Campina

Gaeco desmente operação nas casas de Ricardo Coutinho e Waldson Souza

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) negou que esteja acontecendo qualquer operação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) na manhã desta terça-feira (19). Informações que circularam nesta manhã davam conta que um possível desdobramento da Operação Calvário estaria em andamento.

Na suposta informação, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e o secretário Waldson Souza estariam sendo alvo de mandados de busca e apreensão em suas residências.

WSCOM

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Berg Lima antecipou pagamento de empresa do lixo, mas não pagou aposentados

Berg Lima antecipou pagamento de empresa do lixo, mas não pagou aposentados

Os aposentados de Bayeux estão com salários atrasados porque o prefeito afastado Berg Lima preferiu antecipar o pagamento da empresa…
Luciano Cartaxo implanta Cozinha Comunitária no Jardim Veneza e rede de assistência ultrapassa 3,9 mil refeições entregues por dia

Luciano Cartaxo implanta Cozinha Comunitária no Jardim Veneza e rede de assistência ultrapassa 3,9 mil refeições entregues por dia

A rede de proteção social será ampliada na Capital paraibana. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entregou, nesta quarta-feira…
Projeto de Bolsonaro é tornar Moro inelegível para 2022, avaliam parlamentares

Projeto de Bolsonaro é tornar Moro inelegível para 2022, avaliam parlamentares

Parlamentares que acompanham o embate entre Jair Bolsonaro e Sérgio Moro avaliaram nesta quarta-feira (3) que o projeto do governo…
Novo presidente do TSE deve pautar cassação de Ricardo Coutinho antes de agosto

Novo presidente do TSE deve pautar cassação de Ricardo Coutinho antes de agosto

Uma fonte de Brasília informou ao Polítika que o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso, deve pautar…

Siga-nos Facebook

Campina