Mais dois prefeitos do MDB e PL garantem apoio ao governador João Azevedo

Os prefeitos de Vista Serrana, Sérgio de Levi (MDB), e de Paulista, Valmar Arruda (PL), respectivamente, reafirmaram, nesta quinta-feira (26), o apoio à pré-candidatura à reeleição do governador João Azevêdo (PSB). Os gestores municipais destacaram a capacidade de trabalho e a gestão operosa que o chefe do Executivo estadual tem promovido em toda a Paraíba.

O prefeito Sérgio de Levi celebrou a parceria com João Azevêdo e garantiu empenho para reeleger o governador nas eleições de outubro. “Nós estamos fechados com João. Aqui é 100% o governador”, arrematou.

Valmar Arruda, prefeito de Paulista, também fez questão de reforçar a aliança com o gestor estadual. “Não pude votar antes, mas hoje estou firme, forte e convicto de que seguiremos juntos para que esse trabalho pela Paraíba continue com João Azevêdo”, afirmou.

A passagem do governador pelo Sertão da Paraíba também foi acompanhada pelos prefeitos Nabor Wanderley (Patos), Zezé Araújo (Santa Luzia), Neto Gomes (São José de Espinharas), Dr. Paulo Melo (Junco do Seridó), Marcelo Bezerra (Condado), Esaú Nóbrega (São José do Bonfim), Umberto Jefferson (São Mamede) e Arimateia Nunes (Santa Terezinha).

Cícero Lucena anuncia pagamento da primeira parcela do 13º salário para servidores municipais de João Pessoa

O prefeito Cícero Lucena anunciou o pagamento da primeira parcela do 13º salário para os servidores municipais de João Pessoa. De acordo com o prefeito, o pagamento deverá ser realizado no dia 10 de junho e acompanha a decisão do governador João Azevêdo.

“Eu acho que é muito importante porque dá importante de injetar na compra, no consumo da nossa cidade, consequentemente amenizando aqueles que possam até abatendo algum débito. Nós consideramos que sempre que é possível, que tem capacidade, não tem porquê esperar até dezembro, fazer em junho é uma demonstração de respeito e de apoio aqueles que tanto nos ajudam na administração do dia a dia da nossa cidade”, disse o prefeito.

O governador da Paraíba anunciou na última segunda-feira (23), o pagamento da primeira parcela do 13º salário para os servidores estaduais para o dia 10 de junho.

Pesquisa qualitativa revela que Ricardo Coutinho puxa Veneziano pra baixo e aumenta rejeição

Quando Veneziano é associado ao ex-governador Ricardo Coutinho, que foi preso na Operação Calvário e gravado negociando propina, o eleitor passa a rejeitar o emedebista para o governo.

A constatação – mais que óbvia – foi extraída de uma pesquisa qualitativa realizada por um pré-candidato ao governo na semana passada.

O eleitor rejeita a aliança e considera que quem se une ao ex-governador compactua das mesmas práticas dele.

Por outro lado, Lula puxa Veneziano pra cima.

Câmara de gás da PRF de Bolsonaro e a banalização da morte em dias sombrios

É conhecida a frase de Pedro Aleixo, então vice-presidente, quando Costa e Silva decidiu baixar o AI-5, no dia 13 de dezembro de 1968: “Presidente, o problema de uma lei assim não é o senhor, nem os que com o senhor governam o país. O problema é o guarda da esquina”. A fala tem seu valor para explicar a banalização da violência a partir das práticas truculentas que emanam do centro do poder. Mas é claro que não fazia justiça a Costa e Silva e auxiliares: o problema também estava no presidente e naqueles que com ele governavam porque todos irmanados na mesma ordem ditatorial. O AI-5 só exporia ainda mais a sua face liberticida. É inegável, no entanto, que aquela decisão deu sinal verde aos homicidas que compunham a base do regime. Torturaram e mataram sem nenhum temor nem perigo.

Homens na Polícia Rodoviária Federal abordaram nesta quarta, em Umbaúba, litoral de Sergipe, Genival de Jesus Santos. Vídeos que circulam em todo canto registram um entrevero entre os policiais e Genival, que é então imobilizado. Poderiam, se fosse o caso — e nem estão claras as razões por que o homem foi parado — tê-lo algemado. Quando há resistência ativa, pode-se recorrer a tal expediente. Tinham a alternativa, se necessário fosse, de chamar reforço.

