio.

“O rádio é uma grande paixão. É um prazer enorme retornar na CPAD FM, uma rádio que tem o meu perfil e uma audiência extraordinária. A CPAD FM está entre as três maiores audiência do rádio em João Pessoa, segundo o IBOPE. O programa será focado nas notícias exclusivas, bastidores, opinião, análise e a defesa dos interesses do povo. Eu serei a voz do povo no rádio”, disse o comunicador.

O jornalista Anderson Soares foi um dos fundadores do programa Acorda Paraíba, na 98 Correio FM. Na Arapuan, esteve a frente do Rádio Verdade e também esteve na bancada do 60 Minutos. Anderson também ancorou “O Povo é o Sucesso”, na 92,9 Sucesso FM e na televisão, foi repórter da TV Correio e apresentou o Rede Verdade e o Tribuna Livre, na Tv Arapuan.

Seu início de carreira foi na Rádio Sanhauá, em 2003, e atualmente, é signatário do Blog do Anderson Soares, um dos mais acessados do Estado.

PT da Paraíba está prestes a virar um sindicato de ladrões

Na expectativa de filiar presos da Operação Calvário, o PT paraibano vai deixar de ser um partido político e se tornará um sindicato de ladrões.

Além dos muitos problemas que já tiveram com o Mensalão e a Lava Jato, estão achando pouco e agora importam corruptos de outras legendas.

E não é qualquer propineiro de meia tigela. É gente que passou quase uma década roubando mais de R$ 130 milhões da saúde pública.

Há menos de um mês, Romero disse que conversava com governistas insatisfeitos; seria Veneziano?

Após a aproximação do senador Veneziano Vital do Rego com Cassio Cunha Lima, muitas especulações surgiram nos bastidores. Como quem me lasca é a minha memória, lembrei que no começo do mês, Romero Rodrigues afirmou que conversava com governistas insatisfeitos. Seria Veneziano? Disse Romero:

E por coincidência, tem muita gente que tá com o governo e tem conversado conosco, dizendo da sua insatisfação e da forma como o governo tem tratado os seus membros” (…)  insatisfeitos, talvez, esperando a hora e um período mais próximo das eleições para, quem sabe, deixar o governo. Nós estamos tranquilos e com bons nomes, que, inclusive, em pesquisas internas, tem pontuado super bem“.

Familismo de Veneziano azeda relação com João

Ele [Veneziano] só sabe fazer a política da família, dos acordos, do toma lá dá cá”. A frase é do ex-presidiário Ricardo Coutinho. E é verdade. Com um irmão ministro do TCU e uma mãe senadora, Veneziano quer mais; emplacar a esposa – suplente de deputado – como vice do governador João Azevedo.

Eis o motivo da relação com João ter azedado. E para fazer pressão, Vené usou Cássio Cunha Lima…

 

 

Após aproximação de Veneziano com Cássio, Tião Gomes vai pra cima do senador: “aproveitou Maranhão doente para tomar o MDB”

Em entrevista exclusiva na manhã desta terça-feira, dia 27, ao Blog do Ninja, o deputado estadual Tião Gomes, do Avante, detonou a postura do senador Veneziano Vital do Rêgo, do MDB, que segundo ele está tentando barganhar e emplacar a esposa, Ana Cláudia, como vice na chapa do governador João Azevêdo nas eleições de 2022.

De acordo com Tião, o fato do MDB apontar Vené como um potencial candidato ao governo do Estado no ano que vem, juntamente com Cássio Cunha Lima, não passa de um jogo político de Veneziano já visando não apenas o pleito do próximo ano, mas seu futuro político em 2026.

