Os prós e contras de Edilma Freire, a favorita de Cartaxo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Prestes a ser anunciada como a candidata do prefeito Luciano Cartaxo, a ex-secretária de Educação, Edilma Freire, é praticamente uma desconhecida no eleitorado pessoense. Tal fato tem seus prós e contras.

Sem teto de vidro, Edilma é um quadro em branco que será pintado pelos estrategistas da campanha. Como não é popular no eleitorado, também não tem rejeição, o que facilita a transferência de votos do eleitor que segue Cartaxo e/ou aprova a gestão e quer sua continuidade.

Edilma foi a responsável pela pasta considerada o ponto forte da gestão; a educação. Cartaxo investiu muito na reforma e construção de novas creches e escolas, e talvez por isso tenha escolhido Edilma para apresentá-la como uma ‘técnica’ responsável pela ‘gestão de resultados’, um clichê no discurso do prefeito.

Outro ponto forte de Edilma é a identidade com o bairro de Mangabeira, o mais popular de João Pessoa, onde reside há muitos anos.

O principal ponto fraco é o fato de Edilma ser ‘concunhada’ do prefeito, termo que será explorado pela oposição no sentido de afirmar que Cartaxo busca um terceiro mandato, quer continuar controlando a gestão e pratica a política do familismo, mesmo que concunhada não seja parente.

Como não vem de uma carreira política, Edilma pode ter um discurso menos eloquente para defender a gestão e apresentar seus números. Mas nada que um bom media training não resolva. O governador João Azevedo sofria com a mesma desconfiança, mas se saiu bem nos debates de 2018.

Outro ponto fraco é a falta de popularidade no eleitorado, principalmente diante das circunstâncias de pandemia que prejudicou o debate eleitoral. Vale lembrar que Cartaxo perdeu o ‘timing’ (tempo certo) na escolha do seu sucessor, e uma candidata com baixa popularidade representa um risco diante do pouco tempo para o 1° turno.

No geral, investir numa candidata técnica e sem teto de vidro foi a melhor escolha.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Candidatura de Pedro não empolga e Cássio pode entrar em campo

Candidatura de Pedro não empolga e Cássio pode entrar em campo

O deputado federal Pedro Cunha Lima bem que tentou, mas sua pré-candidatura não empolgou o eleitor paraibano. De acordo com…
O tempo mostrou que Efraim agiu certo

O tempo mostrou que Efraim agiu certo

Meses após o rompimento do deputado federal Efraim Filho com João Azevedo, o governador segue sem senador e Efraim lidera…
Desesperado, Veneziano cutucou quem não devia

Desesperado, Veneziano cutucou quem não devia

Se a situação de Veneziano já não estava boa, diante da iminente rasteira que vai levar do PT, que deverá…
Chora, Vené!

Chora, Vené!

Sem acreditar na rasteira que chegará nos próximos dias, o senador Veneziano Vital tachou de irrelevante a articulação do PSB…

Siga-nos Facebook