A estranha lentidão do TRE com os processos de cassação de Ricardo Coutinho

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Praticamente todos os TREs do Brasil já limparam a pauta em relação aos processos de cassação dos governadores eleitos em 2014, menos o Tribunal da Paraíba, que segue na lanterna e na contramão da celeridade que a sociedade exige.

Caminhando a passos de tartaruga, o TRE-PB precisou de três anos para julgar duas Aijes contra o governador Ricardo Coutinho, mesmo a atual legislação eleitoral prevendo que os processos de cassação de mandatos devem ser julgados até um ano a partir do momento em que a ação foi protocolada.

O mais curioso é que o TRE já iniciou julgamento de diversas Aijes e Aimes das eleições municipais de 2016, mas vem empurrando com a barriga a famosa Aije do Empreender, de 2014, considerado o processo de cassação mais “cabeludo” contra o governador RC.

No último processo julgado pelo TRE, com atraso de dois anos, o governador foi absolvido, mesmo com o contundente parecer do procurador eleitoral Marcos Queiroga, a favor da cassação.

A Aije do Empreender, que apura o uso eleitoreiro do programa de micro-crédito, tem elementos suficientes para cassar até um presidente da República, mas curiosamente será o último processo de cassação a ser julgado, ainda podendo ser jogado para 2018, ou seja, 4 anos após o cometimento do crime eleitoral e às vésperas de uma nova eleição.

Tudo convergindo a favor do governador Ricardo Coutinho.

Estranho, né?

“Justiça tardia nada mais é do que injustiça institucionalizada”. RUI BARBOSA

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Bancada de Berg quer derrubar Kita porque ele não cedeu às chantagens por cargos; Bayeux pode sofrer intervenção estadual

Bancada de Berg quer derrubar Kita porque ele não cedeu às chantagens por cargos; Bayeux pode sofrer intervenção estadual

A bancada de Berg Lima tenta derrubar o prefeito Jeferson Kita porque ele simplesmente não cedeu às chantagens por cargos.…
O vídeo de Cícero Lucena e a justiça eleitoral que não entende de direito eleitoral

O vídeo de Cícero Lucena e a justiça eleitoral que não entende de direito eleitoral

Ano eleitoral é um período fértil para juiz de primeiro grau aparecer. São decisões absurdas que sempre são reformadas nas…
O PESADELO DE BAYEUX: Eleição indireta pode devolver o poder a Berg Lima e fazer a cidade afundar no caos mais uma vez

O PESADELO DE BAYEUX: Eleição indireta pode devolver o poder a Berg Lima e fazer a cidade afundar no caos mais uma vez

A sofrida cidade de Bayeux está em seu 4° prefeito, mas um pequeno grupo aliado a Berg Lima quer eleger…
Se Nilvan der bobeira, Maranhão vende ele e ainda dá garantia

Se Nilvan der bobeira, Maranhão vende ele e ainda dá garantia

É bom Nilvan Ferreira prestar atenção nas movimentações do senador José Maranhão, o eterno cacique do MDB paraibano. Qual o…

Siga-nos Facebook