Patrimônio oficial de Ricardo Coutinho supera 6 milhões de reais e cresceu 650% enquanto governador

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Preso na Operação Calvário sob a acusação de ser o chefe da organização criminosa que desviou mais de R$ 130 milhões apenas da Saúde, o ex-governador Ricardo Coutinho bem que poderia virar um youtuber de finanças para compartilhar o seu case de sucesso.

Para quem andava empurrando uma mobilete velha e sem gasolina na década de 90, juntar um patrimônio de R$ 6.050.000 (seis milhões e cinquenta mil reais) sem empreender um grande negócio é quase um milagre. Em 2010, o patrimônio de Ricardo Coutinho era de apenas R$ 800 mil, de acordo com os dados da declaração de bens ao Tribunal Regional Eleitoral. Ou seja, o patrimônio do socialista cresceu 650% no período em que ele foi governador:

O blog consultou alguns corretores de João Pessoa e Bananeiras para levantar os valores das propriedades [oficiais] de Ricardo Coutinho bloqueadas pela Justiça a pedido da força-tarefa da Operação Calvário.

A mansão do ex-governador no condomínio Bosque das Orquídeas, no Altiplano, foi avaliada em R$ 2 milhões. Um imóvel inalcançável para muitos servidores da UFPB, menos para Ricardo Coutinho. A propriedade possui academia, piscina e elevador:

A casa de esquina no Bairro dos Estados, que funciona como escritório e está localizada em área supervalorizada, ao lado da Vila Olímpica, está avaliada em R$ 900 mil:

Os dois terrenos na praia do Seixas foram avaliados em R$ 500 mil:

O terreno de 4 hectares no município de Bananeiras foi avaliado em R$ 150 mil. Há suspeitas de que o sítio abaixo, de 70 hectares, de propriedade de Coriolano Coutinho, o famoso Cori, seja na verdade do ex-governador preso na Operação Calvário. O sítio foi avaliado em R$ 1,7 milhões:

Ricardo Coutinho também teve 2,5 milhões bloqueados em sua previdência privada, pedido feito pela força-tarefa da Operação Calvário para futuro ressarcimento aos cofres públicos.

Os imóveis acima avaliados constam na decisão do juiz Wolfran Da Cunha Ramos, da 3° Vara Criminal, que bloqueou os bens de Ricardo Coutinho no último dia 29 de junho:

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Sobrinha de Ricardo Coutinho vota em Ruy

Sobrinha de Ricardo Coutinho vota em Ruy

A eleição para a prefeitura de João Pessoa continua sendo uma das mais inusitadas da história. Bruna Coutinho, sobrinha do…
Cícero Lucena lamenta descaso da gestão Cartaxo com a saúde da mulher

Cícero Lucena lamenta descaso da gestão Cartaxo com a saúde da mulher

O candidato à prefeitura de João pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), defendeu nos dois debates que participou ontem (28), Arapuan FM…
PROGRAMA CRESCE CAMPINA: Prefeitura intensifica recuperação asfáltica e executa serviços na Feira Central

PROGRAMA CRESCE CAMPINA: Prefeitura intensifica recuperação asfáltica e executa serviços na Feira Central

A prefeitura de Campina Grande mantém acelerado o ritmo de trabalho de asfaltamento de ruas e avenidas dentro do cronograma…
Em Pedras de Fogo, sobrinho do prefeito desrespeita a lei eleitoral e coloca carro de som na rua

Em Pedras de Fogo, sobrinho do prefeito desrespeita a lei eleitoral e coloca carro de som na rua

O grupo do prefeito Dedé Romão continua fazendo e desfazendo com a Justiça Eleitoral na cidade de Pedras de Fogo.…

Siga-nos Facebook