As (poucas) verdades do Mago

Siga-nos Facebook

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O lado bom dos rompimentos é que os políticos deixam o teatro de lado e começam a falar realmente o que pensam uns dos outros. São os ‘momentos de realidade’, coisa rara na nossa política cheia de ‘etiquetas’.

Acostumado a mentir muito, o ex-governador até que tem soltado umas poucas verdades de vez em quando.

Na continuidade da entrevista concedida à TV Tambau, que foi transmitida ao vivo no portal T5, Ricardo Coutinho não poupou o deputado estadual Ricardo Barbosa.

RC chamou Barbosa de hipócrita e disse que ele era um “entusiasta do poder”.

Vou ter que concordar com o Mago na última parte.

Quando Ricardo Barbosa teve que escolher entre o amigo Cássio Cunha Lima e o governo, em 2014, não titubeou e abandonou o amigo de décadas.

EXCLUSIVO: Mais novo marajá do Brasil, Ricardo Coutinho está recebendo quase R$ 70 mil por mês dos cofres públicos

Comentar com Facebook

Comentários

Últimas notícias

Opinião

Mais lidas

Notícias relacionadas
Operação Calvário chega à Assembleia; próxima parada é a Câmara Federal

Operação Calvário chega à Assembleia; próxima parada é a Câmara Federal

Finalmente a Operação Calvário começa a chegar nos políticos. O ‘abre-alas’ foi com a deputada Estela Bezerra, PSB, que passa…
O verdadeiro slogan do governo Ricardo

O verdadeiro slogan do governo Ricardo

O maior esquema de corrupção da história da Paraíba, que segundo o Ministério Público desviou mais de R$ 1 bilhão…
Quando é que a Operação Calvário vai chegar nos políticos?

Quando é que a Operação Calvário vai chegar nos políticos?

Já está comprovado – sem a menor dúvida – que o esquema bilionário da ORCRIM Girassol tinha como objetivo o…
ELEIÇÕES 2020: Seria Nilvan Ferreira o 'outsider' a disputar a prefeitura de JP?

ELEIÇÕES 2020: Seria Nilvan Ferreira o 'outsider' a disputar a prefeitura de JP?

De acordo com o dicionário, ‘outsider’ significa o indivíduo que não pertence a um grupo determinado. Na política, então, seria…

Siga-nos Facebook