Inelegibilidade de Cícero beneficia Ruy Carneiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Pontuando bem nas pesquisas internas, porém, com contas reprovadas no Tribunal de Contas da União, a questão agora que se debate nos bastidores é sobre quem herdará os votos de Cícero Lucena.  Só o cruzamento de cenários quantitativos dará a resposta com precisão e certeza, mas é muito provável que a maioria do eleitor do ex-tucano vá para a pré-candidatura de Ruy Carneiro.

E por vários motivos, Ruy foi o candidato de Cícero em 2004, esteve ao seu lado na difícil campanha de 2006 ao Senado, e em 2010, pela candidatura própria do PSDB e contra a aliança com RC, bem como na disputa de 2012, em João Pessoa. E até pouco tempo, um sempre foi cabo eleitoral do outro dentro do partido. Então, é bem provável que o tucano se beneficie da inelegibilidade de Cícero. Eles disputam o mesmo eleitorado.

Além dos motivos acima, o próprio Cícero Lucena – fora da disputa – certamente apoiaria a candidatura de Ruy Carneiro.

Reportagem publicada pelo jornalista Felipe Nunes, do portal Polêmica Paraíba, revela que Cícero Lucena continua com a ficha-suja por ter contas reprovadas no TCU:

WhatsApp Image 2020 07 24 at 22.48.09 - 'SEM EFEITO SUSPENSIVO': TCU não decidiu sobre recurso e Cícero continua em lista de 'contas irregulares com implicância eleitoral'; LEIA NOTA

O Tribunal de Contas da União (TCU) ainda não decidiu se acata um recurso impetrado pela defesa do ex-prefeito Cícero Lucena (Progressistas) contra reprovação de contas referente à sua administração na Prefeitura de João Pessoa. Por meio de nota enviada à reportagem do Polêmica Paraíba, a corte informou que o ex-senador consta na lista de políticos com contas irregularidades para fins eleitorais. (LEIA ABAIXO)

A reportagem decidiu questionar o TCU a fim de esclarecer a situação do ex-prefeito perante o tribunal, depois das discussões ocorridas sobre o tema na última semana. Segundo informou o TCU, está pendente de análise um recurso de revisão, no processo 015.688/2007-6, que rejeitou as contas de Cícero Lucena por irregularidades na aplicação de recursos federais repassados por meio de convênio para urbanização, na época em que ele foi prefeito da Capital.

Sem efeito suspensivo – O processo já transitou em julgado em 2018, mas Cícero recorreu da decisão. Na nota enviada à reportagem, o TCU informou que o recurso não tem efeito suspensivo, a menos que seja julgado procedente quando for apreciado. “Esse tipo de recurso não tem efeito suspensivo de acordo com o artigo 288 do regimento interno do TCU. Assim, a decisão de considerar as contas do responsável irregulares mantém-se válida no momento, apesar de poder ser alterada pelo recurso em análise quando ocorrer sua apreciação”, informou o tribunal.

Lista de contas irregulares – Ainda conforme a nota enviada à reportagem, “O responsável consta na Lista de responsáveis com contas julgadas irregulares em razão do processo 015.688/2007-6, que deu origem a três acórdãos judiciais. (3121/2015 – Primeira Câmara, 2065/2016 – Primeira Câmara, 4165/2016 – Primeira Câmara, 10027/2017 – Primeira Câmara e 2799/2018 – Primeira Câmara).

O Tribunal reforçou, também, que não declara a inelegibilidade nem a perda dos direitos políticos de responsáveis por contas julgadas irregulares, e que essa competência é da Justiça Eleitoral, mas acrescentou que ao TCU cabe apresentar a relação das pessoas físicas que se enquadram nos requisitos legais para obtenção do registro eleitoral.

“Ao Tribunal de Contas da União compete, para fins de avaliação acerca da  situação de inelegibilidade prevista na lei apresentar à Justiça Eleitoral no ano em que se realizar as eleições, a relação dos responsáveis que tiveram suas contas julgadas irregulares nos oito anos imediatamente anteriores à realização de cada eleição”, disse o tribunal.

