Ministro do STJ que soltou Ricardo Coutinho teria sido delatado por Sérgio Cabral

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Segundo a revista Crusoé, uma parte dos relatos de Sérgio Cabral revela que ele enredou dois ministros do STJ: Napoleão Nunes Maia e Humberto Martins.

Com base no que diz ter ouvido de Orlando Diniz, Sérgio Cabral afirmou que a contratação do escritório do filho de Humberto Martins teria por finalidade obter uma decisão favorável de Napoleão Nunes Maia Filho.

Napoleão Nunes foi responsável pela estranha liminar que tirou Ricardo Coutinho da cadeia um dia após a sua prisão. O ministro também foi relator de uma ação no TSE que livrou RC da cassação.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Após vídeo de Luciano Cartaxo em aglomeração viralizar, Ruy diz que prefeito trocou João Pessoa pela cunhada

Após vídeo de Luciano Cartaxo em aglomeração viralizar, Ruy diz que prefeito trocou João Pessoa pela cunhada

Após meses de isolamento social e sem nenhum plano para a retomada econômica de João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo…
Ministério Público Eleitoral denuncia Bolinha por injúria contra Romero Rodrigues

Ministério Público Eleitoral denuncia Bolinha por injúria contra Romero Rodrigues

A promotora de Justiça Luciara Lima Simeão Mourão, do Ministério Público Eleitoral, ofereceu denúncia contra o candidato a prefeito Artur…
VÍDEO: Campanha de Luciene de Fofinho confirma que vereador de Maturéia é um 'laranja' na secretaria de Saúde

VÍDEO: Campanha de Luciene de Fofinho confirma que vereador de Maturéia é um 'laranja' na secretaria de Saúde

O locutor oficial da campanha de Luciene de Fofinho tem divulgado aos quatro cantos de Bayeux que o secretário de…
Escândalos de Luciene de Fofinho começam a aparecer e prefeita está sendo investigada pelo Ministério Público

Escândalos de Luciene de Fofinho começam a aparecer e prefeita está sendo investigada pelo Ministério Público

Primeiro a contratação de pavilhões por quase meio milhão de reais a uma empresa de um ex-vereador condenado por corrupção.…

Siga-nos Facebook