Campina

DATAVOX: Quase 60% da população de Guarabira avalia a saúde municipal como RUIM ou PÉSSIMA

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Pesquisa encomendada pelo Polítika e realizada pelo instituto Datavox avaliou a opinião do guarabirense sobre a saúde pública municipal.

41% avaliam a saúde como ruim. 18,0% consideram péssima.

30,7% acreditam que a gestão da saúde pública municipal é regular.  Apenas 8,8% considera boa.

Somente 0,5% responderam ótima.

A soma de RUIM e PÉSSIMO chega a 59%. ÓTIMO e BOM apenas 9,2%.

1% não opinaram.

A pesquisa foi realizada no dia 19 de agosto e ouviu 400 pessoas na zona urbana e rural de Guarabira.O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 4,0% pontos percentuais para mais ou para menos.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
"A corrupção não é algo brasileiro, mas a impunidade é uma coisa muita nossa", diz Nilvan Ferreira sobre decisão do STJ a favor do ex-presidiário Ricardo Coutinho

"A corrupção não é algo brasileiro, mas a impunidade é uma coisa muita nossa", diz Nilvan Ferreira sobre decisão do STJ a favor do ex-presidiário Ricardo Coutinho

Pré-candidato a prefeito de João Pessoa, o comunicador Nilvan Ferreira comentou a decisão do STJ que manteve o ex-presidiário Ricardo…
Livânia Farias nega pressão do Gaeco por delação premiada

Livânia Farias nega pressão do Gaeco por delação premiada

A ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, divulgou carta nesta terça-feira (18), na qual nega pressão do Ministério Público…
STJ mantém o Sérgio Cabral da Paraíba em liberdade

STJ mantém o Sérgio Cabral da Paraíba em liberdade

Por 4 votos a 1, a Sexta Turma do STJ manteve a liminar concedida em dezembro por Napoleão Nunes Maia…
STJ começa a julgar pedido para prender Ricardo Coutinho novamente

STJ começa a julgar pedido para prender Ricardo Coutinho novamente

A Sexta Turma do STJ iniciou o julgamento de um recurso da PGR para derrubar a decisão do ministro Napoleão…

Siga-nos Facebook

Campina