alpb 2

Sindicato repudia declaração odienta de Roberto Cavalcanti, que defendeu apedrejamento de jornalistas

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O Sindicato de Jornalistas Profissionais da Paraíba repudiou, por meio de nota, nesta quinta-feira (14), as declarações do empresário Roberto Cavalcanti, proprietário do Sistema Correio de Comunicação, que durante fala ao programa Correio Debate, defendeu o “apedrejamento” de jornalistas e radialistas que divulgam o número de mortes causadas pelo novo coronavírus no Brasil.

Para o ex-senador (Republicanos), alguns profissinais da imprensa comemoram os óbitos decorrentes da covid-19 como se fossem “gols da seleção”. O Sindicato de Jornalistas considerou “chocantes” as afirmações do empresário paraibano Roberto e ressaltou que a categoria foi considerada como serviço essencial durante a pandemia.

A entidade aproveitou para criticar o fechamento do jornal impresso “Correio da Paraíba”, o que deixou 38 jornalistas desempregados e acrescentou que o Sistema Correio não protege os jornalistas no coronavírus no ambiente de trabalho. As declarações depor Roberto Cavalcanti ocorreram durante o programa Correio Debate”. mediado pelo radialista Nilvan Ferreira, na 98 FM. O empresário criticou o comportamento de alguns jornalistas que noticiam as estatísticas do novo coronavírus.

Leia na íntegra a nota do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba:

Nota de repúdio

A declaração além de chocante causa repulsa na categoria, que foi considerada como serviço essencial durante a pandemia e continua trabalhando em seus postos normalmente. Nem mesmo as funções com possibilidade de trabalho remoto foram liberadas para tal. Outro agravante é a falta de equipamentos de proteção individual como máscaras em diversos desses locais do Sistema Correio, onde os trabalhadores estão expostos e, com isso, já foram identificadas pelo menos cinco infecções pelo vírus.

Agrega-se a essa situação que por si só já define o pensamento do Sr. Roberto Cavalcanti acerca dos trabalhadores que emprega o fato de ter extinguido, em plena pandemia, o jornal impresso Correio da Paraíba, deixando 38 jornalistas desempregados e sem perspectiva.

Porém, a atitude apesar de grave não surpreende, pois o Sistema Correio, do qual o Sr. Roberto Cavalcanti é empresário, há anos vem se negando a negociar reajustes para a categoria e, na primeira oportunidade de flexibilização de direitos, realizou uma demissão em massa mesmo em um momento no qual a proteção ao trabalhador deveria ser prioridade.

Repudiamos esse tipo de postura de qualquer pessoa, especialmente no que se refere a um empresário da área de comunicação. Tomaremos todas as medidas cabíveis para reparar a categoria em relação a essa declaração infeliz.

Bolsonarista Roberto Cavalvanti, que patrocina o programa de TV mais sanguinário da PB, defende apedrejamento de jornalistas que divulgam número de mortes pelo coronavírus

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Ciro Gomes chama Bolsonaro de corrupto - "Ele roubava dinheiro da gasolina do gabinete e tinha funcionária fantasma"

Ciro Gomes chama Bolsonaro de corrupto - "Ele roubava dinheiro da gasolina do gabinete e tinha funcionária fantasma"

Em entrevista ao apresentador Datena, na rádio Bandeirantes, o ex-candidato a presidente, Ciro Gomes, desmascarou mais uma vez o presidente…
Romero firma parceria com o aplicativo 99 e assegura transporte para os profissionais da linha de frente do combate ao coronavírus em Campina Grande

Romero firma parceria com o aplicativo 99 e assegura transporte para os profissionais da linha de frente do combate ao coronavírus em Campina Grande

O prefeito Romero Rodrigues anunciou, na tarde desta quinta-feira, 28, parceria com o aplicativo 99 – plataforma que promove a…
EXCLUSIVO: STJ nega liminar para Berg Lima retornar à prefeitura de Bayeux

EXCLUSIVO: STJ nega liminar para Berg Lima retornar à prefeitura de Bayeux

O ministro Antonio Saldanha, do STJ, acaba de negar pedido liminar de Berg Lima para retornar à prefeitura de Bayeux.…
Presidente de fato do Brasil, Carluxo surta em grupo de WhatsApp e xinga vereadores do Rio

Presidente de fato do Brasil, Carluxo surta em grupo de WhatsApp e xinga vereadores do Rio

De número de telefone novo, Carlos Bolsonaro, o presidente de fato do Brasil, entrou hoje xingando muito no grupo de…

Siga-nos Facebook