Para o MP, organização criminosa chefiada pelo ex-presidiário Ricardo Coutinho atuava desde a prefeitura de JP

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Segundo trecho da denúncia do Ministério Público, o ex-presidiário Ricardo Coutinho vem metendo sua mão grande e magra nos cofres públicos há muito tempo, desde 2005, quando assumiu a prefeitura de João Pessoa:

Veja: embora o foco da investigação tenha se centrado nos eventos relacionados à chegada de DANIEL GOMES à Paraíba, em 2011, o denunciado RICARDO COUTINHO já havia iniciado a estruturação da ORCRIM (que ganharia corpo depois), dentro da Prefeitura Municipal de João Pessoa/PB, como se observou nas investigações relativas ao “caso cuia”, “jampa digita”, “do gari da emlur” e “dos livros”, os quais começaram a desnudar os bastidores da sociedade em questão e parte dos seus principais atores.

Se o GAECO procurar direitinho, é capaz de encontrar maracutaia de Ricardo Coutinho no tempo em que ele era vereador…

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Associação Nacional dos Conservadores vê Bolsonaro como inimigo da Lava Jato

Associação Nacional dos Conservadores vê Bolsonaro como inimigo da Lava Jato

A Associação Nacional dos Conservadores (Acons), que reúne quase 70 “movimentos sociais de direita e conservadores” do país, enxerga Jair…
João Azevedo aceita compor com Cartaxo se a candidata for Socorro Gadelha

João Azevedo aceita compor com Cartaxo se a candidata for Socorro Gadelha

Fontes informaram ao Polítika que o governador João Azevedo vetou os nomes de Diego Tavares e a concunhada de Cartaxo,…
Candidata de Berg Lima na eleição indireta, vereadora Luciene recebia Bolsa-Família quando o marido presidia a Câmara Municipal de Bayeux

Candidata de Berg Lima na eleição indireta, vereadora Luciene recebia Bolsa-Família quando o marido presidia a Câmara Municipal de Bayeux

Mais nova aliada de Berg Lima e candidata do ex-presidiário na eleição indireta, a vereadora Luciene tinha os filhos cadastrados…
Sérgio Cabral delata ministro Vital do Rêgo, que teria recebido mesada de R$ 100 mil

Sérgio Cabral delata ministro Vital do Rêgo, que teria recebido mesada de R$ 100 mil

A revista Crusoé informa que Sérgio Cabral delatou três ministros do TCU: Vital do Rêgo, Bruno Dantas e Raimundo Carreiro. “Eles…

Siga-nos Facebook