Mas não! Aos olhos de pessoas que acompanhavam a filmavam a ação, sem qualquer receio, decidiram fechá-lo no porta-malas da viatura, com as pernas de fora, presas pela tampa. Já aí fica caracterizada prática inequívoca de tortura porque resta evidente que o homem só permanecia imobilizado à custa de ferimentos nos membros inferiores. Pareceu pouco.

Um dos policiais jogou uma grande quantidade gás no porta-malas — que a PRF chama candidamente de “instrumento de menor potencial ofensivo” —, mantendo a tampa pressionada. Ouvem-se gritos, urros mesmo, do Genival, que estava preso numa câmara de gás improvisada. Depois de algum tempo, ele para de mexer as pernas. Genival morreu.

Abordagem policial? Não! Tortura. Assassinato. Crueldade.

Eis o Estado brasileiro, que se mostrou por meio da Polícia Rodoviária Federal, a Genival. O episódio se deu no dia seguinte ao massacre da Vila Cruzeiro, de que a PRF participou — notando-se que ações em áreas urbanas não estão entre as suas atribuições. Pretextou-se que os criminosos que eram alvos da operação dedicavam-se ao roubo de cargas, o que então atrairia a competência da corporação.

Numa democracia digna desse nome, os policiais deveriam ter sido presos tão logo as imagens começaram a circular nas redes sociais. Não nestes tempos. A despeito do que as imagens evidenciam, a PRF divulgou a seguinte nota:

“Na data de hoje, 25 de maio de 2022, durante ação policial na BR-101, em Umbaúba-SE, um homem de 38 anos resistiu ativamente a uma abordagem de uma equipe PRF. Em razão da sua agressividade, foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção e o indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Umbaúba.

Durante o deslocamento, o abordado veio a passar mal e socorrido de imediato ao Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito.

A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A Polícia Rodoviária Federal em Sergipe lamenta o ocorrido e informa que foi aberto procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos”.

CINISMO

É uma nota cínica. Embora se fale na abertura de “procedimento disciplinar”, o texto justifica a ação dos policiais. Doravante, passa a ser lícito, caso os agentes acusem alguma forma de resistência, prender as pessoas e executá-las em câmaras de gás. Inexiste pena de morte no país. Vale para a Vila Cruzeiro, no Rio. Vale para Umbaúba, em Sergipe. Vale para todo o Brasil.

Releiam a nota. Assistam ao vídeo. A PRF diz que Genival “passou mal durante o deslocamento”, tendo sido “socorrido de imediato”, como se os policiais houvessem, de fato, se comportado segundo as regras. Eis uma polícia que não protege, mas aterroriza.

VILA CRUZEIRO E O RESTO

Homens da PRF participaram do massacre na Vila Cruzeiro, elogiado pelo presidente Jair Bolsonaro. A morte de 25 pessoas, sob o pretexto de combater o crime, acena para o vale-tudo. E é claro que há o risco de que práticas truculentas e homicidas passem a fazer parte da rotina da instituição.

A PRF está em todo país. Seus homens não podem se comportar como milicianos. Não se enganem: na terça, a montanha de mortos da Vila Cruzeiro; na quarta, o Genival, em Umbaúba; nesta quinta, pode ser um amigo seu; na sexta, você. Se o poder que emana de Brasília — e a PRF é subordinada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública — diz aos agentes que tudo lhes é permitido, fazendo, a exemplo do presidente, a apologia da violência, então os “guardas da esquina” de Pedro Aleixo se sentirão à vontade para inovar nas práticas de tortura e morte.

Wallyson de Jesus, sobrinho de Genial, afirmou que o tio tinha transtorno mental:

“Eles pediram para que ele levantasse as mãos e encontraram no bolso dele cartelas de medicamentos. Meu tio ficou nervoso e perguntou o que tinha feito. Eu pedi que ele se acalmasse e que me ouvisse”.

Os agentes só aguardam agora os “parabéns” de Bolsonaro.

Voltemos a Pedro Aleixo: os “guardas de esquina” de sua fala se consideram agora soldados da causa do capitão. E um dos ídolos do seu ídolo era um torturador.

