O SONEGADOR: Deputado federal paraibano que deve R$ 45 milhões à União faz parte de comissão sobre devedores do governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O deputado federal Wilson Santiago (PTB-PB), um dos 29 que integra a comissão de avaliação do projeto lei que endurece as punições aos chamados “devedores contumazes”, ter débito de R$ 45 milhões com a União. Caso projeto seja aprovado pelo Congresso, o parlamentar, que tem dívidas em impostos atrasados e despesas previdenciárias, pode ser enquadrado e punido.

Em 2011, matéria da IstoÉ já apresentava Wilson Santiago como um dos maiores sonegadores do Brasil:

O débito do paraibano tem origem na Construina Construções e Incorporações, empresa que, de acordo com a Justiça e o Fisco, pertence a ele. Segundo dados da Fazenda Nacional, o CNPJ deixou de pagar R$ 34,4 milhões em Imposto de Renda de pessoa jurídica, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins.

Apesar de não constar no quadro societário da construtora, o deputado deve arcar com as pendências porque a Justiça Federal entendeu que era ele quem administrava a companhia, por meio de uma procuração pública, e que os sócios e cunhados do parlamentar, Terezinha Alves de Oliveira e João de Souza Brito, sequer tinham capacidade econômica-financeira para comandar o negócio.

Ainda de acordo com a Justiça Federal, Wilson Santiago, que declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um patrimônio de R$ 687,5 mil, repassou patrimônio da Construina Construções e Incorporações para a Terradrina Engenharia na tentativa de fugir da cobrança do Fisco.

Projeto
O projeto de lei, elaborado pelo Ministério da Economia e entregue ao Congresso Nacional em março deste ano, classifica como “devedora contumaz” a empresa que deixa de pagar tributos de forma “substancial e reiterada” e tem dívidas de R$ 15 milhões ou mais em situação irregular por pelo menos um ano.

De acordo com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, responsável pela cobrança dos débitos na Dívida Ativa, o projeto é de extrema importância para a recuperação dos caixas da União, estados e municípios. Atualmente, os débitos de pessoas físicas e jurídicas com o governo federal somam R$ 2,3 trilhões.

Agencia Brasil

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Organização criminosa de Ricardo Coutinho também tentou comandar a Federação Paraibana de Futebol

Organização criminosa de Ricardo Coutinho também tentou comandar a Federação Paraibana de Futebol

No ano de 2015, a ORCRIM do corrupto Ricardo Coutinho quis diversificar sua atuação e lançou o presidiário Coriolano Coutinho…
TJ pede pauta para julgar prefeito que foi preso em flagrante com dinheiro no cofrinho

TJ pede pauta para julgar prefeito que foi preso em flagrante com dinheiro no cofrinho

Condenado pela 4ª Vara Mista de Bayeux, o corrupto Berg Lima será julgado nos próximos dias pela 3° Câmara Cível…
Deputado Ruy Carneiro cobra fim da pensão de filhas de ex-deputados

Deputado Ruy Carneiro cobra fim da pensão de filhas de ex-deputados

Com indignação, o deputado federal Ruy Carneiro defendeu nesta segunda-feira (20) o fim imediato dos pagamentos de pensões a 194…
Julian Lemos diz que juíza Conceição é uma luz no fim do túnel contra a corrupção em Bayeux

Julian Lemos diz que juíza Conceição é uma luz no fim do túnel contra a corrupção em Bayeux

O deputado federal Julian Lemos tem incentivado a juíza Conceição de Lourdes para disputar a prefeitura de Bayeux, tendo como…

Siga-nos Facebook

pmjp 1