Santa Rita

Nova pesquisa presidencial mostra liderança de Lula e estagnação de Bolsonaro

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas feita em parceria com o JORNAL DO BRASIL apurou intenções de voto dos brasileiros em um cenário considerando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, e em outro cenário sem ele. No primeiro, sem o petista, Jair Bolsonaro aparece na frente, com 20,5% das intenções de voto, seguido por 17,5% que pretendem votar em “nenhum” candidato; 12,0%, em Marina Silva; 11,0%, Joaquim Barbosa; e 9,7%, Ciro Gomes. Já no cenário com o ex-presidente, este lidera com 27,6%, seguido por Bolsonaro, que registra 19,5%.

Lula continua na liderança das intenções de voto quando considerado nas pesquisas

O instituto perguntou em quem os eleitores votariam se o 1° turno fossem hoje e os candidatos fossem os indicados em cada cenário.

CONFIRA O CENÁRIO COM LULA:

Lula: 27,6%

Bolsonaro: 19,5%

“Nenhum” candidato: 9,6%

Joaquim Barbosa: 9,2%

Marina Silva: 7,7%

Geraldo Alckmin: 6,9%

Ciro Gomes: 5,5%

Alvaro Dias: 5,4%

“Não sabe”: 3,2%

Manuela D’Ávila: 1,2%

Michel Temer: 1,1%

*Flávio Rocha, Guilherme Boulos, Henrique Meirelles, João Amoêdo e Rodrigo Maia também foram citados, mas não atingiram 1%.  

Na separação por região, Lula teve maior penetração no Nordeste, com 43,8% das suas intenções de voto, e Bolsonaro teve maior percentual no Sudeste, com 21,8%. Por idade, Lula teve maior resultado com o grupo entre 35 e 44 anos (30,2%); e Bolsonaro com pessoas entre 16 e 24 anos (27,7%).

Pesquisa fez três cenários com candidatos

VEJA O CENÁRIO SEM O EX-PRESIDENTE:

Bolsonaro: 20,5%

“Nenhum” candidato: 17,5%

Marina Silva: 12,0%

Joaquim Barbosa: 11,0%

Ciro Gomes:  9,7%

Geraldo Alckmin: 8,1%

Alvaro Dias: 5,9%

“Não sabe”: 4,7%

Fernando Haddad: 2,7%

Manuela D’Ávila: 2,1%

Michel Temer: 1,7%

Flávio Rocha: 1,0%

*Guilherme Boulos, Henrique Meirelles, João Amoêdo e Rodrigo Maia também foram citados, mas não atingiram 1%. 

Foi realizada pesquisa ainda em um terceiro cenário, desconsiderando Lula e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. Neste, Bolsonaro também aparece na liderança, com 20,7% das intenções de voto, seguido por “nenhum”, que registrou 17,3%; e Marina Silva, com 13,3%. Joaquim Barbosa teve 11,2%; Ciro Gomes, 10,1%; Geraldo Alckmin, 8,4%; Alvaro Dias, 6,1%; Manuela D’Ávila, 2,1%; Michel Temer, 1,7%; Flávio Rocha, 1,00%. Guilherme Boulos, Henrique Meirelles, João Amoêdo e Rodrigo Maia foram citados, mas não atingiram 1%.

A pesquisa de opinião pública foi feita com 2.002 eleitores, e foi estratificada segundo sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica, em 26 estados e Distrito Federal e em 154 municípios brasileiros entre os dias 27 de abril a 2 de maio. A amostra atinge grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR- 02853/2018 para o cargo de Presidente.

Candidatos apoiados por Lula e possível candidatura

A pesquisa também consultou a disposição dos eleitores em votar em algum candidato ou candidata apoiada pelo ex-presidente petista. Entre os entrevistados, 61,2% não votariam em candidato apoiado por ele. Votariam, 23,4%; dependendo do candidato, 14,1%; e não sabem ou não opinaram, 1,3%.

Já entre os eleitores de Lula, 62,0% votariam no candidato apoiado por ele; 20,3%, dependendo do candidato; e 16,8% não votariam. Não sabem ou não opinaram, 0,9%.

Questionados sobre qual candidato o ex-presidente iria apoiar, caso não concorra ao cargo de presidente, a maioria (30,4%) respondeu que não sabe. Maria Silva foi apontada por 15%, seguida por Ciro Gomes, com 11,8%, e Fernando Haddad, com 11,5%. Entre os eleitores de Lula, “não sabe” também foi maioria, com 31,8%, a frente do nome de Marina Silva (19,2%), Ciro Gomes (15,6%), e Fernando Haddad (10,8%).

Outra questão foi a percepção dos eleitores sobre um possível registro do ex-presidente como candidato. Para 63,2%, Lula não deve conseguir o registro. Para 32,7%, o petista pode, sim, registrar candidatura. Não sabem ou não opinaram, 4,1%.

Entre os eleitores de Lula, o percentual do não cai para 62,0%, e do sim sobe para 33,5%. Não sabem ou não opinaram, 4,5%.

Percepção quanto a possibilidade de registro da candidatura do ex-Presidente Lula

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Pelo Twitter, Luciano Cartaxo mantém defesa do isolamento social e critica manifestações: “Bom senso e a humanidade vão vencer”

Pelo Twitter, Luciano Cartaxo mantém defesa do isolamento social e critica manifestações: “Bom senso e a humanidade vão vencer”

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, criticou, neste sábado (28), as manifestações públicas contra o isolamento social, em vigor…
Mídia nacional destaca ações de João Azevêdo na PB para combater o coronavírus

Mídia nacional destaca ações de João Azevêdo na PB para combater o coronavírus

O site nacional Pragmatismo Político publicou uma matéria na tarde deste sábado (28) mostrando as medidas que foram adotadas pelo…
Deputado Genival Matias defende unificação das eleições em 2022 e uso do fundo eleitoral no combate ao coronavírus

Deputado Genival Matias defende unificação das eleições em 2022 e uso do fundo eleitoral no combate ao coronavírus

O presidente do partido Avante na Paraíba, deputado Genival Matias, adiantou seu posicionamento favorável à destinação dos recursos do Fundo…
Projeto de Ruy que reduz salários de deputados e senadores é destaque nacional

Projeto de Ruy que reduz salários de deputados e senadores é destaque nacional

A imprensa nacional destacou neste sábado (28) o projeto de lei do deputado federal Ruy Carneiro que prevê um corte…

Siga-nos Facebook

Santa Rita