“Isso é um jogo político. O que Veneziano tá querendo na verdade não é se juntar a Cássio, mas é pegar moleza e colocar a esposa como vice governadora de João. Toda essa encenação com relação ao senador tem o único objetivo: a família, a esposa e o futuro político dele em 2026. Veneziano está jogando dentro de um parâmetro onde já visualiza uma eleição daqui a cinco anos. Ora, hoje todos estão brigando pra senador ou vice de João, porquê? Porque João não tem ainda um concorrente à altura, devido ao trabalho João está vencendo os obstáculos pela humildade, pela suma maneira simples de exercer o mandato de governador com seriedade, tranquilidade, objetivo, obras em todos os recantos do estado, então o que se visualiza, querer ser o vice de João porque provavelmente daqui a quatro anos João irá para o Senado e quem for vice assume o governo. É uma barganha pura de quem não tem grupo. A questão do senador Veneziano é que ele nunca procurou fazer um grupo a não ser o grupo caseiro, veja nas últimas eleições quantos prefeitos ele elegeu e quantos ele levou para o MDB” argumentou o parlamentar.

Tião foi mais além e disse não achar certo a linha que Veneziano está traçando, além de acreditar que Cássio não se prestará a tal papel. O deputado disse ainda que o nome que será escolhido para concorrer ao cargo de vice-governador será um que tenha a confiança de todo o grupo político do governador João Azevêdo.

“Veneziano fica jogando, aproveitou Maranhão doente para fazer também o jogo e tomar o MDB. Nós sabemos disso, o que foi que Veneziano levou para o MDB? nada! Ele e vai levar a esposa, então é tudo interesse próprio ele objetiva colocar a esposa como vice de João e eu não acho isso certo. Ele foi eleito por uma coligação porque dificilmente ele se elegeria deputado federal, todo mundo sabe disso, mas o PSB, o grupo partidário chamou e o colocou como senador e ele foi vitorioso, o que eu quero mostrar é que nós temos que dizer à Paraíba o que está acontecendo na realidade. Cássio é tolo é? Pergunta pra ele tu tá trazendo quem pra cá pra essa coligação e eu dar a você a cabeça de chapa? Qualquer liderança politica da Paraíba tem grupo. pergunta a Veneziano quantos prefeitos ele fez? Agora pegou os do mdb e a maioria se João chamar vem tudinho, fica um ou dois” declarou.

O parlamentar disse ainda que ao invés de fazer jogos, o senador Veneziano deveria agradecer a amizade que o governador tem por ele. Inclusive questionou se Veneziano mesmo optando por continuar nessa linha de pressão política, vai continuar com os cargos que tem na gestão estadual ou se ficará no ’empurra-empurra’.

“Acho que veneziano não devia caminhar por essa linha que está caminhando, ele é bem quisto, amigo do governador, a mulher é secretária, ultimamente o governador deu uma secretária a Roberto Paulino, esse não, esse é MDB porque o partido hoje é Roberto, Raniery, Benjamin, Olenka e Mikika. Se nós formos julgar quantidade temos que julgar diferente, muito mais forte que Veneziano é Adriano Galdino que tem 6, 8, 10 deputados e dezenas de prefeitos, temos que escolher o vice dentro do nosso grupo, que seja pessoa comprometida com todo mundo e não que seja comprometida com sua família. Eu acho errado acho que ele deve refletir muito o que ele está fazendo porque ele é amigo de João, que abriu as portas pra ele do Palácio, quantos empregos ele não tem hj no Estado? Será que ele vai entregar esses empregos ou vai ficar nesse jogo de empurra-empurra pensando que Cássio tá engolindo isso?” questionou.

Para concluir, Tião disse que as declarações são um desabafo, já que ele não poderia ficar calado enquanto vê o tamanho da repercussão que a maneira que Veneziano está tentando alcançar seus objetivos, tomou na Paraíba.

“Falo aqui por mim pois não posso ficar calado nesse momento, a maneira que tão querendo conduzir está totalmente errada acho que isso vai favorecer muito mais os nossos agregados pois estamos olhando quem realmente merece confiança, pra ser vice de João tem que ter a confiança do grupo” sentenciou.