Santa Rita

ATENÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO: Prefeito ex-presidiário de Bayeux faz contrato sem licitação no valor de quase R$ 2 milhões para o lixo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público precisam agir imediatamente e investigar o contrato “emergencial” sem licitação realizado pelo prefeito ex-presidiário Berg Lima. Se o prefeito manter seu modus operandi e cobrar uma propina de 20%, como fez quando foi preso em flagrante com dinheiro na cueca, Berg estará metendo a mão em quase R$ 400 mil.

Nos bastidores comenta-se que Berg Lima deixou o lixo tomar conta de Bayeux para ter um álibi que justificasse a contratação emergencial sem licitação.

“Berg transformou Bayeux num grande lixão à céu aberto. Além do lixo comum, seus atos são um lixo de imoralidade e ilegalidade com o povo de nossa querida Bayeux. Haveremos de nos libertar desse pesadelo!”, disse o empresário Léo Micena.

A permanência de Berg Lima na prefeitura fere o princípio constitucional da moralidade na administração pública. É uma dessas aberrações jurídicas que só acontecem nas cidades pequenas do Brasil.

Até quando a raposa vai continuar cuidando do galinheiro?

Com a palavra o Tribunal de Justiça da Paraíba.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
"A corrupção não é algo brasileiro, mas a impunidade é uma coisa muita nossa", diz Nilvan Ferreira sobre decisão do STJ a favor do ex-presidiário Ricardo Coutinho

"A corrupção não é algo brasileiro, mas a impunidade é uma coisa muita nossa", diz Nilvan Ferreira sobre decisão do STJ a favor do ex-presidiário Ricardo Coutinho

Pré-candidato a prefeito de João Pessoa, o comunicador Nilvan Ferreira comentou a decisão do STJ que manteve o ex-presidiário Ricardo…
Livânia Farias nega pressão do Gaeco por delação premiada

Livânia Farias nega pressão do Gaeco por delação premiada

A ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, divulgou carta nesta terça-feira (18), na qual nega pressão do Ministério Público…
STJ mantém o Sérgio Cabral da Paraíba em liberdade

STJ mantém o Sérgio Cabral da Paraíba em liberdade

Por 4 votos a 1, a Sexta Turma do STJ manteve a liminar concedida em dezembro por Napoleão Nunes Maia…
STJ começa a julgar pedido para prender Ricardo Coutinho novamente

STJ começa a julgar pedido para prender Ricardo Coutinho novamente

A Sexta Turma do STJ iniciou o julgamento de um recurso da PGR para derrubar a decisão do ministro Napoleão…

Siga-nos Facebook

Campina