pmjp2

Prefeitura aponta fake news e rebate postagem sobre falsa morte no Hospital Prontovida, em João Pessoa

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Hospital Municipal Prontovida foi vítima de notícias falsas, na tarde desta quinta-feira (18), divulgadas através das redes sociais, segundo a Prefeitura de João Pessoa. A postagem trazia vídeo em que apontavam para um vazamento de água no sistema de ar comprimido que abastece os respiradores mecânicos da unidade, em João Pessoa.

A Direção do Hospital explicou que a manutenção dos equipamentos é realizada periodicamente (a cada 3 dias) através de empresa terceirizada. Também deixou claro que o paciente que ocupava o leito encontra-se em tratamento, sob os cuidados da instituição hospitalar e que não procedem quaisquer casos de óbitos relacionados a tal situação, como afirma o responsável pela postagem.

O Hospital Municipal Prontovida garante à população que o serviço está apto a prestar assistência de qualidade e responsabilidade aos pacientes, com a equipe médica, fisioterapeutas e profissionais de enfermagem respeitando o dimensionamento de profissionais, de acordo com as resoluções dos órgãos fiscalizadores.

Segue a nota na íntegra:

O Hospital Municipal Prontovida tomou conhecimento na tarde desta quinta-feira, 18 de novembro de 2021, de vídeos compartilhados em redes sociais referentes a um suposto problema no sistema de ar comprimido em um dos leitos de UTI da unidade.

Em nota, informamos que o fato noticiado não trouxe dano ao paciente. O mesmo estava realizando ventilação não invasiva. Nesse sistema, existe um filtro que impede que tal situação ocorra. Mesmo assim, a equipe de manutenção foi acionada imediatamente para os devidos reparos, sendo trocado o ventilador mecânico que estava sendo utilizado, temporariamente, para realizar fisioterapia respiratória. Já no outro ponto, não havia paciente. Assim, o problema foi solucionado através de revisão na rede de ar comprimido com troca do condensador, deixando um segundo condensador de reserva técnica no serviço. Enfatizamos que a manutenção é realizada periodicamente (a cada 3 dias) através de empresa terceirizada.

O Hospital Municipal Prontovida garante à população que o serviço está apto a prestar assistência de qualidade e responsabilidade aos pacientes, com a equipe médica, fisioterapeutas e profissionais de enfermagem respeitando o dimensionamento de profissionais, de acordo com as resoluções dos órgãos fiscalizadores.

Informamos que o paciente que ocupava o leito até a presente data encontra-se em tratamento, sob os cuidados dessa instituição hospitalar e que não procedem quaisquer casos de óbitos relacionados a tal situação.

João Pessoa, 18 de Novembro de 2021.

Humberto Arcoverde Viana Coelho
Diretor Técnico do Hospital Prontovida
CRM – 7598

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Mario Frias contrata sem licitação por R$ 3,6 milhões empresa paraibana sem funcionários e com sede em caixa postal

Mario Frias contrata sem licitação por R$ 3,6 milhões empresa paraibana sem funcionários e com sede em caixa postal

A Secretaria da Cultura, sob a gestão de Mario Frias (foto), contratou sem licitação uma empresa sem funcionários e sediada em uma caixa postal dentro de um escritório…
Teve briga, teve deputado, mas não foi Aguinaldo Ribeiro

Teve briga, teve deputado, mas não foi Aguinaldo Ribeiro

O áudio que circula no zap zap é uma meia verdade. Realmente rolou um cacete num restaurante de João Pessoa,…
Aguinaldo Ribeiro apresenta representação criminal após divulgação de áudio inverídico

Aguinaldo Ribeiro apresenta representação criminal após divulgação de áudio inverídico

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro apresentou nesta sexta-feira, 3, uma representação criminal para que seja apurada a autoria de um…
Ruy Carneiro apresenta projeto para proibir uso de animais para testes com cigarros e similares

Ruy Carneiro apresenta projeto para proibir uso de animais para testes com cigarros e similares

O deputado federal Ruy Carneiro apresentou à mesa diretora da Câmara dos Deputados projeto de Lei que proíbe a utilização…

Siga-nos Facebook

pmjp2