Procurador quis encerrar investigação sobre Flávio Bolsonaro sem diligências

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O procurador regional eleitoral do Rio de Janeiro, Sidney Madruga, quis encerrar uma investigação contra o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) sem realizar nenhuma diligência.

O procedimento tinha como objetivo apurar suposta falsidade ideológica eleitoral praticada por Flávio ao declarar seus bens à Justiça Eleitoral. O arquivamento pedido por Madruga foi vetado pela 2ª Câmara Criminal de Revisão do Ministério Público Federal, que determinou uma avaliação mais rigorosa do caso.

Na ocasião, a Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro afirmou que Madruga entendeu que não havia crime eleitoral “com base na jurisprudência consolidada há anos no TSE [Tribunal Superior Eleitoral]”. (…)

Por Italo Nogueira, na Folha.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Aguinaldo debate Reforma Tributária com governador de MG e espera para ainda este mês retomada dos trabalhos na Comissão Mista

Aguinaldo debate Reforma Tributária com governador de MG e espera para ainda este mês retomada dos trabalhos na Comissão Mista

O deputado federal e relator da comissão mista da reforma Tributária, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) reforçou a declaração do presidente da…
Investigado por contratar fantasmas em seu gabinete, Carluxo avalia desistir da reeleição e morar no Texas; será que ele vai levar o Índio?

Investigado por contratar fantasmas em seu gabinete, Carluxo avalia desistir da reeleição e morar no Texas; será que ele vai levar o Índio?

O vereador Carlos Bolsonaro, investigado pela suspeita de contratação de supostos funcionários fantasmas em seu gabinete na Câmara do Rio,…
STJ mandou Queiroz para casa, mas negou prisão domiciliar a jovem que furtou xampu

STJ mandou Queiroz para casa, mas negou prisão domiciliar a jovem que furtou xampu

O STJ (Superior Tribunal de Justiça), que concedeu a Fabrício Queiroz e sua mulher o benefício da prisão domiciliar, por…
Câmara Municipal de Salgadinho aprova 30 horas para profissionais de Enfermagem; Coren PB apela para que prefeito sancione matéria

Câmara Municipal de Salgadinho aprova 30 horas para profissionais de Enfermagem; Coren PB apela para que prefeito sancione matéria

A Câmara Municipal de Salgadinho aprovou nesta ontem (09), por unanimidade, a carga horária semanal de 30 horas para profissionais…

Siga-nos Facebook