Luciano Cartaxo autoriza edital para contratação de 735 profissionais para enfrentamento à Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Como forma de dar continuidade às ações de prevenção ao novo coronavírus na Capital paraibana e após declarar estado de calamidade pública no enfrentamento à pandemia da Covid-19, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, autorizou, na manhã desta terça-feira (7), a abertura de processo seletivo simplificado para formação de cadastro de reserva para a contratação temporária e emergencial de profissionais da área da saúde e de apoio para prestar serviços junto à Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A previsão inicial é de contratação de 735 profissionais, podendo, posteriormente e de acordo com a necessidade, convocar outros classificados. As inscrições ocorrem entre esta quarta-feira (8) e sexta-feira (10) e o resultado será divulgado na quinta-feira (15) da próxima semana. A remuneração vai de R$ 1.481,02 a R$ 8.853,14.

De acordo com o edital, as contratações ocorrerão pelo prazo de 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período ou até que se encerre o estado de emergência. O processo seletivo se dará por meio da análise curricular, seguindo os critérios estabelecidos pela SMS e publicados no edital. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas no portal eletrônico http://joaopessoa.pb.gov.br/selecao_saude. “Os profissionais de saúde têm cumprido um papel decisivo nesta grande luta para salvar vidas. Estamos aumentando o número de leitos em João Pessoa, avançamos com as obras do Prontovida e reforçamos a rede de atendimento, o que vai exigir novas contrações para o enfrentamento da Covid-19”, disse o prefeito Luciano Cartaxo.

O processo contempla profissionais dos níveis Fundamental, Médio, Técnico e Superior, com carga horária de 30 ou 40 horas semanais. As vagas são para assistente social, biomédico, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, médico, nutricionista, psicólogo, técnico de laboratório de análises clínicas, técnico em enfermagem, técnico em radiologia, agente administrativo, auxiliar de farmácia, porteiro, auxiliar de copa e cozinha, auxiliar de lavanderia, auxiliar de serviços gerais, cozinheiro, condutor de ambulância e maqueiro. De acordo com o edital, 5% das vagas são destinadas a pessoas com deficiência.

No ato de inscrição, os candidatos deverão preencher o formulário e anexar o currículo profissionais. Serão considerados requisitos mínimos os dados pessoais, objetivo, habilidades e competências, experiência profissional e formação acadêmica. Cada candidato pode concorrer a apenas um dos cargos disponíveis no edital e todas as informações prestadas no formulário de inscrição on-line serão de inteira responsabilidade do candidato, ficando sujeito à exclusão o candidato que não tiver preenchido de forma completa, apresentar informações inverídicas ou não anexar currículo profissional.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Aguinaldo debate Reforma Tributária com governador de MG e espera para ainda este mês retomada dos trabalhos na Comissão Mista

Aguinaldo debate Reforma Tributária com governador de MG e espera para ainda este mês retomada dos trabalhos na Comissão Mista

O deputado federal e relator da comissão mista da reforma Tributária, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) reforçou a declaração do presidente da…
Investigado por contratar fantasmas em seu gabinete, Carluxo avalia desistir da reeleição e morar no Texas; será que ele vai levar o Índio?

Investigado por contratar fantasmas em seu gabinete, Carluxo avalia desistir da reeleição e morar no Texas; será que ele vai levar o Índio?

O vereador Carlos Bolsonaro, investigado pela suspeita de contratação de supostos funcionários fantasmas em seu gabinete na Câmara do Rio,…
STJ mandou Queiroz para casa, mas negou prisão domiciliar a jovem que furtou xampu

STJ mandou Queiroz para casa, mas negou prisão domiciliar a jovem que furtou xampu

O STJ (Superior Tribunal de Justiça), que concedeu a Fabrício Queiroz e sua mulher o benefício da prisão domiciliar, por…
Câmara Municipal de Salgadinho aprova 30 horas para profissionais de Enfermagem; Coren PB apela para que prefeito sancione matéria

Câmara Municipal de Salgadinho aprova 30 horas para profissionais de Enfermagem; Coren PB apela para que prefeito sancione matéria

A Câmara Municipal de Salgadinho aprovou nesta ontem (09), por unanimidade, a carga horária semanal de 30 horas para profissionais…

Siga-nos Facebook