“População de Bayeux sofre sem atendimento odontológico enquanto a prefeitura virou puxadinho do prefeito e dos vereadores que o livraram da cassação”, critica Albeno Silva

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Em postagem nas redes sociais, a liderança jovem de Bayeux, Albeno silva, criticou a precariedade na saúde pública do município, mais precisamente o atendimento odontológico:

“VERGONHA ! População de Bayeux sofre sem atendimento odontológico enquanto a prefeitura virou puxadinho do prefeito e dos vereadores que o livraram da cassação. De acordo com denúncias, os dentistas da cidade de Bayeux receberam no último mês R$ 914, quando a lei determina o mínimo de três vezes o salário mínimo, além do soldo inferior e da falta de respeito os materiais para atendimento não existem”.

A imagem pode conter: texto

Em paralelo ao caos que Bayeux vive, Albeno afirma que “enquanto isso a cada dia o prefeito e vereadores que apoiam a corrupção empregam familiares, vai de esposa a primo com salários bastante altos”.

Albeno Silva também critica o estelionato eleitoral cometido por Berg Lima na campanha de 2016:

“Essa Prática era condenada pelo prefeito no passado por achar ele que o patrimonialismo (uso do público como privado) era uma das piores chagas da nossa cidade, uma vez que não só os políticos enriqueciam como também seus familiares, e quem paga a conta é a população mais pobre que precisa de serviços. E para piorar, o prefeito ainda desfila na cidade pregando Deus e motivação. O grande Pai não gosta de mentira, conchavo e corrupção gestor, pague o que os dentistas merecem e forneça materiais, caso contrário a dor de dente do povo só aumentará”.

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Ricardo Coutinho foge de entrevista na Correio FM

Ricardo Coutinho foge de entrevista na Correio FM

Esqueçam aquele Ricardo Coutinho destemido e metido a brabo, que prometia surras de cipó na oposição. Depois de ser preso…
STJ nega pedido de Coriolano para trabalhar vendendo “batatas” e “gado”

STJ nega pedido de Coriolano para trabalhar vendendo “batatas” e “gado”

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou habeas corpus impetrado pela defesa de Coriolano Coutinho para…
CADÊ O DINHEIRO? Gestão de Marcelo Monteiro já arrecadou quase R$ 300 milhões, mas Lucena continua abandonada

CADÊ O DINHEIRO? Gestão de Marcelo Monteiro já arrecadou quase R$ 300 milhões, mas Lucena continua abandonada

Prestes a completar 8 anos de mandato, o prefeito de Lucena, Marcelo Monteiro, não pode reclamar de falta de dinheiro.…

Siga-nos Facebook