Entrevista de RC ao PBagora teria sido o estopim para a saída de Luis Torres da SECOM

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O anão que vive embaixo do birô do governador João Azevedo informou ao Polítika que a entrevista do ex-governador Ricardo Coutinho ao jornalista Wellington Farias, do PBagora, teria sido o estopim para a saída de Luis Torres da SECOM.

Na entrevista Ricardo minimizou o papel de João Azevedo na eleição e fez algumas queixas.

Como se sabe, o índio virou ricardista desde 2013, porém, não mais que Tião Lucena, que recentemente declarou seu amor incondicional pelo Mago.

Devido ao expurgo dos ricardistas, Luis Torres já estava pendurado, como antecipado há meses pelo blog. E teria sido convidado a pedir demissão:

Luís Torres “por um fio” no governo de João Azevedo

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
DESBUROCRATIZAÇÃO - Romero inaugura a Sala do Empreendedor de Campina Grande

DESBUROCRATIZAÇÃO - Romero inaugura a Sala do Empreendedor de Campina Grande

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, inaugurou na manhã desta terça-feira, 27, na Vila do Artesão, a Sala do…
EXCLUSIVO: Ministério Público investiga Luciene de Fofinho pelo crime de peculato

EXCLUSIVO: Ministério Público investiga Luciene de Fofinho pelo crime de peculato

A prefeita de Bayeux, Luciene [do Fofinho], está sendo investigada pelo Ministério Público em inquérito civil que apura o crime…
STJ bloqueia R$ 2,2 milhões em bens de Ricardo Coutinho

STJ bloqueia R$ 2,2 milhões em bens de Ricardo Coutinho

Preso na Operação Calvário, o ex-governador Ricardo Coutinho acaba de ter R$ 2,2 milhões em bens bloqueados pelo STJ. Ricardo…
Ricardo Coutinho é alvo de nova fase da Operação Calvário

Ricardo Coutinho é alvo de nova fase da Operação Calvário

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) está entre os investigados na nona fase da Operação Calvário. O nome do candidato a…

Siga-nos Facebook