pmjp2

Denúncia contra Vitalzinho na Lava Jato não terminou em pizza, terminou em coxinha

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Na justiça brasileira nem tudo termina em pizza. Tem coisas que começam e terminam em coxinha mesmo. Por 3×2, a Segunda Turma do STF acaba de arquivar, nesta terça (06) uma ação penal contra o ministro do TCU, Vital do Rêgo, na Lava Jato. Vitalzinho contou com o voto do bolsonarista Kássio Nunes.

De acordo com delatores, parte dos R$ 2 milhões em propina teria sido entregue no Rei das Coxinhas e coordenada pelo empresário João Lyra, a pedido de Léo Pinheiro, empreiteiro da construtora OAS. Vitalzinho era senador da República, relator de uma CPI sobre a Petrobras no Senado, e naquele ano candidato ao governo da Paraíba.

Existe coxinha sabor pizza? Confira trecho da delação:

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Bolsonaro derrete e pode ficar fora do 2° turno; cenário é um risco para o PT

Bolsonaro derrete e pode ficar fora do 2° turno; cenário é um risco para o PT

É fato que o bolsonarismo se alimenta do lulopetismo, e vice-versa. Porém, o governo negacionista e desastroso de Bolsonaro vem…
Efraim Filho romperá com o bolsonarismo para entrar na chapa de João Azevedo?

Efraim Filho romperá com o bolsonarismo para entrar na chapa de João Azevedo?

Traduzindo a recente entrevista do governador João Azevedo ao jornalista Luís Tôrres, o pré-candidato ao Senado, Efraim Filho, terá que…
Ser vice de João Azevedo é mais vantajoso que disputar o Senado

Ser vice de João Azevedo é mais vantajoso que disputar o Senado

É uma obviedade, mas o instituto da reeleição foi feito para garantir a reeleição do presidente, governadores e prefeitos. Pouquíssimos…
A CMJP já tem um Daniel Silveira pra chamar de seu

A CMJP já tem um Daniel Silveira pra chamar de seu

Fruto da onda conservadora que inunda o Brasil desde 2018, o vereador Tarcísio Jardim é uma espécie de Daniel Silveira,…

Siga-nos Facebook

pmjp2