A reportagem solicitou, mas o TCU não emitiu a certidão negativa, que é o documento que garante a inexistência de pendências perante a corte. “Não é possível a emissão da certidão negativa para fins eleitorais”, declarou. (Leia abaixo). A reportagem obteve, no entanto, a ficha do ex-prefeito Cícero Lucena com as informações relacionadas ao processo que reprovou suas contas. (Confira abaixo).

OUTRO LADO – Procurado pela reportagem, o ex-prefeito Cícero Lucena não se manifestou até o fechamento da reportagem, nesta sexta-feira (24).

CONFIRA ABAIXO A NOTA E OS DOCUMENTOS EMITIDOS PELO TCE:

NOTA DO TCE 

Há um recurso de revisão em análise no processo 015.688/2007-6. Esse tipo de recurso não tem efeito suspensivo de acordo com o artigo 288 do regimento interno do TCU. Assim, a decisão de considerar as contas do responsável irregulares mantém-se válida no momento, apesar de poder ser alterada pelo recurso em análise quando ocorrer sua apreciação.

O responsável consta na Lista de responsáveis com contas julgadas irregulares em razão do processo 015.688/2007-6, que deu origem aos acórdãos 3121/2015 – Primeira Câmara, 2065/2016 – Primeira Câmara, 4165/2016 – Primeira Câmara, 10027/2017 – Primeira Câmara e 2799/2018 – Primeira Câmara.

O Tribunal não declara a inelegibilidade de responsáveis por contas julgadas irregulares. Essa competência é da Justiça Eleitoral. Ao TCU cabe apresentar a relação das pessoas físicas que se enquadram nos requisitos legais.

Ao Tribunal de Contas da União compete, para fins de avaliação acerca da situação de inelegibilidade prevista na lei apresentar à Justiça Eleitoral no ano em que se realizar as eleições, a relação dos responsáveis que tiveram suas contas julgadas irregulares nos oito anos imediatamente anteriores à realização de cada eleição.

CONFIRA A SEGUIR O COMUNICADO DO TCU, NEGANDO A CERTIDÃO NEGATIVA DE CONTAS JULGADAS IRREGULARES PARA FINS ELEITORAIS:

CÍCERO LUCENA CERTIDÃO NEGADA - 'SEM EFEITO SUSPENSIVO': TCU não decidiu sobre recurso e Cícero continua em lista de 'contas irregulares com implicância eleitoral'; LEIA NOTA

CONFIRA A SEGUIR A FICHA DE CÍCERO LUCENA NO TCU:

CÍCERO 1 - 'SEM EFEITO SUSPENSIVO': TCU não decidiu sobre recurso e Cícero continua em lista de 'contas irregulares com implicância eleitoral'; LEIA NOTA

CONFIRA A SEGUIR TRECHOS DA NOTA DO TCU ENVIADA À REPORTAGEM:

WhatsApp Image 2020 07 24 at 10.26.30 1 - 'SEM EFEITO SUSPENSIVO': TCU não decidiu sobre recurso e Cícero continua em lista de 'contas irregulares com implicância eleitoral'; LEIA NOTA

WhatsApp Image 2020 07 24 at 10.26.42 1 - 'SEM EFEITO SUSPENSIVO': TCU não decidiu sobre recurso e Cícero continua em lista de 'contas irregulares com implicância eleitoral'; LEIA NOTA

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2020: Disputa pulverizada em João Pessoa beneficia Edilma Freire e o Sérgio Cabral da PB

ELEIÇÕES 2020: Disputa pulverizada em João Pessoa beneficia Edilma Freire e o Sérgio Cabral da PB

Na disputa pela prefeitura de João Pessoa tem candidato pra todo gosto. Tem ladrão, bolsominion, tucano, petista, conservador, cunhada, comunista,…
Os prós e contras de Edilma Freire, a favorita de Cartaxo

Os prós e contras de Edilma Freire, a favorita de Cartaxo

Prestes a ser anunciada como a candidata do prefeito Luciano Cartaxo, a ex-secretária de Educação, Edilma Freire, é praticamente uma…
E se Romero montar uma chapa Bruno & Tovar?

E se Romero montar uma chapa Bruno & Tovar?

O impasse em Campina Grande pode ser resolvido com a união dos dois principais candidatos de Romero na mesma chapa.…

Siga-nos Facebook

pmjp2