A propósito: as próximas eleições também decidirão um “sim” ou um “não” a massacres e a câmaras de gás.

Reinaldo Azevedo

Criação de vara criminal para julgamento de organizações criminosas deve agilizar condenação dos membros da Orcrim Girassol

A famosa Orcrim Girassol – desbaratada no âmbito da Operação Calvário e acusada pelo Ministério Público de desviar quase meio bilhão de reais do governo do estado – deverá ter seu julgamento acelerado com a criação de uma vara criminal para julgar ações envolvendo organizações criminosas.

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba aprovou anteprojeto de Lei Complementar que transforma a 2ª Vara de Executivos Fiscais da Comarca de João Pessoa na 8ª Vara Criminal da Comarca da Capital, com jurisdição estadual para processar e julgar os delitos de Organizações Criminosas (Orcrim).

Os processos da Operação Calvário estão parados há praticamente três anos, e desde então, muitos juízes  – curiosamente- têm se averbado suspeitos para julgar os processos, o que tem aumentado o clima de impunidade na sociedade, gerando críticas e desconfiança com o judiciário.

Considerado o chefe da organização criminosa, o ex-governador Ricardo Coutinho, que foi gravado negociando propina da Saúde, é o maior beneficiado com a lentidão, pois pretende disputar uma vaga ao Senado.

 

Ao lado de Murilo Galdino, prefeito de Catolé do Rocha reafirma apoio a Efraim para o Senado

Com o projeto #PéNaEstrada, na manhã desta quinta-feira (26), o deputado federal e pré-candidato ao Senado, Efraim Filho (União Brasil), esteve presente em Catolé do Rocha para, ao lado do prefeito Laurinho Maia, participar do aniversário da cidade e da inauguração da reforma da Praça Fábio Mariz Maia e do Centro de Comercialização de Artesanato “José Formiga de Sousa”. O governador João Azevêdo esteve semana passada visitando o prefeito Laurinho durante evento do Orçamento Democrático, mas Laurinho fez questão de reafirmar seu compromisso com Efraim para o Senado em qualquer cenário.

Efraim, que defende a bandeira do empreendedorismo, comemora a inauguração do centro de artesanato. “Admiro essa gente que trabalha dia e noite de forma digna para levar o pão para a mesa de suas famílias. Os empreendedores dão o suor do seus rostos e garantem oportunidades para muitas outras pessoas”, complementa. Sobre a reforma da praça, o parlamentar comenta que “é um espaço de convivência de crianças e jovens e levanta a autoestima da cidade, além de gerar aproximação entre as famílias”.

Laurinho aproveitou para agradecer ao parlamentar todo empenho com a cidade. “Hoje Catolé completa 187 anos de emancipação política e não poderia ter presente melhor do que o compromisso do deputado federal e amigo Efraim Filho, que sempre esteve atento aos anseios da população, destinando emendas para que o município continuasse avançando. Ele veste a camisa de Catolé”, pontua.

Também estava presente o pré-candidato a deputado federal, Murilo Galdino (Republicanos), que, junto com Laurinho, reforçaram o compromisso com a pré-candidatura de Efraim para senador. “Ele é o melhor nome para representar a nossa Paraíba no Senado Federal”.

Declarações como essas só reafirmam o compromisso com o projeto de Efraim Filho, o que fortalece a tese de que não há recuo da legenda no acordo de sua candidatura. “Agradeço a confiança. Essa escolha mostra que temos um grupo agregador, firme em qualquer cenário, com capacidade de dialogar e, o mais importante, que trabalha pela Paraíba. Aqui não temos promessas, mas testemunho e ações concretas”, finaliza Efraim.

Ruy destaca importância da prevenção e diagnóstico precoce durante Semana Nacional de Combate ao Câncer

O deputado federal Ruy Carneiro (PSC) reforçou nesta quarta-feira (25), a importância da prevenção e o diagnóstico precoce do câncer, durante a realização da Semana Nacional de Combate a doença, promovida pela Câmara Federal. A programação está sendo realizada pela Comissão Especial destinada a acompanhar as ações de combate ao câncer no Brasil e a Frente Parlamentar Mista em prol da Luta Contra o Câncer.

