Romero admite disputar eleição ao governo quando João Azevedo for cassado

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

A cassação do governador João Azevedo é uma questão de tempo. Cedo ou tarde, o Ministério Público terá que pedir a cassação do Poste pela prática de caixa dois, fato já confirmado pela Operação Calvário.

A eleição de 2018 foi financiada pela propina da Cruz Vermelha. Dinheiro que saiu da saúde e chegou ao estado em caixas de vinho e jatos particulares.

Antecipando-se aos fatos e entendendo que a cassação de João Azevedo é só uma questão de tempo, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, admitiu que vai disputar o governo.

“Eu toparia sim. Não fui candidato nas eleições passadas por questões óbvias, mas é um desafio que toparia para servir ao Estado e para colaborar com Campina. Ela precisa e merece parcerias importantes para sanar determinadas dificuldades”, iniciou.

Comentar com Facebook

Comentários

Últimas notícias

Opinião

Mais lidas