Oposição na ALPB se resume a Cabo Gilberto, Raniery e Wallber Virgolino

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

A atual legislatura na Assembleia completou seu primeiro ano e já podemos tirar duas conclusões. A primeira é que numa avaliação macro a oposição é muita fraca e vem sendo pautada pela Operação Calvário. A segunda é que só quem faz oposição de fato são os deputados Cabo Gilberto, Raniery Paulino e Wallber Virgolino.

Os três mosqueteiros estão fazendo valer cada voto confiado e representam uma dor de cabeça para o governo de João Azevedo. Ambos têm fiscalizado as ações do governo e denunciado as irregularidades, além de potencializar os efeitos da operação que investiga o maior esquema de corrupção da história da Paraíba.

Já os demais deputados da oposição, pelo amor de Deus, é um pior do que o outro. Meros comentaristas de obviedades. Camila Toscano, por exemplo, não tem conteúdo e só faz esquentar a cadeira do plenário e desfilar com suas roupas novas. Pelo menos a madame tem bom gosto.

Moacir Rodrigues é um peso morto e dispensa comentários. Nem de longe lembra o irmão Romero Rodrigues, que na curta passagem pela Assembleia mostrou que era bom de oposição. Refiro-me aos anos de 2009-2010, quando Cássio foi cassado e Romero enfrentou o governo de Maranhão.

Manoel Ludgério foi infectado pelo vírus de João Gonçalves, subiu em cima do muro e de lá não quer mais sair.

Tecnicamente a oposição tem 11 deputados, mas na prática só tem 3. Não fosse a Calvário, João Azevedo estaria em céu de brigadeiro…

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
A bancada do ex-presidiário Berg Lima na Câmara Municipal de Bayeux

A bancada do ex-presidiário Berg Lima na Câmara Municipal de Bayeux

O eleitor de Bayeux pode ainda não saber em quem votar para vereador, mas certamente ele já sabe em quem…
Ex-prefeito ficha suja de Lagoa de Dentro escala o filho para ser candidato em Bayeux

Ex-prefeito ficha suja de Lagoa de Dentro escala o filho para ser candidato em Bayeux

Não é segredo pra ninguém que na Paraíba muitos veem a política como um negócio de família. Em Bayeux, por…
Apesar do caos deixado por Berg Lima, Kita começa a botar ordem na casa

Apesar do caos deixado por Berg Lima, Kita começa a botar ordem na casa

Você pode até não simpatizar com o prefeito interino de Bayeux, mas é preciso reconhecer que em um mês Jefferson…
Em tempos de pandemia e combate às fakenews, propaganda eleitoral na TV ganha mais importância e credibilidade

Em tempos de pandemia e combate às fakenews, propaganda eleitoral na TV ganha mais importância e credibilidade

As eleições 2020 serão diferentes em várias sentidos. Primeiro porque vivenciamos uma pandemia que vai diminuir a participação popular nas…

Siga-nos Facebook