Na ocasião, o parlamentar destacou as ações que vem desenvolvendo junto aos hospitais e entidades filantrópicas do segmento na Paraíba. “A prevenção e o diagnóstico precoce são temas que precisam ser amplamente divulgados, porque eles salvam vidas. Nós acreditamos que essa é uma luta de toda a sociedade e por isso temos um trabalho histórico na Paraíba, junto ao Hospital Napoleão Laureano, Rede Feminina de Combate ao Câncer, Associação Donos do Amanhã, Núcleo de Apoio à Criança com Câncer da Paraíba e ainda o Hospital da FAP, em Campina Grande”, defendeu Ruy.

O deputado também defendeu a descentralização dos serviços e a interiorização dos atendimentos aos pacientes. “Sabemos que o tratamento contra o câncer é muito intenso e desgastante. Para os pacientes do interior, você ainda acrescenta constantes deslocamentos, longas viagens e períodos longe da família. Por isso, uma das nossas prioridades em parceria com o Hospital Laureano é inicialmente levar alguns serviços para as cidades de referência do sertão. O objetivo é amenizar o sofrimento de milhares de famílias e pode desafogar a grande procura na capital.”, finalizou.

A Semana Nacional de Combate ao Câncer será concluída amanhã, com a realização de novos debates e palestras, no plenário 7 da Câmara.

Prefeito do PSD e lideranças de Imaculada anunciam adesão coletiva à base do governador João Azevêdo

O prefeito de Imaculada, Luciano Lustosa (PSD), declarou, nesta quarta-feira (25), apoio ao governador João Azevêdo (PSB). A decisão do gestor municipal foi acompanhada pelo vice-prefeito Ribinha Firmino (PSD), pelos ex-prefeitos Dada Lustosa (PSD) e Ribamar Silva (Republicanos) e pelos vereadores que integram sua base de sustentação na Câmara Municipal.

O anúncio aconteceu após reunião com o chefe do Executivo estadual, ocasião em que também esteve presente a ex-prefeita de Patos e pré-candidata a deputada estadual Francisca Motta (Republicanos).

O prefeito Luciano Lustosa destacou que chega à base do governador João Azevêdo com o compromisso de trabalhar para uma grande vitória nas próximas eleições. “Nós não votávamos no governador, não o acompanhamos nas últimas eleições, mas, dessa vez, vai ser diferente. Vamos estar todos juntos, prefeito, vice-prefeito, ex-prefeitos e vereadores, o que representa o apoio total do grupo e da população”, disse.

O ex-prefeito Dada Lustosa também referendou a decisão de apoiar João Azevêdo no pleito de outubro. “Quem ganha é Imaculada que vai ter futuramente a estrada do distrito de Palmeira e vamos à vitória com a reeleição do governador para que nosso município cresça a cada dia”, falou.

Também manifestaram apoio ao gestor estadual os vereadores Alexandre, Duda, Macarrão, Neguinho Cajueiro, Elisman e Kelson, os suplentes de vereador Pretinho e Edimilson e os ex-vereadores Ivanildo e Vieirinha.

Irmão Cézar apresenta projeto que institui Programa de Saúde do Adolescente

O deputado estadual, Irmão Cézar (Solidariedade), apresentou Projeto de Lei que institui o Programa de Saúde do Adolescente na rede pública estadual de saúde da Paraíba.

De acordo com o parlamentar, a propositura visa desenvolver ações fundamentais na prevenção contínua (primária, secundária e terciária) com ênfase à prevenção primordial, de modo que o adolescente sinta a necessidade de ter e resguardar sua saúde.

Além disso, segundo o deputado, a iniciativa visa assistir às necessidades globais de saúde da população adolescente, a nível físico, psicológico e social, como também estimular o adolescente nas práticas educativas e participativas, como fator de um desenvolvimento do seu potencial criador e crítico.

Irmão Cézar ressaltou ainda que o projeto pretende estimular o envolvimento do adolescente e dos seus familiares, da comunidade em geral nas ações a serem implantadas e implementadas. “Trata-se de uma iniciativa que tem um olhar muito atento para o adolescente, disponibilizando um atendimento em várias áreas de atuação, como enfermagem, assistência social, psicologia, atendimento clínico ou pediátrico e ações educativas”, destacou.