pmjp2

Rei Ricardo surta e manda PSB pedir mandato de João Azevedo na Justiça

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Se ainda restava alguma dúvida sobre o motivo que fez Ricardo Coutinho romper com o governador João Azevedo, agora não há mais.

Agindo como um absolutista, RC queria continuar mandando no governo, ou seja, dando ordens em João Azevedo.

O apego doentio ao poder é tão grande que Ricardo acha que o governo lhe pertence e mandou seu capataz, Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB, se prestar ao ridículo papel de pedir na Justiça o mandato do governador.

A ideia é tão absurda que nem merece um contraponto jurídico.

O que Ricardo pretende, que o TSE o nomeie Rei da Paraíba?

Acho que o Mago precisa de tratamento.

É sério.

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Ex-presidiário Ricardo Coutinho segue o roteiro dos corruptos, mas leva invertida da Associação Paraibana do Ministério Público

Ex-presidiário Ricardo Coutinho segue o roteiro dos corruptos, mas leva invertida da Associação Paraibana do Ministério Público

Preso na Operação Calvário e solto após um malabarismo jurídico digno de filme, o ex-governador Ricardo Coutinho tem seguido à…
Cenário eleitoral de Bayeux é resetado pelo TJ

Cenário eleitoral de Bayeux é resetado pelo TJ

O cenário eleitoral de Bayeux foi resetado pela decisão do Tribunal de Justiça que afastou pela segunda vez o ex-presidiário…
RICARDISMO DECADENTE: Porta-voz extraoficial de Ricardo Coutinho apela para fake news para atacar João Azevedo

RICARDISMO DECADENTE: Porta-voz extraoficial de Ricardo Coutinho apela para fake news para atacar João Azevedo

O ricardismo está tão decadente que agora apela para fake news para atacar o governo de João Azevedo. Em seu…
CORONABERG: Jeferson Kita assume a prefeitura de Bayeux em meio ao caos sanitário e financeiro

CORONABERG: Jeferson Kita assume a prefeitura de Bayeux em meio ao caos sanitário e financeiro

Herdar uma prefeitura do corrupto Berg Lima não é uma missão nada fácil. Se a situação em Bayeux já era…

Siga-nos Facebook

Campina