Secretaria de Saúde zera fila de espera por cirurgia de catarata em Caaporã

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Voltar a enxergar com perfeição era o sonho de muitos caaporenses que aguardavam há muito tempo na fila por uma cirurgia de catarata. Graças ao esforço e dedicação do Governo Municipal de Caaporã, por meio da Secretaria de Saúde, conseguiu-se zerar a fila de espera pelo procedimento, em parceria com a Clinica Cenos de João Pessoa. Os últimos pacientes que tinham realizado a primeira cirurgia há 15 dias em um dos olhos, fizeram a segunda cirurgia nesta segunda-feira, 10, no outro olho.

Voltar a enxergar com perfeição era o sonho de muitos caaporenses que aguardavam há muito tempo na fila por uma cirurgia de catarata. Graças ao esforço e dedicação do Governo Municipal de Caaporã, por meio da Secretaria de Saúde, conseguiu-se zerar a fila de espera pelo procedimento, em parceria com a Clinica Cenos de João Pessoa. Os últimos pacientes que tinham realizado a primeira cirurgia há 15 dias em um dos olhos, fizeram a segunda cirurgia nesta segunda-feira, 10, no outro olho.

A secretária de Saúde salientou que de acordo com a Organização Mundial de Saúde, a catarata, associada ao envelhecimento da população, é a principal causa de cegueira no mundo e alguns desses pacientes estavam na fila há muito tempo. “O nosso objetivo de zerar a fila foi alcançado, graças ao apoio do nosso prefeito municipal que acompanhou e apoiou todo nosso trabalho”, explicou ela.

Apesar de ser uma cirurgia rápida e simples, os benefícios para os pacientes com catarata são muito importantes.

O prefeito do município destacou os investimentos no setor. “Estamos investindo na saúde dos caaporenses. E zerar a fila dos pacientes que esperavam há anos por essa cirurgia de catarata nos dois olhos, foi nossa prioridade”, disse o gestor.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
STJ nega pedido de Coriolano para trabalhar vendendo “batatas” e “gado”

STJ nega pedido de Coriolano para trabalhar vendendo “batatas” e “gado”

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou habeas corpus impetrado pela defesa de Coriolano Coutinho para…
CADÊ O DINHEIRO? Gestão de Marcelo Monteiro já arrecadou quase R$ 300 milhões, mas Lucena continua abandonada

CADÊ O DINHEIRO? Gestão de Marcelo Monteiro já arrecadou quase R$ 300 milhões, mas Lucena continua abandonada

Prestes a completar 8 anos de mandato, o prefeito de Lucena, Marcelo Monteiro, não pode reclamar de falta de dinheiro.…
EM PEDRAS DE FOGO: Juíza Higyna Josita bota moral na casa e proíbe candidato que não cumpriu acordo de fazer campanha por 3 dias

EM PEDRAS DE FOGO: Juíza Higyna Josita bota moral na casa e proíbe candidato que não cumpriu acordo de fazer campanha por 3 dias

Acostumado a passar por cima da Justiça Eleitoral, o grupo do prefeito Dedé Romão, que tem como candidato o seu…

Siga-nos Facebook