Procurador quis encerrar investigação sobre Flávio Bolsonaro sem diligências

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O procurador regional eleitoral do Rio de Janeiro, Sidney Madruga, quis encerrar uma investigação contra o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) sem realizar nenhuma diligência.

O procedimento tinha como objetivo apurar suposta falsidade ideológica eleitoral praticada por Flávio ao declarar seus bens à Justiça Eleitoral. O arquivamento pedido por Madruga foi vetado pela 2ª Câmara Criminal de Revisão do Ministério Público Federal, que determinou uma avaliação mais rigorosa do caso.

Na ocasião, a Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro afirmou que Madruga entendeu que não havia crime eleitoral “com base na jurisprudência consolidada há anos no TSE [Tribunal Superior Eleitoral]”. (…)

Por Italo Nogueira, na Folha.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Mandetta já admite saída: "Não sei até quando ficarei ministro"

Mandetta já admite saída: "Não sei até quando ficarei ministro"

Em reunião com integrantes do Ministério Público, que possivelmente foi transmitida por engano nesta segunda-feira (6), o Mnistro da Saúde,…
O 'migué' de Tovar no Correio Debate

O 'migué' de Tovar no Correio Debate

Ao ser questionado sobre a sua pré-candidatura após a filiação de Bruno Cunha Lima ao PSD, o deputado estadual Tovar…
Secretário Geral do PRTB comemora crescimento da legenda na Capital

Secretário Geral do PRTB comemora crescimento da legenda na Capital

O secretário-geral do PRTB em João Pessoa, Jair Soares, está comemorado o crescimento do partido para a disputa eleitoral deste…
Deputado Julian Lemos também é vítima de fake news sobre recurso do fundo eleitoral para combater o coronavírus

Deputado Julian Lemos também é vítima de fake news sobre recurso do fundo eleitoral para combater o coronavírus

A fábrica de fake news continua a todo vapor para desinformar a população, ainda mais agora durante a pandemia do…

Siga-nos Facebook