pmjp2

Lula já sabe que o PT na Paraíba virou um instrumento de vingança pessoal de Ricardo Coutinho?

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

A Paraíba vive uma condição sui generis na política. É o único estado com um governador progressista, que já declarou voto em Lula, tem o PT na gestão, porém, mesmo assim, não conta com o apoio recíproco do presidente da legenda, mais precisamente Jackson Macedo; um burocrata sem voto nem pra se eleger síndico.

A relação passional que Jackson mantém com Ricardo Coutinho é uma questão de foro íntimo e precisa ser respeitada. Mas não é admissível que um partido com a tradição do PT continue sendo usado como instrumento de vingança pessoal de um ex-governador que caiu em desgraça ao ser gravado negociando propina da Saúde.

Se o objetivo é eleger Lula e derrotar Bolsonaro, o PT precisa escolher o que é mais importante; o projeto nacional ou a paixão desmedida de Jackson Macedo por Ricardo Coutinho.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Câmara de gás da PRF de Bolsonaro e a banalização da morte em dias sombrios

Câmara de gás da PRF de Bolsonaro e a banalização da morte em dias sombrios

É conhecida a frase de Pedro Aleixo, então vice-presidente, quando Costa e Silva decidiu baixar o AI-5, no dia 13 de…
Criação de vara criminal para julgamento de organizações criminosas deve agilizar condenação dos membros da Orcrim Girassol

Criação de vara criminal para julgamento de organizações criminosas deve agilizar condenação dos membros da Orcrim Girassol

A famosa Orcrim Girassol – desbaratada no âmbito da Operação Calvário e acusada pelo Ministério Público de desviar quase meio…
Paraibana usa a guerra na Ucrânia como trampolim político e quer disputar o Senado

Paraibana usa a guerra na Ucrânia como trampolim político e quer disputar o Senado

Confesso que já vi de tudo na política quando o assunto é candidatura. Tem palhaço, ex-BBB, dona de cabaré, ladrão,…
Isolado no MDB, Veneziano só vai ficar com a sede da Beira Rio

Isolado no MDB, Veneziano só vai ficar com a sede da Beira Rio

O senador Veneziano Vital, pré-candidato ao governo, vive um momento sui generis no comando do MDB. O partido foi esvaziado…

Siga-nos Facebook