Léo Bandeira denuncia ‘farra de diárias’ em Lucena e diz que só o prefeito recebeu quase R$ 80 mil durante gestão

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O pré-candidato a prefeito de Lucena, Léo Bandeira, denunciou o que considerou uma verdadeira farra das diárias em benefício do prefeito Marcelo Monteiro.

Segundo Léo, consta no sistema Sagres, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), vários empenhos que totalizam mais de R$ 76 mil em pagamento de diárias para o gestor ao longo dos sete anos de administração.

Léo Bandeira criticou os gastos excessivos e cobrou uma apuração rigorosa para atestar a legalidade desses pagamentos. “Para a realidade de uma cidade como Lucena, onde temos muitos problemas a serem solucionados, é lamentável vermos um prefeito que ganha R$ 16 mil por mês receber todo esse dinheiro em diárias”, comentou.

Ele revelou que tem recebido denúncias dando conta do pagamento excessivo de diárias a outros agentes públicos da cidade e por isso está acionando o Ministério Público para investigar o caso. “Temos informações de que pessoas ligadas ao prefeito também estariam recebendo valores excessivos em diárias, por isso a nossa preocupação e pedido para que as autoridades tomem as devidas providências”, arrematou.

Família chegada a uma diária”

Léo também revelou que uma irmã do prefeito Marcelo Monteiro, a secretária Ana Maria Sales de Mendonça, também recebeu diárias da gestão municipal. Ele lembrou que até o final do ano passado, Ana Maria já embolsou mais de R$ 34 mil. “Está claro que essa gestão é chegada a uma diária, e lamentavelmente não vemos o resultado prático nas ruas de nossa cidade”, arrematou.

A reportagem tentou manter contato com o prefeito Marcelo e a secretária Ana Maria, mas até o fechamento desta matéria não obteve êxito.

Paraíba em Notícia

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Dinheiro da Fundação Mangabeira, do PSB, pode estar sendo utilizado para comprar ataques à Operação Calvário na imprensa

Dinheiro da Fundação Mangabeira, do PSB, pode estar sendo utilizado para comprar ataques à Operação Calvário na imprensa

O blog foi informado que alguns poucos portais e blogs que ainda defendem o ex-governador Ricardo Coutinho estariam recebendo recursos…
Presidente da ALPB determina arquivamento de pedido de impeachment contra governador e vice

Presidente da ALPB determina arquivamento de pedido de impeachment contra governador e vice

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado Adriano Galdino, determinou, com base em parecer da Procuradoria Jurídica da Casa…
CPI da Energisa deve ser instalada na Assembleia Legislativa da Paraíba

CPI da Energisa deve ser instalada na Assembleia Legislativa da Paraíba

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deverá aprovar nas próximas semanas a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI)…
"A corrupção não é algo brasileiro, mas a impunidade é uma coisa muita nossa", diz Nilvan Ferreira sobre decisão do STJ a favor do ex-presidiário Ricardo Coutinho

"A corrupção não é algo brasileiro, mas a impunidade é uma coisa muita nossa", diz Nilvan Ferreira sobre decisão do STJ a favor do ex-presidiário Ricardo Coutinho

Pré-candidato a prefeito de João Pessoa, o comunicador Nilvan Ferreira comentou a decisão do STJ que manteve o ex-presidiário Ricardo…

Siga-nos Facebook