Campina

Com medo da população, prefeito ex-presidiário de Bayeux não despacha mais na prefeitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O prefeito de Bayeux, Berg Lima, preso em flagrante, em 2017, ao receber propina de um fornecedor, não tem despachado na prefeitura da cidade. Berg está fugindo da população, que tem cobrado soluções para o caos gerado pelo prefeito que prometeu uma revolução administrativa e moral na eleição de 2016.

Berg também está fugindo dos servidores, que estão há três meses sem receber salário. Muitos, inclusive, passando fome e pedindo ajuda para sobreviver.

Mas o caos de Bayeux não é culpa exclusiva de Berg Lima. Os vereadores que em duas oportunidades rejeitaram a cassação do presidiário são cúmplices e a população precisa “dar o troco” nas eleições de 2020.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Mandetta já admite saída: "Não sei até quando ficarei ministro"

Mandetta já admite saída: "Não sei até quando ficarei ministro"

Em reunião com integrantes do Ministério Público, que possivelmente foi transmitida por engano nesta segunda-feira (6), o Mnistro da Saúde,…
O 'migué' de Tovar no Correio Debate

O 'migué' de Tovar no Correio Debate

Ao ser questionado sobre a sua pré-candidatura após a filiação de Bruno Cunha Lima ao PSD, o deputado estadual Tovar…
Secretário Geral do PRTB comemora crescimento da legenda na Capital

Secretário Geral do PRTB comemora crescimento da legenda na Capital

O secretário-geral do PRTB em João Pessoa, Jair Soares, está comemorado o crescimento do partido para a disputa eleitoral deste…
Deputado Julian Lemos também é vítima de fake news sobre recurso do fundo eleitoral para combater o coronavírus

Deputado Julian Lemos também é vítima de fake news sobre recurso do fundo eleitoral para combater o coronavírus

A fábrica de fake news continua a todo vapor para desinformar a população, ainda mais agora durante a pandemia do…

Siga-nos Facebook

Campina