pmjp2

Em entrevista desastrada, secretário de Comunicação de RC atesta discurso de Cartaxo sobre a saúde pública no interior

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Na ânsia de rebater a declaração do prefeito Luciano Cartaxo, de que a prefeitura de João Pessoa atendia pacientes do Estado inteiro porque o governo não prestava um bom serviço na área da saúde, no interior, o secretário de Comunicação do estado, Luis Tôrres, acabou passando recibo e confirmando a crítica do opositor.

Ao ser escalado em entrevista na rádio Correio para atacar o prefeito, Luis Torres denunciou que Luciano Cartaxo estaria trocando apoios de prefeitos do interior por atendimentos no sistema de saúde da Capital. Se tal fato é verossímil, ou Torres acha que é, simplesmente atesta o discurso do prefeito Cartaxo; que a saúde no interior não funciona e a população vem buscar atendimento na rede municipal de saúde.

Afinal, por que um paciente se abalaria do interior em ambulâncias nem sempre seguras para trocar atendimento de saúde por voto se houvesse hospital com bons serviços nas mais diversas regiões do Estado? Em sua resposta-denúncia, o secretário Luís Torres só deu razão ao prefeito Luciano Cartaxo: o Estado falha na assistência à saúde no interior.

Noutra dimensão, o argumento de Torres também atesta a fragilidade política do governo. Dizer que prefeitos e lideranças do interior estão procurando o prefeito Luciano Cartaxo para trocar serviços de saúde por apoio político equivale a admitir que o esquema governamental não existe. Neste ponto, o secretário de Comunicação mostra uma fragilidade do governo e fortalece o prefeito Luciano Cartaxo.

A participação do secretário Luís Torres no programa Correio Debate também pode ser tomada como um atestado de fragilidade de argumentos do governo. Como disse o empresário Roberto Cavalcanti na própria entrevista, passando um verdadeiro pito no secretário governista, quem não tem argumento ataca, acusa.

A verdade é que a saúde da Capital saiu bem reconhecida e o prefeito Luciano Cartaxo bastante fortalecido da desastrada entrevista do secretário Luís Torres no Correio Debate desta quinta-feira. De positivo, na entrevista, bom registrar a participação do empresário Roberto Cavalcanti condenando a beligerância na política local, o que, segundo ele, só prejudica a Paraíba.

E um detalhe, enquanto o prefeito Cartaxo inaugurava uma Unidade de Saúde da Família – USF, o governo RC estava fazendo o que sempre fez de melhor; atacando.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Antibolsonarismo pode juntar ainda mais Cartaxo e João Azevedo

Antibolsonarismo pode juntar ainda mais Cartaxo e João Azevedo

O prefeito Luciano Cartaxo e o governador João Azevedo têm muitas coisas em comum. Ambos são políticos de centro-esquerda e…
É mais fácil galinha criar dente do que o corrupto Berg Lima voltar à prefeitura de Bayeux

É mais fácil galinha criar dente do que o corrupto Berg Lima voltar à prefeitura de Bayeux

Se a chance do ex-presidiário Berg Lima voltar à prefeitura de Bayeux já era zero, agora com mais um afastamento…
Ex-presidiário Ricardo Coutinho segue o roteiro dos corruptos, mas leva invertida da Associação Paraibana do Ministério Público

Ex-presidiário Ricardo Coutinho segue o roteiro dos corruptos, mas leva invertida da Associação Paraibana do Ministério Público

Preso na Operação Calvário e solto após um malabarismo jurídico digno de filme, o ex-governador Ricardo Coutinho tem seguido à…
Cenário eleitoral de Bayeux é resetado pelo TJ

Cenário eleitoral de Bayeux é resetado pelo TJ

O cenário eleitoral de Bayeux foi resetado pela decisão do Tribunal de Justiça que afastou pela segunda vez o ex-presidiário…

Siga-nos Facebook

Campina