Santa Rita

O PT entre o discurso e prática, é um golpe dentro do golpe – Por Rômulo Halysson Oliveira

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O PT rifou a candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes, ao governo de Pernambuco em troca da neutralidade do PSB e seu distanciamento do PDT. Tudo isso com um único e claro objetivo: isolar a candidatura de Ciro Gomes.

A estratégia faz parte de um acordo silencioso entre Lula e Temer para conter o avanço do ex-ministro e sua candidatura.

A caminhada de Ciro tem incomodado muito PT e MDB, não apenas pelos ataques àquilo que o pedetista chama de “alianças incoerentes” promovidas por petistas e emedebistas em estados como Alagoas e Amazonas. O cearense tem sido até aqui o pré-candidato com maior consistência de propostas. Uma vitória sua representaria a ascensão de uma grande liderança progressista, dividindo o protagonismo do campo com ex-presidente. O que é inadmissível para Lula.

Lula não quer ninguém ocupando o seu lugar e sabe que se eleito, Ciro, é o único que pode acabar com o reinado petista, já que o que propõe é um Projeto de Desenvolvimento Nacional. Diferente do projeto de poder petista. E é nesse ponto em que se encontra o sentido do veto à candidatura da neta de Miguel Arraes.

Rifar “companheiros” não é novidade no PT.

Em 1998, Vladmir Palmeira, militante histórico, líder da passeata de 1968, encantou a militância petista do Rio de Janeiro, ameaçando o grupo de Brizola. Por determinação de Lula e Zé Dirceu, seu ex-parceiro de lutas, teve a candidatura implodida. Bom para Anthony Garotinho, que acabou vitorioso.

Não se surpreendam se história se repetir em Pernambuco e Armando Monteiro sair vencedor da peleja de outubro.

Lula – que não será candidato coisa nenhuma – está pouco preocupado em unificar o campo progressista ou com o país e seus rumos. Sua preocupação é com a vaidade que sua condição de Totem lhe dá. E essa mesma vaidade lhe orienta a desestabilizar o campo progressista e qualquer um que teime em querer crescer.

O episódio de Pernambuco serve ao menos para evidenciar ao país o que já era claro para muitos: a democracia interna do PT é uma falácia. Aquelas tendências e os seus incontáveis embates internos são apenas parte da burocracia petista para manter sua militância ocupada e sem questionar o autoritarismo violento imposto pela direção nacional. Não tem força decisória nenhuma. No final das contas, quem manda é Lula (e Dirceu) como todos agora podem ver com clareza.

Em síntese, o PT pode ser definido como aquele partido que se diz vítima de um GOLPE, mas que não hesita em dar GOLPE quando lhe é conveniente. O que não é nada dialético… é apenas incoerente.

PS.: Em tempo, deixo minha solidariedade à vereadora Marília Arraes, que mesmo não consolidando sua candidatura sairá gigante deste processo. Espero que deste partido também.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Prefeitura de João Pessoa realiza higienização na UPA Oceania em ação preventiva ao coronavírus

Prefeitura de João Pessoa realiza higienização na UPA Oceania em ação preventiva ao coronavírus

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Oceania, no bairro de Manaíra, foi o primeiro equipamento de saúde da…
ABRADEP: Especialistas avaliam os desafios da mulher advogada no meio jurídico

ABRADEP: Especialistas avaliam os desafios da mulher advogada no meio jurídico

A Constituição e legislações infraconstitucionais brasileiras garantem a presença formal de direitos iguais entre homens e mulheres. A realidade, no…
Após auxílio para autônomos e informais, Ruy cobra auxílio para empregados e empresas

Após auxílio para autônomos e informais, Ruy cobra auxílio para empregados e empresas

Na luta contra a pandemia da Covid-19, uma grande conquista foi dada com o auxílio para trabalhares informais e autônomos.…
EUA ultrapassam China em número de casos e viram novo epicentro do coronavírus

EUA ultrapassam China em número de casos e viram novo epicentro do coronavírus

Com mais de 82 mil casos, os Estados Unidos se tornaram nesta quinta-feira (26) o país com mais casos confirmados de Covid-19…

Siga-nos Facebook