Escolha da Acqua para substituir a Cruz Vermelha no Trauma teria passado pelo aval de Livânia Farias

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Ao que tudo indica, a ORCRIM girassol continua dando as cartas no governo de João Azevedo e zombando do judiciário paraibano. Segundo me informou uma fonte ligada às organizações sociais da saúde, a escolha da Acqua para substituir a Cruz Vermelha no hospital de Trauma teria passado pelo aval da ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, presa na Operação Calvário.

Ou seja, a mulher de confiança de Ricardo Coutinho teria dado a palavra final.

Livânia teria mais ‘afinidades’ com a Acqua e operou a favor da organização social atolada em processos e inquéritos, demonstrando que ainda continua com muita influência no governo de João Azevedo.

Estaria Livânia ‘operando’ pelas costas do Gaeco?

 

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
DESBUROCRATIZAÇÃO - Romero inaugura a Sala do Empreendedor de Campina Grande

DESBUROCRATIZAÇÃO - Romero inaugura a Sala do Empreendedor de Campina Grande

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, inaugurou na manhã desta terça-feira, 27, na Vila do Artesão, a Sala do…
EXCLUSIVO: Ministério Público investiga Luciene de Fofinho pelo crime de peculato

EXCLUSIVO: Ministério Público investiga Luciene de Fofinho pelo crime de peculato

A prefeita de Bayeux, Luciene [do Fofinho], está sendo investigada pelo Ministério Público em inquérito civil que apura o crime…
STJ bloqueia R$ 2,2 milhões em bens de Ricardo Coutinho

STJ bloqueia R$ 2,2 milhões em bens de Ricardo Coutinho

Preso na Operação Calvário, o ex-governador Ricardo Coutinho acaba de ter R$ 2,2 milhões em bens bloqueados pelo STJ. Ricardo…
Ricardo Coutinho é alvo de nova fase da Operação Calvário

Ricardo Coutinho é alvo de nova fase da Operação Calvário

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) está entre os investigados na nona fase da Operação Calvário. O nome do candidato a…

Siga-nos Facebook