Com medo da população, prefeito ex-presidiário de Bayeux não despacha mais na prefeitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O prefeito de Bayeux, Berg Lima, preso em flagrante, em 2017, ao receber propina de um fornecedor, não tem despachado na prefeitura da cidade. Berg está fugindo da população, que tem cobrado soluções para o caos gerado pelo prefeito que prometeu uma revolução administrativa e moral na eleição de 2016.

Berg também está fugindo dos servidores, que estão há três meses sem receber salário. Muitos, inclusive, passando fome e pedindo ajuda para sobreviver.

Mas o caos de Bayeux não é culpa exclusiva de Berg Lima. Os vereadores que em duas oportunidades rejeitaram a cassação do presidiário são cúmplices e a população precisa “dar o troco” nas eleições de 2020.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Justiça barra denúncia fraudulenta contra Jefferson Kita na Câmara de Bayeux e frustra os planos de Berg Lima

Justiça barra denúncia fraudulenta contra Jefferson Kita na Câmara de Bayeux e frustra os planos de Berg Lima

O juiz Aluizio Bezerra Filho, plantonista da 3ª Vara da Fazenda atendeu pedido do prefeito Jefferson e barrou a tentativa…
Efraim Filho faz leitura do relatório da MP do crédito - "Não haverá retomada econômica sem preservamos empregos e empresas"

Efraim Filho faz leitura do relatório da MP do crédito - "Não haverá retomada econômica sem preservamos empregos e empresas"

O deputado Efraim Filho (DEM/PB) relator da MP 975 leu, nesta quarta-feira (08), o substitutivo que cria o Programa Emergencial…
Reabertura do comércio em JP se transforma em mobilização na rede social

Reabertura do comércio em JP se transforma em mobilização na rede social

Na noite da última quarta (08) as redes sociais transformaram-se em um palco na luta pela reabertura do comércio. A…
Julian Lemos garante armamento utilizado pelo FBI para as policias da Paraíba

Julian Lemos garante armamento utilizado pelo FBI para as policias da Paraíba

Podemos até discordar do deputado federal Julian Lemos no campo ideológico – característica forte do seu mandato – mas é…

Siga-nos Facebook